Conheça a Embedded MPU RZ/A1 da Renesas

RZA1

Em 2013 a Renesas lançou a Embedded MPU RZ/A1 para aplicações de eletrônicos de consumo e controles industriais. A família de processadores conta com um core ARM Cortex-A9 a 400 MHz e 1000 DMIPS e SRAM On-Chip (3MB, 5MB e 10MB).

Características do RZA1
Figura 1 - Características do RZ/A1

Dependendo dos requisitos da aplicação não há a necessidade de memória RAM externa ao chip, já que além de se ter a opção com memória RAM interna de até 10 MB, o processador possui execute in place (XIP) diretamente de memórias QSPI, onde o programa não precisa ser carregado da flash para a RAM, proporcionando melhor eficiência e menos quantidade de memória volátil necessária. Assim a memória RAM será utilizada apenas como memória de trabalho.

Existem duas opções de encapsulamento (QFP e BGA), não há a necessidade de uso de PMIC e a PCB pode conter pelo menos 4 layers. Dessa maneira os custos te fabricação, montagem e BOM são bastante reduzidos, assim como a complexidade do hardware do projeto e o aumento de robustez em relação a EMC, já que não estão presentes barramentos de alta velocidade.

Características da Família RZ/A1

Essa família conta com diversos tipos de interfaces de comunicação, assim como processamento gráfico por hardware, controladores de display, ADCs, motores de criptografia, etc. Na figura 2 temos as características dos modelos RZ/A1 H e M e na figura 3 para o modelo L.

Características da família RZA1 H e M
Figura 2 - Características do RZ/A1 H e M
Características do RZA1 L
Figura 3 - Características do RZ/A1 L

A figura 4 traz um comparativo entre os membros da família:

Comparativo entre os membros da família RZA1
Figura 4 - Comparativo entre os membros da família RZ/A1

Suporte de Software para o RZ/A1

São suportados desde RTOS, como FreeRTOS, até Linux embarcado, conforme vemos na figura 5.

RZA1 - Sistemas Operacionais Suportados
Figura 5 - Sistemas Operacionais Suportados para o RZ/A1

 
Por conta da característica do XIP (execute in place) diretamente de memórias flash é utilizado o
AXFS (Advanced XIP File System) como sistema de arquivos.

No Github da Renesas é possível encontrarmos os repositórios para o u-boot, linux kernel (v3.14 LTSI), buildroot, yocto e axfs. Além disso existe uma página que reúne todos os tutoriais de software disponíveis.

Na figura 6 temos listados quais são as toolchains que podem ser utilizadas.

RZA1 - Toolchains suportadas
Figura 6 - Toolchains suportadas para RZ/A1

Kits de Desenvolvimento da Renesas para o RZ/A1

A Renesas oferece dois kits de desenvolvimento onde é possível explorar todas as características do processador. Na figura 7 temos o RSK e na figura 8 o GENMAI. O kit GENMAI é apenas suportado no Japão.

Kit Renesas RZA1 RSK
Figura 7 - Kit Renesas RZ/A1 RSK
Kit Renesas RZA1 GENMAI
Figura 8 - Kit Renesas RZ/A1 GENMAI

No próximo post iremos mostrar um tutorial completo de como gerar uma distribuição Linux embarcado customizada para rodar no RZ/A1.

* Este post foi patrocinado pela Renesas e escrito por Diego Sueiro.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Hardware » Conheça a Embedded MPU RZ/A1 da Renesas
Talvez você goste:
Comentários:

Deixe um comentário

avatar
  Notificações  
Notificar

Séries

Menu