STM8S-Discovery - Introdução

Este post faz parte da série STM8S-Discovery. Leia também os outros posts da série:

Esta série de artigos é baseada na apresentação de ferramentas de Hardware e Software para o desenvolvimento de projetos utilizando os microcontroladores de 8 bits da STMicroelectronics que, além de MCU’s com o núcleo da própria fabricante, possuem modelos que utilizam arquitetura ARM®.

 

 

Hardware

 

Facilitando a fase inicial do desenvolvimento, utilizamos o kit STM8S-Discovery, cujas principais características são contemplar um MCU STM8S105C6T6, um gravador/depurador ST-Link e a disponibilidade de periféricos em conectores Header. A figura 1 exibe o layout do kit, que possui ainda o diferencial de possível separação do módulo ST-Link para a utilização em MCU’s externos, como, por exemplo, um protótipo em placa de circuito impresso dedicada da aplicação:

 

TOP Layout do kit STM8S-Discovery
Figura 1 - TOP Layout do kit STM8S-Discovery

 

Esta família de MCU é considerada convencional, mas a ST também possui linhas dedicadas para baixo consumo de energia (STM8L) e para automobilística (STM8AL e STM8AF). Para nos auxiliar na definição de qual modelo idealizar, a fabricante identifica as famílias por segmento, como ilustrado na figura 2:

 

Famílias de MCU's STMicroelectronics
Figura 2 - Famílias de MCU's STMicroelectronics

 

Além disso, o aplicativo MCU-Finder permite explorar o portfólio completo de MCU’s STM8, STM32 e os kits de desenvolvimento compatíveis com o modelo selecionado. Os usuários podem filtrar por parâmetros que melhor atendam à necessidade da aplicação, como o tipo de núcleo, frequência de CPU, memória, preço, encapsulamento, quantidade de IO’s e, em seguida, acessam os documentos como datasheet e notas de aplicação do MCU definido. A figura 3 ilustra o aplicativo de procura:

 

Aplicativo MCU-Finder da STMicroelectronics
Figura 3 - Aplicativo MCU-Finder da STMicroelectronics

 

O diagrama de blocos do nosso STM8S, como mostra a figura 4, deixa bem claro as funções que o MCU suporta para o desenvolvimento de diversas aplicações:

 

Diagrama de Blocos do MCU STM8S105x4/6
Figura 4 - Diagrama de Blocos do MCU STM8S105x4/6

 

 

Software

 

Faremos o uso das ferramentas a seguir para promover os primeiros passos de criação do Firmware de nossos projetos. Note que existe a necessidade de registrar-se.

 

Ambiente de Desenvolvimento (IDE)

 

A IDE da ST para ST7 e STM8 é composta por duas ferramentas:

  • ST Visual Develop (STVD): disponibiliza diversas funções de edição e depuração de projetos desenvolvidos em linguagem C e/ou Assembly e;
  • ST Visual Programmer (STVP): interface para gerenciar o código programado na FLASH e EEPROM, além de possibilitar a gravação de códigos em modo automático.

 

A figura 5 ilustra a aparência da IDE ST:

 

Aparência da IDE ST
Figura 5 - Aparência da IDE ST

 

Compilador

 

A partir da IDE, o compilador permite traduzir as linhas de código escritas em linguagem C e/ou Assembly para binários a serem gravados no MCU.

 

Os compiladores suportados são: COSMIC e RAISONANCE, dos quais suportam tamanho de código ilimitado e 16KB em suas versões gratuitas, respectivamente. Nesta série de artigos, no entanto, utilizaremos o COSMIC.

 

Biblioteca de drivers

 

A Biblioteca padrão do STM8S/A possui arquivos de registradores e funções básicas que auxiliam no rápido desenvolvimento de programas e reduz significativamente o dead-line de projetos. A figura 6 mostra a arquitetura dos arquivos:

 

Biblioteca padrão STM8S
Figura 6 - Biblioteca padrão STM8S

 

Mesmo sendo um termo mais comum entre os sistemas operacionais, dependendo da literatura, as bibliotecas podem ser definidas como uma Camada de Abstração de Hardware, ou simplesmente HAL (Hardware Abstraction Layer), do qual permite que aplicações sejam desenvolvidas sem a necessidade da total interação entre o programador e o Hardware. Sendo assim, o usuário que não pretende trabalhar diretamente com os registradores e “escovar” os bits, pode promover o seu código com as funções já existentes.

 

Para maior abrangência desta série de artigos, no entanto, mais adiante faremos a verificação tanto das funções quanto dos registradores e suas variáveis.

 

 

Ligando o kit de desenvolvimento

 

O investimento para a aquisição de um kit é bem atrativo e deve ser por volta de U$7.80. A seguir é apresentado um vídeo de demonstração do kit STM8S-Discovery:

 

 

Para ligar o nosso STM8S-Discovery, basta conectá-lo na porta USB do PC com um cabo A/B e verificar que o MCU possui um firmware exemplo que altera o comportamento do LED LD1 à medida que apertamos o Botão Touch Screen TS1.

 

Maiores informações sobre o kit STM8S-Discovery e as ferramentas descritas são encontradas no documento UM0834 da ST, os quais serão utilizados para os exemplos de Firmwares dos posts seguintes.

Outros artigos da série

STM8S-Discovery – I/O’s >>
Este post faz da série STM8S-Discovery. Leia também os outros posts da série:
NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar