Software Livre e Bombeiros Militares de Santa Catarina - Boas ideias que salvam vidas

Software Livre e Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militares do Estado de Santa Catarina (CBMSC) inova ao utilizar software livre no desenvolvimento de plataformas de auxilio administrativo e auxílio à comunidade. Os aplicativos FireCast CBMSC e FireCast Comunidade consistem em um grupo de ferramentas auxiliares do Sistema de Emergência E-193. Softwares Open Sources possibilitam a troca de informações sobre as ocorrências entre as guarnições e as centrais de operação das corporações e informam a comunidade sobre as ocorrências. Tudo isso através de aplicativos para smartphone e tablets e em tempo real. Ambos utilizaram a plataforma AndroidStudio no seu desenvolvimento e possuem os códigos fontes disponíveis para download no site (Projeto- Firecast). Tanto o FireCast CBMSC e FireCast Comunidade funcionam com base em requisições https do dispositivo para o banco de dados.

 

 

Desenvolvimento

 

O desenvolvimento dessas ferramentas são uma iniciativa de um time de bombeiros militares de SC. Esse time auxila o CBMSC no desenvolvimento das soluções em software da corporação através da DiTI (Divisão de Tecnologia da Informação). Portanto, a DiTI é uma divisão dentro do CBMSC que conta com bombeiros militares que possuem afinidade no desenvolvimento de softwares. Além disso, a DiTI também contou e ainda conta com o auxílio do ONG Instituto Igarapé no desenvolvimento dos aplicativos.

 

 

FireCast CBMSC

 

O FireCast CBMSC (Figura 1) é um aplicativo utilizado pelo público interno do BMSC. A ideia do aplicativo é aumentar o canal de comunicação entre a central de despacho do CBMSC e o bombeiro que irá prestar o socorro. Basicamente quem utiliza o Firecast CBMS recebe através do smartphone o mapa do local da ocorrência, a descrição, o nome do solicitante, o telefone, pontos de referência, dentre outras informações relevantes para o atendimento da ocorrência.

 

O aplicativo automaticamente plota o local da ocorrência (o que diminui o tempo de resposta da solicitação) e atualiza o status da viatura - registrando a saída da viatura da guarnição, sua chegada e o fim da ocorrência. Tudo isso atualizando diretamente na central de despacho. Essas informações são armazenadas em uma base de dados, o que possibilita futuras ações preventivas e embasamento estatístico das ocorrências. O Estado do Rio Grande do Sul já utiliza o sistema desenvolvido pela DiTI. Além do RS o estado do Paraná já demonstrou interesse em utilizar o FireCast como nova ferramenta de atendimento, o que deve ocorrer em breve.

 

 

Software Livre e Bombeiros Militares: Overview do funcionamento Firecast CBMSC
Figura 1 - Overview do funcionamento Firecast CBMSC.

 

 

FireCast Comunidade

 

O FireCast Comunidade tem como foco o público externo e colaboradores. O usuário que baixar o aplicativo pode receber informações sobre ocorrências como acidentes de trânsito, incêndios, atendimentos pré-hospitalares, entre outras informações. O aplicativo possibilita ao usuário determinar um raio de até 50 km de atuação. Os colabores, como brigadistas, recebem as informações sobre a ocorrência, diminuindo o tempo de resposta da ocorrência.

 

 

O Sistema E-193 

 

O Sistema de Emergência E-193 (Figura 2) é o sistema cliente/servidor em uso pelos BMSC desde 2007. Consiste em todo o sistema de gerenciamento, armazenagem e perícia das ocorrências dentro do estado de Santa Catarina. O E-193 engloba a central de emergência e servidores, os aplicativos auxiliares e outros sub-sistemas. Os servidores utilizados podem ser físicos ou virtuais. Conforme recomendado pelo site, são necessários dois servidores, um principal e outro de backup. Segundo o CBMSC, as configurações mínimas do servidor para funcionamento do E-193 são:

  • Processador intel dual core;
  • 4GB de memória e dois HDs de 500GB;
  • Sistema operacional Ubuntu 12.04 - 64 bits instalado com Nobreak.

 

Software Livre e Bombeiros Militares: E-193 Arquitetura
Figura 2. E-193 Arquitetura

 

 

O Futuro

 

A DiTI caminha um passo à frente. Já existe um planejamento para o desenvolvimento de mais dois aplicativos. O primeiro, FireCast Vip, pretende auxiliar o público surdo/mudo em ocorrências. O segundo aplicativo - App Praia Segura, que deve atuar com foco nos 530 km de litoral do estado de Santa Catarina, apoiando diretamente os guarda-vidas nas praias. Como trata-se de um planejamento inicial, os nomes e algumas características podem ser adequadas no decorrer do desenvolvimento.

 

Vale resaltar que todo o desenvolvimento utiliza Software Livre e que o CBMSC possui um time qualificado para auxiliar outras forças na implementação, treinamento e no desenvolvimento do E-193. Entre em contato por este e-mail

 

O time Embarcados agradece a Tenente Heloísa e a Tenente Juliana K. pela entrevista e aos BMSC por cuidar de todos os cidadãos em solo catarinense. Quem sabe no futuro teremos desenvolvimento de hardware também?!?!

 

 

Rádio On-Line

 

Para quem admira o trabalho desses guerreiros, segue um link bem interessante aqui. Vale a pena deixar aberto em uma aba.

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Rodrigo Pereira
Engenheiro da Computação e Mestre em Computação Aplicada, cursou o programa Brasil-IP e CI-Brasil em Campinas/SP. Atualmente cursa doutorado junto ao PPGeEL - UFSC. Possui experiência no desenvolvimento e projeto de hardware e firmware para sistemas embarcados. Jornalista freelancer, curte praia e conhecer outros lugares. No tempo livre respira aviação. Amo meu filho, Francisco.

4
Deixe um comentário

avatar
 
2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Rodrigo PereiraEduardo A. Gomes da RochaTiago Michel Silva Nunes Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Eduardo A. Gomes da Rocha
Visitante
Eduardo A. Gomes da Rocha

Olá !! Obrigado pela veiculação dos nossos trabalhos !! Isso é muito importante para nossa corporação !!

Tiago Michel Silva Nunes
Visitante
Tiago Winehouse

QUE LEGAL!