Introdução a FPGA em Slides

Confira os slides de introdução a FPGA do treinamento de programação em VHDL.
Introdução a FPGA

Visando auxiliar na contextualização de FPGA dentro de sistemas digitais preparei alguns slides introdutórios antes do treinamento oficial da Altera em Introdução a VHDL. Veja abaixo um slide show sobre Introdução a FPGA.

O objetivo é mostrar um pouco das tecnologias que existem para desenvolver hardware e como elas se comparam. Além de deixar claro que estamos lidando com hardware,  portanto, VHDL descreve hardware o que é um mundo completamente diferente de software.


Para quem tem interesse em baixar a apresentacao, segue o Link de download abaixo:

Para aprender mais sobre FPGA

VHDL Básico Parte 1

VHDL Básico Parte 2

Treinamentos gratuitos em FPGA on-line

Para aprender mais sobre Verilog

PROCESSADORES PROGRAMÁVEIS – como projetar um processador em VERILOG – Arquitetura – parte 1

PROCESSADORES PROGRAMÁVEIS – como projetar um processador em VERILOG – Organização – parte 2

PROCESSADORES PROGRAMÁVEIS – como projetar um processador em VERILOG – Codificação – parte 3

Tutorial de Verilog – Operadores

Formas de representar um sistema digital

Tutorial de Modelsim: Verificando o VHDL antes de programar o FPGA

Notificações
Notificar
guest
7 Comentários
recentes
antigos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Adriano Oliveira Pires
AdrianoOP
30/04/2014 09:30

Olá André… De modo simples, qual é a diferença entre um SPLD, CPLD e FPGA?

Obrigado!

André Castelan
Reply to  AdrianoOP
30/04/2014 11:10

Olá Adriano, CPLD tem uma arquitetura um pouco diferente de FPGA e menos capacidade lógica. Normalmente o maior CPLD tem menos lógica do que o menor FPGA. Mas isto não é regra, é como se fosse o irmão mais novo.

SPLD é mais simples ainda, basicamente uma 74xx programável de tão pequeno.

Então em complexidade/lógica/preço -> FPGA > CPLD > SPLD (Lembrando que toda regra tem exceção)

Sandro Dutra
Sandro Dutra
Reply to  André Castelan
01/05/2014 15:35

Me parece também que o FPGA guarda o bit file em memória RAM, por isso, precisa ser reenviado toda vez que é ligado e o CPLD não. Eu tenho uma placa MAX II com USB Blaster pirata que importei pelo AliExpress, mas como ainda estou estudando, não a testei.

trackback
22/04/2015 00:15

[…] – Introdução à FPGA, escrito por André Prado [14] […]

trackback
24/03/2015 07:40

[…] Introdução a FPGA em Slides [8]; […]

trackback
16/12/2014 02:51

[…] Introdução a FPGA em Slides [7]; […]

trackback
25/09/2014 22:58

[…] [11] Introdução a FPGA em Slides  […]

WEBINAR

Visão Computacional para a redução de erros em processos manuais

DATA: 23/09 ÀS 17:00 H