Supercomputador Quebra A Barreira Dos Exaflops

A lista Top500 dos supercomputadores mais rápidos do mundo acaba de chegar à 59ª edição. A liderança ficou para o Frontier, a primeira máquina capaz de trabalhar em nível de exaflops, ou trilhões de operações por segundo e que será operada pelo Departamento de Energia dos Estados Unidos.

O Frontier, desenvolvido sob a coordenação do Oak Ridge National Laboratory (Tennessee), é capaz de executar 1,1 trilhão de operações por segundo – se cada pessoa na Terra fizesse um cálculo a cada segundo, seriam necessários mais de quatro anos para fazer o que esse computador pode fazer em um segundo.

É a primeira vez que um computador quebra a barreira do exaflop, uma marca que há poucos anos parecia intransponível. Um laptop comum é um milhão de vezes mais lento que o Frontier.

A capacidade da nova máquina permitirá que ela contribua para a solução de problemas científicos complexos – segundo o diretor do Oak Ridge National Laboratory, o indiano Thomas Zacharia, o Frontier   está inaugurando uma nova era da computação, podendo ajudar a resolver os maiores desafios científicos da atualidade.

Ele é o resultado de mais de uma década de colaboração entre o governo americano, a academia e a iniciativa privada. É composto por 9.400 processadores AMD instalados em 74 gabinetes e sistema operacional Linux. Para se ter uma ideia da infraestrutura que suporta o Frontier, são bombeados 25 mil litros de água por minuto para resfria-lo; 145 quilômetros de cabos compõem a máquina. 

O Frontier pode se tornar ainda mais potente: de acordo com seus desenvolvedores, está prevista a introdução de uma série de melhorias de hardware e software nos próximos meses, o que, no papel, pode levar a máquina a dois exaflops.

JUNTE-SE HOJE À COMUNIDADE EMBARCADOS

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Home » Notícias » Supercomputador Quebra A Barreira Dos Exaflops
Comentários:
Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:
Nenhum resultado encontrado.