Relatório da Pesquisa “2021 Global IoT Trends”

Relatório da Pesquisa "2021 Global IoT Trends"

Fizemos uma pesquisa com nossa base de clientes global sobre IoT entre setembro de 2020 e dezembro de 2020. Recebemos 2095 questionários preenchidos da Pesquisa “2021 Global IoT Trends”, principalmente de engenheiros de soluções de IoT, em 60 países.

Abaixo trazemos os resultados dessa pesquisa. Confira:

Participação por região

Abaixo estão os entrevistados por região, com um total de 2095 inscrições recebidas.

Gênero

Dos 2031 participantes que revelaram seu gênero, 95% eram do sexo masculino e 5% do feminino.

Qual é o aspecto mais importante a considerar ao desenvolver soluções de IoT?

A Internet das Coisas (IoT) tem sido uma tecnologia transformadora, proporcionando às empresas maior eficiência, flexibilidade e oportunidades de crescimento na última década.

No entanto, conforme os sistemas se tornam cada vez mais complexos, suas vulnerabilidades aumentam. Este ano, 29% dos entrevistados citaram a segurança de IoT como uma prioridade muito alta. Embora essa métrica tenha caído de 52% em 2018, deixar os sistemas IoT seguros continua a ser a principal preocupação para as organizações, bem como para os fornecedores que precisam responder a essa demanda crescente por soluções de IoT ultra-seguras.

O segundo e o terceiro aspectos mais importantes entre os participantes da pesquisa foram a confiabilidade da comunicação e o ecossistema de IoT.

Qual é sua principal preocupação em relação à implementação de IoT?

Conforme os sistemas se tornam cada vez mais complexos, suas vulnerabilidades aumentam e a segurança continua a ser a maior preocupação na implementação de IoT. As preocupações estão relacionadas à confiança, segurança e privacidade.

36% dos entrevistados em 2020 disseram que enfrentaram desafios relacionados à segurança ao adotar a tecnologia conectada para IoT. Esse parâmetro foi 40% em 2018 e, embora tenha uma queda de 4 pontos percentuais, continua a ser uma dificuldade para a implementação para muitos desenvolvedores.

Qual será a melhor indústria de IoT em 5 anos?

O mercado de hardware para IoT tem crescido exponencialmente, especialmente em setores como gateways industriais, sensores e atuadores inteligentes e controladores lógicos programáveis. Mas quais setores estão liderando o caminho para a adoção da IoT? A pesquisa revelou as três indústrias líderes na implementação de IoT como Automação e Controle Industrial (25%), Automação Doméstica (18%) e Inteligência Artificial (12%).

Em Domótica e Automação e Controle Industrial, a comunicação máquina a máquina (M2M) e o monitoramento remoto são projetados para serem as implementações de crescimento mais rápido. Os exemplos incluem monitoramento remoto de equipamentos, otimização de processos e instalações industriais e conexão de eletrônicos de consumo e dispositivos inteligentes.

Qual é a razão para o crescimento lento da Indústria 4.0, apesar do avanço nas tecnologias IIOT?

A Indústria 4.0 ainda está em estágio de desenvolvimento, e o crescimento lento da Indústria 4.0 e IIoT na indústria de manufatura é atribuído a vários fatores , incluindo dependência de sistemas legados, processos de integração complexos, escassez de habilidades e falta de uma abordagem orientada para os negócios.

De acordo com os resultados da última pesquisa, os dois maiores motivos para o crescimento lento são as preocupações com a segurança dos dados (32%) e a falta de estratégia de negócios (30%); dificultando a adoção e integração de soluções de manufatura inteligentes. O processo de fabricação moderno está mais interconectado do que nunca, com mais máquinas, equipamentos e funcionários tendo suporte de sensores conectados à Internet que transmitem dados por toda a fábrica. Os problemas surgem quando as organizações não entendem as informações que estão sendo compartilhadas em suas próprias redes ou como usá-las para informar e melhorar sua estratégia de negócios.

O terceiro maior motivo (29%) para o lento crescimento da Indústria 4.0 é a dificuldade e as limitações da tecnologia de retroajuste em sistemas legados complexos existentes.

Você usa terceiros para seu projeto de seus sistemas IoT?

Os resultados da pesquisa sugerem que 50% dos participantes não usam nenhum projeto de sistema IoT de terceiros e preferem usar um projeto interno para qualquer trabalho de desenvolvimento de sistema IoT. Isso permite que eles controlem melhor o cronograma e a velocidade de comercialização, o custo e a qualidade de qualquer desenvolvimento de aplicação IoT. Metade dos participantes, no entanto, usa um fornecedor terceirizado para o projeto do sistema IoT, seja exclusivamente para todas as partes do projeto ou em combinação com o projeto interno.

Qual linguagem de programação você usa para o desenvolvimento de IoT?

Diferentes linguagens de programação são frequentemente necessárias para implementar um sistema IoT funcional. Sem nenhuma surpresa, os entrevistados confirmaram que C / C ++ permanece no topo com 65% das respostas ao questionário, seguido por Python (45%) e Javascript com 22%.

C / C ++ oferece recursos avançados para interface de entradas e saídas, gerenciamento de código, estruturas de dados e armazenamento de arquivos. Python oferece excelente suporte para IoT com suas bibliotecas poderosas e capacidade de suportar plataformas baseadas em microcontroladores.

Qual é o seu tipo de comunicação preferido entre os dispositivos na borda e o gateway/nuvem?

Os dispositivos IoT na borda (sensores) se comunicam por meio de canais com e sem fio padrão, enquanto a comunicação IoT sem fio usa transmissões de rádio de curto alcance de transmissores para receptores sem usar uma conexão com fio. A comunicação inclui o recebimento de medições do sensor, controle remoto por um operador humano remoto ou controle de um dispositivo remoto. Os dispositivos conectados com fio e sem fio têm um lugar na Internet das Coisas.

Portanto, que tipo de conectividade você deve escolher para sua solução de IoT e por quê? Os resultados sugerem que a comunicação sem fio domina em 77%, enquanto a comunicação com fio foi a abordagem preferida para 23% dos entrevistados. Na IoT, as informações que fluem sem fio entre dispositivos de borda, gateways e plataformas de nuvem requerem diferentes tipos de soluções para atender a diferentes requisitos. Os aplicativos sem fio usam um ou mais dos seguintes protocolos sem fio de curto a longo alcance; WiFi, Bluetooth BLE de baixa energia, celular (4G / LTE / 5G) LoRa, SigFox e protocolos proprietários para fornecer soluções para problemas, economizando tempo e dinheiro.

Entre as opções de conectividade sem fio, WiFi é o protocolo sem fio preferido (66%) devido à sua conectividade de longo alcance, segurança e maior taxa de transferência. Graças aos mais recentes MCUs de baixo consumo de energia com conectividade WiFi, integrados no chip e módulos WiFi fáceis de integrar que permitem a ativação de IoT sem complicações.

Não é nenhuma surpresa que Celular (40%) e Bluetooth (BLE) (39%) são os protocolos sem fio mais escolhidos. A popularidade do Bluetooth saltou 12 pontos percentuais nos últimos três anos, de 27% em 2018 para 39% em 2020; suportado por novos perfis de baixo consumo e a rápida adoção do Bluetooth 5.0. A popularidade do celular também cresceu, embora em um ritmo mais lento, aumentando em nove por cento nos últimos três anos, de 31% em 2018 (38% em 2019) para 40% em 2020. Não vamos esquecer o novo hype, 5G, que aprimora a conectividade e torna todos os conceitos possíveis, expandindo os limites em termos de capacidade e trazendo-os à vida. O 5G tem o potencial de aumentar a largura de banda do celular em grandes quantidades, tornando ainda mais fácil para a Internet das Coisas conectar um grande número de dispositivos em rede – e este será um caso a ser observado em 2021.

23% dos participantes ainda preferem conectividade IoT com fio. Desse número, 83% utilizam conectividade Ethernet com fio combinando a potência do PoE 802.3af, confiabilidade e segurança da conexão. PoE oferece uma solução ideal para dispositivos de streaming de alta velocidade, câmeras IP ou telefones VoIP com suporte para Ethernet 10/100 Mb / s. Ethernet também supera muitos dos ‘contras’ da conectividade sem fio, como “chega de pontos mortos WiFi”, “chega de redes WiFi conflitantes”, streaming mais rápido e melhor confiabilidade.

Fornecedor de plataforma de desenvolvimento para projetos de IoT:

Dependendo do projeto, as soluções de hardware IoT precisam de uma certa quantidade de poder computacional. O poder de processamento e funcionalidade são determinados pelo MCU / MPU. A próxima pergunta diante do desenvolvedor é “Qual microprocessador (MPU) ou microcontrolador (MCU) / placa de desenvolvimento é certo para meu projeto?” 39% dos participantes votaram em plataformas de desenvolvimento de STMicroelectronics e MCUs (36%), seguidos por 21% a favor de placas de desenvolvimento de Microchip e 28% em MCUs de Microchip.

Fornecedor preferido de MCU / MPU para projeto pessoal:

Que tipo de tecnologia de sensor você usa em seu projeto IoT?

A tecnologia de sensor está no centro de cada dispositivo conectado. Desde localizar e identificar pessoas até monitorar e proteger a infraestrutura crítica, os sensores são os olhos e os ouvidos de uma solução de IoT, capturando informações críticas do mundo físico e convertendo-as em sinais que podem ser medidos eletronicamente. Eles coletam informações e as transmitem sem fio para um gateway, que é conectado a um serviço de nuvem para processamento posterior.

Gerenciar e implantar sensores de maneira eficaz é uma parte importante do processo do projeto IoT. Por exemplo, se você está procurando um sensor de temperatura, considere a resistência térmica, bem como a densidade. Quanto mais o sensor for capaz de fazer, melhor será para o projeto. O que é um ótimo sensor para sua aplicação? Depende de muitos fatores, incluindo uso, precisão e duração da bateria.

Mas, com tantos tipos de sensores disponíveis, vamos ver quais são os mais comuns em aplicações IoT. Ao analisar os resultados da pesquisa, os sensores ambientais continuam sendo o tipo mais comum utilizado em uma solução de IoT (40% em 2020, 45% em 2019) – usado para medir temperatura, umidade, pressão, gás e muito mais. Sensores de movimento são o segundo tipo de sensor mais comumente usado em IoT (21%).

Contato da Newark no Brasil

Para maiores informações e adquirir componentes contate a LATeRe , representante da Newark, pelo Telefone (11) 4066-9400 ou e-mail: [email protected] 

* Texto originalmente publicado em: link.

(*) este post foi patrocinado pela Newark e LATeRe e adaptado pela Equipe Embarcados

A LATeRe tem por objetivo dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela Farnell Newark no País, oferecendo aos seus clientes não somente a venda FOB mas tambem a local.

Fundada por Caroline Jabur, ex Diretora da Farnell Newark do Brasil, engenheira eletrônica com pós graduação em administração de empresas e em comércio exterior , traz como background  mais de 30 anos de experiência internacional na área de componentes e no mercado de eletrônica e industrial Brasileiros.

Sem licença Creative Commons

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Home » Internet Das Coisas » Relatório da Pesquisa “2021 Global IoT Trends”
Comentários:
Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:

Séries

Menu