Governo cria o PPB para IoT, um incentivo para fabricação de dispositivos no Brasil

PPB para IoT

O Brasil vem se preparando para ganhar espaço no cenário IoT mundial, como recentemente foram lançadas as linhas de financiamento do BNDES e Finep. Agora foi publicado, no dia 29/06/2018 pelo Governo, o 1º Processo Produtivo Básico para dispositivos voltados para IoT (Internet das Coisas), seguindo o Plano Nacional de Internet das Coisas.

 

Esse processo visa incentivar e tornar mais fácil a fabricação local de dispositivos para a área de IoT, o que antes neste segmento para a fabricação tinham que seguir a regra de PPB (Processo Produtivo Básico), que diz sobre equipamentos como celulares.

 

O PPB para IoT envolve exigências mínimas de produção nacional em contrapartida a incentivos fiscais previstos na Lei de Informática. O mesmo tem previsão de crescimento no Brasil de 40% em 2021, 60% em 2022, e 80% de 2023 em diante. Para ser considerado um módulo de IoT, o dispositivo deve conter componente semicondutor dedicado de alta integração e desempenho.

 

A Portaria define várias etapas, entre elas:

  • montagem e soldagem de componentes na placa de circuito impresso;
  • moldagem;
  • sulcos a laser e sputtering;
  • singularização de encapsulamentos;
  • gravação e teste de software;
  • montagem e soldagem na placa principal;
  • integração das placas.

 

 

Saiba mais

 

Finep lança programa de R$1,5 bilhão para IoT

Ministério e BNDES anunciam R$20 milhões para projetos de IoT

FAPESP anuncia chamada para o eScience

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Renata De Camillo
Estagiária no Embarcados e estudante de engenharia elétrica da USP de São Carlos. Vencedora das competições Telit Cup Brasil (2015) e Embarcados Contest: conectando à Internet das Coisas com a NXP (2016). Finalista do Startup Weekend IoT (2016) e do DesafIoT (2017). Organizadora da SIEEL (Semana de Engenharia de de São Carlos) e fundadora do Grupo IoT Sanca. Apaixonada por tecnologia, principalmente por projetos na área IoT.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar