2 Comentários

Primeiros passos com Renesas RDK RX63N e e2studio

RX63N e e2studio

Recentemente publiquei a respeito do lançamento do e2studio 4.1 da Renesas e destaquei a sua compatibilidade com as famílias de microcontroladores RL78 e RX, dentre as outras que o mesmo suporta. Agora, chega a hora de mostrar como configurar a ferramenta para desenvolver projetos para microcontroladores RX, tendo por base a placa RDK RX63N e e2studio, ou seja, o kit de desenvolvimento e a IDE para programá-lo. Lembro que apresentei o kit no Embarcados neste artigo.

Embora seja possível desenvolver projetos para o RX63N usando outras IDEs, tais como a HEW e a IAR, a e2studio é a oficial da Renesas no presente momento. E por ser baseada no Eclipse, traz à tona uma série de facilidades em um ecossistema modularizável, compatível inclusive com o compilador oficial CCRX e o compilador opensource GNURX.

Com o e2studio devidamente instalado e configurado para família de microcontroladores RX e com os compiladores CCRX e GNURX também instalados e associados ao e2studio, vamos então começar o processo de criação do primeiro projeto. Para isso, inicie a execução da IDE e2studio. Aberto o programa, carregue-o na perspectiva de desenvolvimento C/C++, de modo a ficar tal como mostrado na Figura 1.

RDK RX63N e e2studio
Figura 1 - e2studio 4.1

Criação de um Projeto para microcontroladores RX

Com o e2studio aberto, vamos agora criar um novo projeto para microcontrolador RX com Linguagem C, acessando o Menu File, opção New e selecionamos C Project, como apresentado na Figura 2.

RDK RX63N e e2studio: CProject
Figura 2 - Menu para criar novo Projeto C.

Isso fará surgir a janela do Project Generation Wizard, que nada mais é do que um guia com janelas em sequência para orientar a criação de projetos para microcontroladores Renesas.

A primeira tela corresponde às definições do nome de projeto, definido no campo Project Name, além de também poder definir a Toolchain a ser empregada no processo de compilação do projeto. Para este exemplo, dei o nome de projeto BotaoLedRX, selecionei a Toolchain KPIT GNURX-ELF Toolchain, deixando também marcada a opção Project type como Executable -> Sample Project, conforme mostrado na Figura 3. Selecionadas as opções e preenchido o nome do projeto, clique em Next.

RDK RX63N e e2studio
Figura 3 - Project Generation Wizard do e2studio.

Na próxima tela temos configurações específicas para o microcontrolador-alvo do projeto a ser criado. Em se tratando das configurações do projeto para o microcontrolador do kit RDK RX63N, deixe selecionadas as seguintes opções, tal como mostrado na Figura 4:

  • Toolchain Version: v14.03 (ou a mais recente que você tiver instalado na máquina);
  • Debug Hardware: Segger JLink (RX);
  • Data endian: Little-endian data;
  • Select Target: RF563NBDxFP.
RDK RX63N e e2studio
Figura 4 - Configurações do Projeto para Microcontrolador.

A próxima janela, exibida na Figura 5, seria do Code Generator, um utilitário da Renesas que permite o setup rápido e ágil de componentes tais como Clock, ADC, Timers, dentre outros. Infelizmente o microcontrolador do kit RDK RX63N não é suportado pela ferramenta. Clique em Next para continuar.

RDK RX63N e e2studio
Figura 5 - Code Generator.

A próxima janela, mostrada pela Figura 6, é específica para selecionar algumas opções adicionais para CPU, tais como desabilitar a geração de instruções de ponto flutuante com FPU, verificar tamanho de pilha, etc. Deixe como está e clique em Next para continuar.

RDK RX63N e e2studio
Figura 6 - Opções adicionais de CPU.

Com relação às bibliotecas C a serem carregadas no projeto, a próxima janela do gestor de criação de projetos, exibida na Figura 7, permite então selecionar quais bibliotecas padrões serão carregadas. Deixe como está e clique em Finish.

RDK RX63N e e2studio
Figura 7 - Configurações de Bibliotecas.

Com o término da configuração do novo projeto a ser criado, será gerado um sumário, um resumo das configurações que foram estabelecidas. Dê uma breve olhada para observar como o e2studio irá estruturar o novo projeto, tal como mostrado na janela que aparece na Figura 8, e clique em OK.

RDK RX63N e e2studio
Figura 8 - Relatório final do Projeto configurado.

Caso essa seja a primeira vez que você esteja criando um novo projeto com o e2studio da Renesas, pode ser bem provável que a ferramenta irá lhe pedir para "confiar" no certificado REE-EDC, o que irá acontecer logo após você ter clicado em OK no sumário de projeto mostrado anteriormente. Deixe marcada a opção e clique em OK, como mostrado na Figura 9.

RDK RX63N e e2studio
Figura 9 - Certificado REE-EDC.

Após isso, o e2studio irá carregar o projeto criado na tela.

Escrevendo um código exemplo para RX63N

Beleza! Acabamos de criar nosso primeiro projeto para RDK RX63N! Seria algo como um "esquenta" RX63N, não? Pois bem, agora é a hora de colocar as mãos em código! Vamos escrever um pouco de Código C e observar resumidamente como é a estrutura para lidar com I/Os da RX63N.

No projeto gerado, o código principal assume o nome do projeto que você configurou, lá naquela primeira tela do "Project Wizard" (Figura 3 deste artigo). Ou seja, se o nosso projeto se chama BotaoLedRX, o código principal será BotaoLedRX.c, que é exibido no diretório src (fontes) do projeto criado. Observe na Figura 10.

RDK RX63N e e2studio
Figura 10 - Código "main" do projeto gerado.

Temos um trecho de código criado automaticamente pela ferramenta, que aparece em um trecho com fundo acinzentado, como pode ser percebido na Figura 10. Não é preciso alterar esse trecho de código.

Vamos agora usar por base uma seguinte aplicação: Enquanto manter pressionado um dos botões da placa, será acendido um LED. O botão escolhido para exemplo foi o Switch 1 (SW1), e o LED a ser controlado, o LED14.

Com base na estrutura de funcionamento das I/Os do RX63N, observe o código abaixo para ver como configurar o botão Switch1 como entrada de sinal, e o LED14 como saída de sinal. Copie o código no seu e2studio, de modo a corresponder à rotina principal main().

Ficou um código bem simples, não? Vamos agora carregá-lo na placa, e ver sua execução!

Build e Debug do Projeto para Execução

Antes de carregar o código na placa, é preciso fazer o seu Build, processo que irá compilar os códigos organizados no projeto em um binário, que é o programa que pode ser carregado na placa para execução.

Para fazer o Build do projeto, clique com o botão direito do mouse no diretório do projeto na aba Project Explorer, à direita, e na janela que irá aparecer, vá na opção Build Project. Veja como é na Figura 11.

RDK RX63N e e2studio: BuildProject
Figura 11 - Comando de Build do Projeto.

Ao cliar na opção Build Project, será iniciado o processo de compilação. Uma nova janela irá aparecer para mostrar o andamento do processo, como pode ser visto na Figura 12.

RDK RX63N e e2studio: BuildingProject
Figura 12 - Janela indicativa de Processo.

Observe que na parte inferior do e2studio há uma série de outras "abas", contendo opções tais como TasksConsoleProperties, dentre outras. Na aba Console é possível acompanhar com detalhes o andamento do processo de compilação. Quando tudo ocorre sem problemas, irá aparecer uma mensagem informando Build Complete (Construção Completa), assim como mostrado na Figura 13, ou seja, o binário foi gerado e o projeto compilado com sucesso. É nessa mesma aba que será informado também a ocorrência de erros, ou seja, se você esquecer algum ";", usar algum código sem biblioteca, etc.

RDK RX63N e e2studio: BuildFinished
Figura 13 - Resultado do Processo de Build.

Projeto compilado! Agora é hora de... carregar na placa! Para isso, vamos novamente clicar com o botão direito do mouse no diretório do projeto criado, na aba Project Explorer. Agora, na janela que irá abrir, iremos na opção Debug As -> 2 Renesas GDB Hardware Debugging. Veja como é na Figura 14 adiante. Após clicar nessa opção, o e2studio irá preparar as ferramentas de depuração e carregar o código na placa.

RDK RX63N e e2studio: Debug
Figura 14 - Comando de Hardware Debug do Projeto.

Assim como ocorre no processo de compilação, também é mostrada uma janela para apresentar o andamento do processo de configuração do ambiente de depuração, como mostrado na Figura 15.

RDK RX63N e e2studio: DebugStatus
Figura 15 - Janela indicativa do processo de Setup para Debug.

Caso essa seja a 1a vez que você esteja rodando o e2studio, irá aparecer uma janela lhe informando que há uma atualização do firmware do emulador J-Link utilizado no processo de depuração, assim como mostrado na Figura 16. Clique em OK para proceder com a atualização e continuar com o processo.

RDK RX63N e e2studio: FirmwareDebug
Figura 16 - Janela notificando atualização do firmware de emulador de Debug.

Como a ferramenta GDB, utilizada no processo de depuração, faz conexão com elementos de rede, bem provavelmente irá aparecer uma janela do Windows Firewall lhe pedindo para autorizar o acesso da ferramenta à rede, como mostrado na Figura 17. Clique em Allow access para o Windows liberar o acesso.

RDK RX63N e e2studio: e2serverGDB
Figura 17 - Janela para permissão de acesso Web do GDB

Ufa! Bom, paciência. São algumas muitas janelas, mas algumas só aparecem uma vez ou outra, tal como a janela informando atualização e a outra do Firewall. As demais fazem parte do processo!

Enfim. Terminado todo o processo de preparação de Debug (depuração), o e2studio irá mudar para a perspectiva de Debug, onde a estrutura visual da aplicação, assim como no Eclipse tradicional, é alterada com fins de exibir e apresentar todos os detalhes importantes para o desenvolvedor acompanhar a execução da aplicação, monitorar valores de variáveis, registradores, monitorar a execução de certos trechos de códigos, dentre outras coisas.

Assim que o e2studio carregou o seu projeto na perspectiva de debug, ele irá se encontrar em estado suspenso em breakpoint ("Suspended : Breakpoint" - veja em destaque na Figura 18). Para dar início à execução do código na placa, clique no botão de "play" esverdeado, assim como mostrado na Figura 18.

RDK RX63N e e2studio: DebugProjStartAgain
Figura 18 - Perspectiva de Debug e indicação do botão de execução de código.

No caso do presente projeto, ainda não irá começar a sua execução. Calma! Depois que você clicar no "Resume", aquele ícone de "play" esverdeado, o projeto irá mudar o status de suspenso em breakpoint para suspenso em sinal de interrupção. Basta clicar no mesmo botão de Resume, ou pressionar a tecla F8, para então iniciar a execução do código na placa! Veja como fica esse estado da depuração na Figura 19.

RDK RX63N e e2studio: DebugProjStart
Figura 19 - Perspectiva de Debug e destaque para modo de execução.

Com isso, finalmente seu projeto ficará em estado de execução, o que é destacado pela palavra Running na janela de depuração, como pode ser visto destacado na Figura 20.

RDK RX63N e e2studio: DebugProjRunning
Figura 20 - Perspectiva de Debug e destaque para Projeto em Execução.

Correspondente ao botão Switch1 (SW1) e ao LED14, na Figura 21 apresentada adiante aparece uma foto da minha montagem com o sistema em operação. Observem o LED aceso enquando mantenho a tecla SW1 pressionada.

RDK RX63N e e2studio
Figura 21 - Foto da operação.

Beleza. Gostaram de executar o código, né? E para encerrar a execução? Bom, basta clicar no botão de Terminate, que é um botão quadrado de cor vermelha, que aparece na perspectiva de Debug, assim como mostrado na Figura 22. Ao clicar nesse botão, o processo de depuração será encerrado. E um detalhe curioso que vale a pena informar, é que o seu código é carregado no RX63N para o processo de Debug. Ou seja, encerrado o processo, seu código estará armazenado no microcontrolador. Para o nosso caso, experimente pressionar o SW1, e verá que o LED14 irá acender mesmo assim!

RDK RX63N e e2studio: DebugProjTerminate
Figura 22 - Perspectiva de Debug e destaque para botão de Terminate para encerrar o Debug.

Gostaram? Se quiserem aprender mais sobre a arquitetura dos microcontroladores da família RX, acompanhem os cursos da plataforma de E-Learning da Renesas!

Leiam também os livros que apresentei no artigo da RDK RX63N aqui no Embarcados. São disponibilizados gratuitamente em formato *.pdf pela Renesas.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Hardware » Primeiros passos com Renesas RDK RX63N e e2studio
Comentários:
Notificações
Notificar
guest
2 Comentários
recentes
antigos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Eder Andrade
Eder
04/12/2015 08:39

Muito bom André!

Quem quiser achar o cara para da Renesas para fornecimento, é só procurar no Linkedin por William Severino (Multi-channel Sales - Southeast & Brazil).

Eder Andrade
Eder
Reply to  Eder
04/12/2015 08:42

Conheci pessoalmente.

Talvez você goste:

Séries

Menu

WEBINAR
 

Soluções inteligentes para acionamento de MOSFETs/IGBTs com família STDRIVE

Data: 08/10 às 15:00h - Apoio: STMicroelectronics
 
INSCREVA-SE AGORA »



 
close-link