Polarização Reversa de Diodos

polarização reversa de diodos
Este post faz parte da série Diodos. Leia também os outros posts da série:

Compreender o funcionamento dos diodos retificadores nas polarizações reversa e direta realmente é imprescindível para o sucesso e evolução de todo um conhecimento na área de eletrônica analógica. O diodo retificador, que é composto por silício ou germânio, e que foi inventado de forma desbravadora em meados dos anos 1900, atua até hoje de forma ímpar e essencial na maioria dos circuitos e placas eletrônicas que estão inseridas nos milhões de equipamentos espalhados pelo mundo.

 

O artigo anterior tratou sobre a polarização direta dos diodos retificadores. Agora neste artigo iremos abordar mais sobre a polarização reversa, que salva diversos projetos e circuitos quando o seu utilizador o alimenta com tensão elétrica de polaridade invertida a que deveria ser alimentado, isso devido a cansaço ou realmente por descuidos fatais do nosso cotidiano.

 

Os diodos, como a maioria das pessoas sabe, possuem dois terminais: o anodo e o catodo. O primeiro é um cristal semicondutor positivo, ou seja, cheio de lacunas e falta de elétrons livres. Já o outro é um cristal semicondutor que com suas dopagens fica com excesso de elétrons livres, se tornando então negativo. Na maioria das vezes os diodos são utilizados em circuitos retificadores de meia onda, onda completa com transformador que possui derivação central no secundário e também em ponte. E claro, todos esses citados acima têm a função de converter a corrente alternada em corrente contínua, a qual será filtrada pelos capacitores e regulada pelos reguladores lineares ou chaveados, que fornecerão na saída do circuito eletrônico um valor estabilizado e regulado de tensão elétrica a ser utilizado por algum equipamento ou sistema eletrônico.

 

Quando colocamos a polaridade positiva no anodo e negativa no catodo, assunto do artigo anterior, e fornecendo uma tensão elétrica que ultrapasse a barreira de potencial dos diodos, sendo esta de 0,3 V para diodos de germânio e 0,7 V para diodos de silício, o diodo começará a conduzir a corrente elétrica que o circuito eletrônico consumidor irá solicitar da fonte geradora, logo ele irá funcionar como uma chave fechada, colocando em prática a polarização direta.

 

Todavia, quando você alimenta e insere uma polaridade inversa em seus terminais colocando positivo no catodo e negativo no anodo, ele irá se comportar como um isolante elétrico, atingindo resistências de milhões de Ohms, e atuando como chave aberta no circuito onde está inserido. Mas pode ter certeza que temos muito mais a saber sobre o seu funcionamento neste tipo de polarização.

 

Na polarização reversa ao atuar como isolante elétrico e como se fosse uma chave aberta no circuito, a corrente elétrica na malha em que o diodo está inserido será próxima a 0 A, ou seja, qualquer carga ou equipamento que estiver em série com o diodo retificador irá parar de funcionar devido a estas características citadas anteriormente.

 

Mas é claro, como nem tudo é perfeito, mesmo quando o diodo retificador bloqueia a passagem dos elétrons circula pelo circuito eletrônico uma corrente elétrica bem baixa, com valor praticamente desprezível, chamada de corrente de fuga, e segundo o datasheet, tem valor de microampères, sendo quase que insignificante na maioria dos casos.

 

Portanto, se o usuário inverteu a polaridade da alimentação de uma placa eletrônica que possuía um diodo em série com a alimentação, esta PCB/PCI será protegida pela polarização reversa deste componente tão velhinho e tão importante e essencial ao mesmo tempo, e que sem dúvida, continuará sendo protagonista por muito tempo em nosso mundo da eletroeletrônica.

 

Após sabermos algumas das aplicações dos diodos, algumas dúvidas ficam no ar como, por exemplo:

  • Qual diodo retificador utilizar em cada situação na polarização reversa?
  • Como ler o datasheet do diodo e retirar dele as informações principais sobre a polarização reversa como VR e IR?
  • Quais são as diferenças principais na polarização reversa dos diodos retificadores da família 1n4001, 1n4004 e 1n4007?
  • Com o aumento e a diminuição da tensão reversa qual a queda de tensão entre os seus terminais do diodo retificador?
  • Como simular circuitos eletrônicos de polarização reversa de diodos retificadores no software Proteus?

 

Quer saber mais sobre o funcionamento do diodos retificadores na polarização reversa? Analisando o seu funcionamento com base no datasheet e sua aplicabilidade na eletrônica analógica, e além disso aprender a simular estes circuitos eletrônicos usando o software Proteus? Não perca a vídeo aula abaixo feita pelo Canal Eletrônica Fácil através do Professor Rodolpho Chrispim de Oliveira.

 

 

Aproveite e se inscreva no canal Eletrônica Fácil e fique por dentro de todos os assuntos do mundo da eletroeletrônica. Link para conhecer o canal Eletrônica Fácil e inscrever-se gratuitamente.

 

Venha fazer parte desta família que em breve terá mais de 100.000 pessoas que lutam pela melhoria da educação do Brasil e do mundo, não fique fora dessa pois juntos somos mais fortes!

 

Um forte abraço e tudo de bom.

Outros artigos da série

<< Polarização direta de Diodos
Este post faz da série Diodos. Leia também os outros posts da série:

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Rodolpho Chrispim de Oliveira
Tecnólogo em Automação Industrial com experiência no desenvolvimento de placas eletrônicas e projetos eletrônicos com microcontroladores para diversas soluções. Atua no ensino técnico de eletroeletrônica e programação e é criador do canal do Youtube Eletrônica Fácil, onde atualmente possui 70.000 Inscritos e mais de 300 vídeo aulas sobre as diversas áreas do mundo da eletroeletrônica. Interessado em inovar na área de aprendizado técnico através de vídeo aulas com didática simples e com foco no aprendizado de todas as pessoas interessadas em evoluir profissionalmente. Sua meta é empreender e inovar com foco na evolução técnica do mundo da eletroeletrônica e automação.Canal no Youtube: www.youtube.com/eletronicafacil Site Oficial: www.eletronicafacil.net Linkedin: https://www.linkedin.com/in/rodolpho-chrispim-de-oliveira-7ab2b231/

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar