Tinkercad e PQDB: LED RGB e circuitos analógicos

Tinkercad e PQDB Display de 7 segmentos

Continuando a série sobre o uso da ferramenta Tinkercad, neste artigo é mostrado como manipular o LED RGB e circuitos analógicos da placa PQDB.

 

 

LED RGB

 

Este componente consiste em 3 LEDs diferentes (vermelho, verde e azul) dispostos em conjunto, porém com terminais independentes. No exemplo, o LED utilizado será do tipo cátodo comum, sendo este terminal, então, conectado ao terra do circuito, de maneira que ao se aplicar uma tensão nos terminais individuais, o LED é aceso.

 

Para o funcionamento do LED RGB, os anodos serão conectados à portas do Arduino que possuam saídas PWM. Variando o ciclo de trabalho (duty cycle) destas portas, é variada a proporcionalidade de tempo com que elas possuem nível lógico alto e nível lógico baixo. Se o duty cicle de uma porta é de 50%, esta ficará o mesmo período de tempo ligada e desligada. Variando esse valor é produzido aos olhos humanos uma sensação de maior ou menor intensidade de brilho de cada cor dos LEDs. A resolução das portas PWM do Arduino UNO é de 8 bits, ou seja, o menor valor é 0 e o maior 255 (2- 1=256 -1), como exemplificado na figura a seguir:

 

Tinkercad e PQDB - Duty cycle das portas PWM do Arduino.
Figura 1: Duty cycle das portas PWM do Arduino.
Tinkercad e PQDB
Figura 2: Circuito com LED RGB.

 

Link para a simulação aqui.

 

Código

 

 

 

Componentes Analógicos

 

Neste sketch será realizada a leitura de um sensor de temperatura, um resistor dependente de luz (LDR) e um potenciômetro através das portas analógicas e impressos no monitor serial. A reprodução de sons é feita por meio de um buzzer (piezoelétrico).

 

Ao conectar os componentes nas entradas analógicas do microcontrolador é necessário saber que o conversor analógico digital, que tem seus padrões de tensão de 0 a 5 V, tem uma resolução de 10 bits, portanto, seu valor mínimo é 0 e seu valor máximo, correspondente a 5 V, é de 1023 (210 - 1).

 

Circuito com componentes analógicos.
Figura 3: Circuito com componentes analógicos.

 

Link para a simulação aqui.

 

As particularidades do circuito são a interpretação da leitura do resistor dependente de luz (LDR), a utilização do transistor para acionar o buzzer e a escala do sensor de temperatura.

 

O LDR tem uma alta resistência (mega ohms) na ausência de luminosidade e uma baixa resistência (dezenas de ohms) na presença de uma forte luminosidade. Para realizar sua leitura é avaliada a queda de tensão em um resistor fixo, que é baixa na falta de luz e alta na presença de luz.

 

Para que o buzzer tenha mais volume em função da baixa corrente que a porta digital do microcontrolador é capaz de oferecer, esta será responsável apenas por polarizar o transistor que atua como uma chave fechada quando a saída digital tem nível lógico alto e como chave aberta quando a saída tem nível lógico baixo.

 

O sensor de temperatura presente no Tinkercad tem sua saída variando 10 mV para cada ºC, mas seu zero (0 V) corresponde a uma temperatura de -50 ºC, portanto a faixa de 0 a 5 V é traduzida em -50 ºC a 450 ºC.

 

Ao iniciar a simulação é possível alterar o valor dos sensores e do potenciômetro clicando sobre eles:

 

Mudança do valor de temperatura.
Figura 4: Mudança do valor de temperatura.

 

Código

 

 

 

Conclusão

 

Neste artigo foram apresentados os conceitos de PWM para variar a intensidade do brilho dos LEDs, a leitura analógica de componentes, como sensores de temperatura e luminosidade e potenciômetros, e a reprodução de sons por meio de um buzzer (piezoelétrico).

 

Nos próximos artigos vamos trabalhar outros conceitos presentes nos circuitos na PQDB, como a multiplexação de displays 7 segmentos, a leitura de um teclado matricial e a utilização do display LCD 16x2.

 

 

Saiba mais

 

Primeiros Passos com a PQDB Mini e Arduino UNO

Conheça a PQDB Mini - A placa didática com display gráfico

Controle de matrizes de LED com Arduino

 

Outros artigos da série

<< Tinkercad: ferramenta online e gratuita de simulação de circuitos elétricosTinkercad e PQDB: Display de 7 segmentos >>
NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Thiago Pereira do Prado
Graduando em Engenharia de Controle e Automação pela Universidade Federal de Itajubá. Aficionado por Tecnologia, Programação e Sistemas Embarcados. Desde cedo era curioso por saber como as coisas funcionavam. Desmontava vários drivers de DVD e carrinhos de controle remoto atrás dos motores DC. Atualmente pesquiso na área de sistemas dinâmicos, controladores e filtros digitais.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar