Taurus – Plataforma de IoT Brasileira

Taurus-destaque

O mundo maker tem focado no desenvolvimento de projetos de controle e monitoramento remotos. Mas, uma vez coletados os dados, para onde enviar? Onde armazená-los para que possam ser acessados posteriormente? Qual plataforma de retenção de dados oferece para mim o serviço que procuro?

 

Observe neste texto as principais plataformas de IoT abertas no mercado e aprenda a utilizar a Taurus, uma plataforma de IoT brasileira desenvolvida por alunos e ex-aluno do Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações).

 

Há diversos serviços de armazenamento de dados disponíveis na Internet que podem ser utilizados no desenvolvimento de projetos de atuação e monitoramento à distância, tais como DeviceHub.net, ThingSpeak, Microsoft Azure, Amazon AWS, Carriots, PubNub, Nimbits, TaurusSystem, entre outras.

 

Plataformas de Internet das coisas.
Figura 1 – Plataformas de Internet das coisas citadas.

 

 

Taurus – Plataforma de IoT Brasileira

 

A Taurus começou a partir de um projeto de internet das coisas que precisava ser desenvolvido na pré-incubadora do Inatel em 2015 pelos estudantes Guilherme Cassemiro, José Carlos, Leonardo Gonçalves e Luís Felipe Ribeiro. Para fazer os primeiros testes no protótipo utilizaram a plataforma da DeviceHub.net, da Romênia, para controlar os dispositivos. Feitos os testes, eles pensaram em fazer sua própria plataforma, que fora inspirada na DeviceHub.net. A figura 2 exibe o painel de controle da plataforma romena.

 

Painel de controle da DeviceHub.net.
Figura 2 - Painel de controle da DeviceHub.net.

 

A ideia foi construir um painel de controle que oferecesse a possibilidade de controlar a maioria dos tipos de dispositivos de internet das coisas. O painel de controle pode ser composto de atuadores digitais que permitem ações de 2 estados e podem ser utilizados para ligar ou desligar determinado dispositivo e têm como resposta 0 ou 1; atuadores analógicos que podem assumir infinitos valores e serem utilizados para modificar o funcionamento de um dispositivo, como por exemplo a temperatura de um ar condicionado; e, por último, sensores que armazenam dados enviados por medidores de diversas grandezas a fim de monitorar as condições do ambiente em que o dispositivo se encontra, como mostrado na figura a seguir.

 

Painel de controle Taurussystem.com.
Figura 3 - Painel de controle Taurussystem.com.

 

A plataforma conta também com uma versão que possui endereço IPv6, que permite conexões com redes puramente IPv6, e atualmente é a única plataforma ‘IPv6 enabled’ disponível na internet. O endereço para acesso à plataforma IPv6 é ipv6.taurussystem.com.

 

Foram realizados testes utilizando uma rede puramente IPv6 fazendo uso da placa Momote001 rodando contikiOS como cliente da plataforma. A figura abaixo ilustra o setup utilizado no teste.

 

Exemplo de motes conectados
Figura 4 - Exemplo de motes conectados

 

O teste foi realizado na empresa Das Coisas e todo suporte para a montagem do setup foi dado pelos proprietários Marco Casaroli, Tiago Melo e Victor Fernandes.

 

 

Utilizando a plataforma Taurus

 

A plataforma recebe e envia comandos através de requisições TCP/IP utilizando o protocolo HTTP. Há um padrão de URLs para realizar determinados tipos de comandos, como criar componentes na plataforma, resgatar dados de atuadores, e enviar dados para os sensores conectados. Todos os usuários terão um identificador único chamado de Serial, que é enviado juntamente com o comando na URL para que cada usuário faça requisições de seus dispositivos.

 

Para enviar comandos à plataforma basta seguir os padrões de URL de cada ação e enviar através do método GET em um microcontrolador ou através do browser em seu computador. Os comandos da plataforma são os demonstrados a seguir:

 

Sabendo como criar os componentes e como ler e atuar sobre eles, o usuário está apto a começar a criar seus projetos gerenciáveis. A plataforma foi criada com o objetivo de ser genérica do ponto de vista de projeto, aceitando projetos de qualquer vertente. As principais vertentes de internet das coisas são saúde, transporte, lazer e agricultura.

 

Principais vertentes para IoT
Figura 5 - Principais vertentes para IoT

 

 

Componentes da plataforma

 

Conhecido o método de interação com a plataforma e a criação e atuação de seus principais componentes, vamos analisar as principais características de cada um.

 

Atuadores digitais: são utilizados para atuar sobre cargas que tenham dois estados, on/off por exemplo, entregam 0 ou 1 em sua resposta. Na plataforma é possível visualizar o histórico de ações realizadas pelo componente.

 

Atuadores analógicos: são utilizados para alterar o comportamento de um determinado equipamento. Aceitam infinitos valores e suas aplicações de uso podem ser em termostatos, ar-condicionado e controle de motores. Também permite visualização do histórico de alteração dos valores dos mesmos.

 

Sensores: Os sensores são componentes que armazenam dados enviados por dispositivos atrelados a eles. São gerados gráficos exibindo a variação da grandeza monitorada por cada sensor, permitindo melhor acompanhamento por parte do usuário.

 

 

Plataforma multi-projetos

 

O usuário precisa de ao menos uma serial para completar seu cadastro e começar a desenvolver seu projeto e conectar seus dispositivos. Mas seria possível controlar vários projetos dentro da mesma conta?

 

Com a plataforma Taurus é possível gerenciar vários projetos na mesma conta e ainda colocar os nomes apropriados a cada um. Cada projeto possui uma serial diferente, para que possam sofrer alterações totalmente desvinculadas nas URLs de comando. A figura 5 ilustra um exemplo em que o usuário possui projetos em estados diferentes.

 

Cenário de aplicação multi-projetos com Taurus.
Figura 6 - Cenário de aplicação multi-projetos.

 

Esse cenário organiza seus projetos e ajuda no monitoramento individual de cada um, exibindo o número de dispositivos conectados em cada projeto. Não há limites de projetos cadastrados por conta.

 

 

Considerações Finais

 

A plataforma de internet das coisas Taurus oferece ao usuário um ambiente amigável e de fácil utilização. Pode ser utilizada em vários tipos de projetos permitindo uma infinidade de aplicações. A plataforma ainda precisa de muitas alterações para que se torne profissional, desde a padronização de seus comandos e respostas até melhorias em segurança e funcionalidade.

 

Para o mundo maker, é uma excelente aplicação para conectar os Hardwares e criar projetos de variadas funcionalidades, possui fácil comunicação e não impõe limites de criação de componentes ou envio de dados à plataforma. A plataforma Taurus vem para oferecer uma forma de conectividade para os desenvolvedores criarem projetos na área de IoT em diversas vertentes de forma gratuita e aberta para a comunidade.

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Leonardo Gonçalves
Leonardo Ribeiro Gonçalves nasceu em Santa Rita do Sapucaí, MG, em março de 1992. Recebeu o título de Engenheiro de Telecomunicações pelo Instituto Nacional de Telecomunicações em dezembro de 2015. Se relaciona com a área de Internet das Coisas desde janeiro de 2015. Tem interesse nas áreas de Internet das Coisas, Comunicações Wireless, Protocolos de Redes, Sistemas Embarcados e Inteligência Artificial.

9
Deixe um comentário

avatar
 
5 Comment threads
4 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
LAURIANO ELMIRO DUARTEAdrian LemosFranklin S.C. BonfimCleiton BuenoLeonardo Gonçalves Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
LAURIANO ELMIRO DUARTE
Membro
LAURIANO ELMIRO DUARTE

boa ... vou começar a testar ela ...

Adrian Lemos
Visitante
Adrian Lemos

Leonardo, Bom dia!

Muito bacana a iniciativa e estou testando, porem encontrei alguns pontos ou bugs que gostaria de reportar, não sei se ainda estão em fase Beta ou se possuem algum lugar para discussão, mas gostaria de contribuir com o projeto.

Um abraço

Leonardo Gonçalves
Visitante

Opa Adrian, boa tarde!
Sim, a plataforma está em fase beta, gostaria de saber sobre os pontos que mencionou.Vou enviar um e-mail para você.

Obrigado pelo feedback!

Abraço!

Franklin S.C. Bonfim
Visitante
Franklin Bonfim

Artigo muito bom! Um novo patamar se abre com uma plataforma IoT br. Agora é difundir e melhorar.

Leonardo Gonçalves
Visitante

Obrigado Franklin! Estamos melhorando ela e a medida que forem saindo novas releases vamos comunicar a comunicdade! Envie um e-mail para Lívia Pizzolato LiaoLívia Pizzolato Liao.br">alfatechLívia Pizzolato LiaoLívia Pizzolato Liao.br e te encaminharemos um serial de acesso. Grande abraço.

Cleiton Bueno
Visitante

Muito bacana a ideia de desenvolver uma plataforma para IoT.
Uma duvida, além de HTTP que mencionou quais outras formas para envio dos dados ou que pretende ter suporte? E sobre ofuscar os dados, criptografar, proteger no envio?

Abraço.

Leonardo Gonçalves
Visitante

Bom dia Cleiton, estamos trabalhando para fornecer suporte a COAP e MQTT em breve. A plataforma está na sua versão BETA e por enquanto ainda não oferece criptografia. Estamos passando em um proceso de evolução e de padronização. Se tiver alguma dica ou sugestões estamos abertos. Obrigado, abraço!

Daniel Mazzer
Visitante
Daniel Mazzer

Parabéns pelo artigo Leonardo!
Sucesso no desenvolvimento da plataforma Taurus.

Leonardo Gonçalves
Visitante

Valeu Daniel, obrigado!