Tutorial de Verilog – O primeiro Projeto com Quartus

Quartus

Neste post vou explicar como fazer seus projetos no Quartus da Altera. O Quartus é uma IDE fácil de usar que permite que se crie projetos em Verilog, VHDL ou System Verilog e permite que se sintetize para FPGAs da Altera. Para aprender Verilog e fazer simulações, no entanto, é uma excelente IDE, simples de utilizar e bem conhecida. A seguir mostro como criar seu primeiro projeto utilizando essa IDE com várias telas para guiá-lo durante o processo de configuração do primeiro projeto. Seguir esse tutorial leva no máximo 30 minutos para quem nunca utilizou o software. Estou utilizando o Quartus 13.0 SP1, mas o mesmo tutorial também é valido para as versões que foram lançadas após essa, incluindo a versão 14 e 15. 

Bom, vamos lá. Depois de instalado o Quartus Web Edition da Altera, que pode ser achado facilmente para download neste link (recomendo fazer o download com a configuracao padrão e instalar a configuração padrão. A instalação leva muito tempo pois requer a movimentação de muitos arquivos para o seu HD) e abra o software.

Criando seu projeto no Quartus…

Clique no botão para criar um novo projeto.

Siga em frente. Clique em Next.

Eu utilizei um nome para meu projeto como MUX6 e selecionei uma pasta para meus trabalhos.

Nesse momento é solicitado para que se insira arquivos no projeto. Como ainda não criamos nenhum e não estamos trabalhando com nenhum FPGA, siga em frente e clique em Finish.

O projeto foi criado até esse momento. Crie um arquivo vazio, o primeiro de seu projeto.

Crie um arquivo com as características Verilog HDL File. Isso informa que é um arquivo em Verilog.

Salve seu arquivo com um nome. No meu caso, salvei como MUX6, o arquivo principal com o mesmo nome do projeto.

Repita o procedimento e crie um arquivo para o testbench. Esse arquivo servirá para testar o circuito que está criando. Ele aplicará nesse caso sinais no circuito criado para que se possa verificar o seu funcionamento.

Gosto de utilizar o mesmo nome do arquivo principal seguido de underline TB para sinalizar que esse arquivo é um Testbench.

É necessário informar ao Quartus qual é o Testbench e qual é o arquivo principal de síntese do hardware. Para setar o arquivo pincipal, clique em Files, como indicado na figura e depois clique com botão direito sobre o arquivo MUX6.v e selecione a opção Set as Top-Level Entity.

Selecione com o botão direito o arquivo de testbench e selecione Properties para setar as propriedades desse arquivo. 

Informe então que esse arquivo é seu arquivo de Testbench. Selecione Verilog TestBench File.

Em seguida também é necessário informar ao Quartus que o Testbench criado será utilizado para esse projeto. Para isso é necessário acessar o menu e clicar em Assignments e então Settings.

Clique em compile testbenchs como o indicado e então, clique em TestBenches

E então aparecerá a seguinte janela para setar os testbenches. Clique em New e selecione o arquivo de testbench.

Clique em …

Escolha o seu testbench, nesse caso MUX6_TB.

 Complete os Campos. A janela tem que ficar como a seguir:

E então, clique em OK, OK, APPLY e OK.

Em MUX6.v, copie e cole o código abaixo:

No arquivo MUX6_TB, copie e cole o código abaixo: 

Então terá a seguinte visão. Clique em Start Compilation, um símbolo parecido com Play na barra superior.

O projeto então compilará com sucesso.

Comece então a Simulação RTL, que utiliza o Mentor Graphics ModelSim como padrão. Clique no botão como indicado na imagem abaixo. 

Quatro janelas serão lançadas. Eu, particularmente, acho uma bagunça a maneira em que diversas janelas são arremeçadas em sua tela. No entanto, ele funciona assim.

OBS: Caso algo esteja errado no Testbench, as telas não serão iniciadas. Então é necessário, para que se possa entender o que aconteceu, que se veja o log. Para isso, acesse na janela que abriu do Modelsim, o menu view, transcript.

Para se ver o resultado da simulação, maximize a janela WAVE.

Para fazer com que as ondas apareçam na tela, Pressione F. Esse atalho faz com que todas as ondas se ajustem à sua tela, é o comando FIT. Para zoom, use o C. Ele dará zoom sobre onde clicar sobre as ondas. Para que os sinais tenham os mesmos nomes que no testbench e nos arquivos de seu projeto, é necessário que se pressione o botão indicado na imagem, na esquerda, abaixo.

É isso! Deixe suas dúvidas abaixo e terei o prazer de te ajudar.