Wandboard

A placa WANDBOARD é um Single Board Computer de baixo custo, com várias características interessantes para alta performance de vídeo e conectividade.
Wandboard

A placa WANDBOARD é um Single Board Computer de baixo custo, com várias características interessantes para projetos que exigem alta performance de vídeo e conectividade. FreeBSD, Yocto, Ubuntu, Archlinux e Android são os sistemas operacionais suportados na placa e que estão no site da Wandboard atualmente. Ela é vendida em três versões:

  • WandBoard Solo

  • WandBoard Dual

  • WandBoard Quad

A principal diferença entre elas é o processador (todos eles Freescale i.MX6 com core ARM CORTEX-A9) e quantidade de memória. A WandBoard solo conta com um processador Single core de 1 GHz e 512 MB de memória DDR3. A WandBoard Dual possui um processador Dual core de 1 GHz e 1 GB de memória DDR3 e, finalmente, a WandBoard quad tem um processador Quad core de 1 GHz e 2 GB de memória DDR3. A velocidade de acesso à memória é 533 MHz e a memória utilizada nessa placa é a de 2Gb da Hynix, H5TQ2G63BFR-PB.

Veja na figura 1 mais detalhes do processador, informação retirada do site da Freescale.

processador-imx6-wandboard
Figura 1 – Detalhes processadores Freescale i.MX6

Recursos da Wandboard

Veja todas as interfaces qua a WanBoard disponibiliza nas figuras abaixo, retiradas do próprio manual de usuário da placa:

recursos-wandboard
Figura 2 – Recursos de interfaces da Wandboard
recursos-wandboard
Figura 3 – Recursos de interfaces da Wandboard

Na versão da placa Solo, não há Bluetooth e Wifi. Na solo e na Dual, não há conector SATA, apesar do processador da Dual já ter SATA-II integrado.

O poder gráfico desse processador é indiscutível. Desde o processador mais simples, há aceleradora gráfica dentro do próprio processador.

I2C, SPI, LVDS, PWM, diversos GPIOS, além de alimentação, todos esses sinais estão disponíveis nos 4 headers de expansão disponíveis.

Algo bem interessante que observamos nessa placa é que o módulo onde está o processador e as memórias é conectado a uma segunda placa, por um conector(na figura acima identificado com EDM Standard Connector). Isso permite que o upgrade de CPU seja feito de forma descomplicada, apenas desparafusando o módulo e conectando outra placa CPU.

Vejam um vídeo que mostra a placa e todas as suas características de hardware em detalhes, apresentado em inglês.

 

Um material rico em informações sobre essa placa, e em português, é disponibilizado por Sergio Prado em seu site. Ele realizou um treinamento no Design With Freescale de 2013, onde utilizou a Wandboard Quad em duas palestras.

  • “Crie sua primeira apli­cação com Linux embar­cado usando os proces­sadores i.MX6 da Freescale”

  • “Crie seu próprio device dri­ver para Linux com os proces­sadores i.MX6 da Freescale”

As apresentações e slides podem ser baixadas no site do Sergio.

Para quem curte android, confira esses dois artigos de Sergio, compilando o Android para esta placa e instalando aplicações do google no Android.

O site da Wandboard traz uma série de informações legais sobre a placa e como por o linux pra funcionar nela. Além disso, o fórum do próprio site é fonte valiosa de informações. No Wiki há diversas informações relacionados aos OSs suportados pela Wandboard atualmente.

Como comprar

Os itens que estão a venda atualmente da placa são os seguintes (os preços variam com a quantidade solicitada):

  • Placa Wandboard SOLO (US$ 79,00)
  • Placa Wandboard DUAL (US$ 99,00)
  • Placa Wandboard QUAD (US$ 129,00)
  • Alojamento para colocar a Wandboard (Enclosure) – Entre US$ 5,00 e US$ 10,00
  • Antena Wifi para a Wandboard – Entre US$ 5,00 e US$ 10,00

 A lista de revendedores da placa está nesse link.

Sou formado em Engenharia Elétrica na USP Sao Carlos, com mestrado em Engenharia Elétrica no Rochester Institute of Technology pelo CsF. Tenho 17 anos de experiência em projetos de circuitos eletrônicos. Escrevo regularmente para o Embarcados, adoro eventos sobre tecnologia, onde posso rever amigos e conhecer pessoas do ramo.

Notificações
Notificar
guest
3 Comentários
recentes
antigos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Vinicius Maciel
vinifr
23/06/2016 13:04

Ola Thiago, a versão Solo tem entrada SATA? Pergunto porque na descrição da Solo na aparece Sata. E aqui mostra o conector SATA: https://www.lojamundi.com.br/wandboard-solo.html#.V2wIUPkrLIU

trackback
18/06/2014 16:06

[…] placas open-source Wandboard já foram analisadas em detalhes em artigo no Embarcados, mas é sempre bom lembrar que são ótimas opções para o hobbyista, com versões de i.MX6 […]

trackback
10/06/2014 18:34

[…] placas open-source Wandboard já foram analisadas em detalhes em artigo no Embarcados, mas é sempre bom lembrar que são ótimas opções para o hobbyista, com versões de i.MX6 […]

WEBINAR

Visão Computacional para a redução de erros em processos manuais

DATA: 23/09 ÀS 17:00 H