Vendo as luzes entre os LEDs de potência média e alta

Eu tenho um smartphone, você tem um smartphone., todos nós temos smartphones. Com isso, nos tornamos um mundo com uma câmera sempre à mão.

 

Confesso que antes da chegada dos smartphones, eu nunca carregava uma câmera, independentemente do significado do evento. Enquanto namorava minha esposa, durante as férias (vi alguns lugares incríveis que ainda consigo lembrar) ou enquanto meus filhos brincavam: sem câmera. O motivo? Eu nunca quis me incomodar com todo o trabalho associado ao transporte de uma câmera, apenas para obter resultados horríveis ao tirar fotos distorcidas e criar olhos vermelhos que fazem as pessoas parecerem lobos.

 

Bem, com a introdução do smartphone foi que tudo mudou. De repente, a câmera está sempre comigo e tira fotos excelentes. Apenas aponte, pressione a tela para focar e - Voilà! - ótimas fotos. As estimativas prevêem que mais de um trilhão de fotos digitais serão tiradas este ano usando um smartphone. Assim como os recursos de foco automático tornaram os smartphones uma câmera fácil de usar e com bons resultados, quero criar algo sem estresse para você: entender as diferenças entre os LEDs de média potência e os de alta potência.

 

Muitos de nós sabemos que LED é um acrônimo para Diodo Emissor de Luz. Os LEDs tornaram-se onipresentes e são usados ​​em várias aplicações, porque são pequenos, eficientes em termos de energia (em lm/W), robustos, confiáveis ​​e cheios de recursos. A principal diferença entre essas duas categorias é aparente em seu nome: potência média e alta potência. No entanto, para ser completo, precisamos adicionar uma terceira categoria: baixo consumo de energia. Agora, temos três classificações de energia para LEDs.

 

Como engenheiros eletrônicos, sabemos pela Lei de Ohm que Potência (W) = Tensão (VDC) × Corrente (A), ou matematicamente declarada, P = E × I. Então, vamos ver como esses três níveis de potência (baixo, médio e alta) são categorizados (Tabela 1).

 

Tabela 1: Caracterização aproximada dos níveis de LEDs de baixa, média e alta potência em watts.

 

A primeira coisa a ter em atenção é que não existe um padrão internacional que define essas categorias. As classificações são, em vez disso, um desenvolvimento interno que aconteceu como uma nomenclatura no setor, que surgiu com o tempo: baixa potência, alta potência e potência média.

 

Baixa potência

 

Os LEDs iniciais que foram desenvolvidos e empregados em aplicações de consumo eram de baixa potência. Eles costumam funcionar como luzes indicadoras, identificando o status de alguma condição.

 

Alta potência

 

Devido ao seu alto custo, os LEDs de alta potência foram inicialmente utilizados principalmente no desenvolvimento de aplicações pesquisa. Nos últimos dez anos, enormes ganhos foram obtidos em técnicas e processos de fabricação que permitem que níveis muito mais altos de corrente sejam aplicados à própria junção de semicondutores, gerando um crescimento explosivo na área de LEDs de alta potência. A comercialização de LEDs brancos de alta potência levou à sua introdução e uso contínuo em aplicações de iluminação que eram tradicionalmente ocupadas por tecnologias incandescentes e halogenas.

 

Média Potência 

 

Com o tempo, os fabricantes de LEDs reconheceram um nicho não preenchido: aplicativos que exigem luz branca fornecida em pacotes lineares. Essas aplicações foram melhor atendidas pelo desenvolvimento de produtos que poderiam oferecer alta eficácia, superando as preocupações de uniformidade de iluminação e a sobrecarga térmica da infraestrutura de montagem. Respondendo a essas necessidades, os fabricantes de LEDs introduziram uma variedade de LEDs de potência média que agora ocupam as mais alta posições de participação de mercado em aplicações de iluminação geral. Os diodos nesses LEDs são compactados com mais densidade, em relação aos LEDs brancos de alta potência, e oferecem uma aparência mais uniforme. Seu baixo consumo de energia geralmente permite o uso de materiais padrão de PCB, como placas de circuito impresso FR-4 (em oposição a alternativas mais caras e de dissipação de calor, como PCBs com núcleo de metal e similares). Os LEDs de potência média encontraram seu nicho de aplicação com mais freqüência em aplicações de iluminação geral, onde tamanho e uniformidade têm precedência sobre a potência de saída óptica bruta. A iluminação da área interna é um uso comum, incluindo A19, teto, tarefa, down-lights e aplicações de baía baixa e alta.

 

Os fabricantes de LEDs, incluindo Cree, Lumileds e OSRAM Opto Semiconductors, estão todos investindo significativamente em LEDs de potência média. Em abril deste ano, a Cree anunciou uma joint venture para comercializar um amplo portfólio de produtos de média potência de alto desempenho, para atender ao mercado global de LEDs de média potência de rápido crescimento e US $ 4 bilhões. A Cree vê isso como uma oportunidade para atender às necessidades mais amplas da iluminação geral (iluminação interna e externa), iluminação hortícola e outros mercados de LED em evolução. Os LEDs LUXEON SunPlus 2835 da Lumileds são dispositivos de potência média que oferecem desempenho aperfeiçoado, construído com base em um legado comprovado (Figura 1). A série LED OSRI Opto Semiconductors OSCONIQ P2226 é fornecida em várias cores, incluindo  deep blue o (450nm), blue (465nm),  true green (525nm), yellow (595nm), red (623nm) e far-red(730nm), permitindo designers a ter flexibilidade de cores para acomodar uma grande variedade de aplicações.

Figura 1: A linha LUXEON 2835 é uma coleção de dispositivos compactos que permitem a liberdade de projeto e fornecem uma solução geral superior para o sistema quando um projeto exige alta produção de lúmen e boa eficácia. (Fonte: Lumileds)

 

Imagine isso. Agora, os LEDs de potência média são usados com freqüência como LEDs Flash, para tirar fotos digitais e geralmente são projetados para os smartphones que usamos. Portanto, os LEDs de potência média estão ajudando a tornar minha vida muito mais fácil e a sua também! Agora, se eu pudesse voltar ao passado!

 

Artigo escrito originalmente por Paul Golata para Mouser Electronics: Seeing the Light between Mid- And High-Power LEDs. Traduzido por Equipe Embarcados.

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Mouser Electronics
Mouser Electronics é um dos líderes mundiais em distribuição de semicondutores e componentes eletrônicos e distribuidor autorizado de mais de 500 fornecedores líderes da indústria. Nosso foco é a excelência em serviço ao cliente, oferendo rápida entrega e embarque imediato com a precisão no processo, desde a colocação dos pedidos até a sua entrega. Mouser oferece uma ampla seleção de produtos em estoque para rápido envio a mais de 170 países.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar