Conheça a VEGAboard - Placa lançada pela OpenISA

A VEGAboard lançada recentemente pela OpenISA é a mais nova placa com RISC V. Com pinout compatível com Arduino e lembrando bastante as Freedom boards da NXP, a VEGAboard traz um microcontrolador wireless da NXP, o RV32M1 que possui um núcleo ARM Cortex-M0+, um núcleo ARM Cortex-M4F, um núcleo RISC-V RI5CY e um núcleo RISC-V ZERORISCY, além de um rádio operando na faixa de 2,36 GHz a 2,48 GHz.

 

As VEGAboards estão sendo oferecidas gratuitamente para desenvolvedores qualificados:

Similar às placas Freedom Boards, a VEGAboard possui a interface OpenSDA para gravação e depuração através da porta USB:

 

A VEGAboard inclui ainda 4 MB de Flash, um sensor de luz, acelerômetro, magnetômetro, um LED RGB, e rádio compatível com BLE.

 

Os núcleos RISC-V RI5CY e RISC-V ZERO-RISCY foram desenvolvidos como parte da plataforma PULP.

 

A seguir é apresentado o diagrama de blocos do microcontrolador:

 


Essa placa é resultado de uma parceria entre as plataformas PULP, Express Logic, Foundries.io, Ashling, IAR Systems e Segger.

Mais detalhes e link para pedir a placa são encontrados no site oficial, enquanto a documentação e software estão disponíveis no GitHub.

Confira o video de apresentação da VEGAboard no Hackster:

 

 

 

Confira os vídeos com os primeiros passos

 

POWER UP

 

 

DOWNLOAD YOUR SOFTWARE

 

 

BUILD YOUR DEMO

 

 

DO YOUR THING

 

 

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Fábio Souza
Engenheiro, especialista em sistemas embarcados. Hoje é diretor de operações do portal Embarcados, onde trabalha para levar conteúdos de eletrônica, sistemas embarcados e IoT para o Brasil. Também atua no ensino eletrônica e programação. É entusiastas do movimento maker, da cultura DIY e do compartilhamento de conhecimento, publica diversos artigos sobre eletrônica e projetos open hardware.Com iniciativas como o projeto Franzininho e projetos na área de educação, leva a cultura maker para o Brasil capacitando e incentivando professores e alunos a usarem tecnologia em suas vidas. Participou da residência hacker 2018 no Red Bull Basement.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar