Novo microcontrolador Atmel ATmega328PB

Conheça o novo ATmega328PB lançado recentemente pela Atmel que será o sucessor do famoso ATmega328P usado na placa Arduino UNO.
ATmega328PB

A Atmel que foi comprada pela Microchip lançou recentemente uma nova versão do popular Atmega328P usado na placa Arduino UNO. O novo microcontrolador foi chamado de Atmega328PB e apresenta diversas melhorias em relação ao seu antecessor.

A sua documentação já está disponível no site da Atmel e inclusive uma placa Xplained Mini para sua avaliação. Vejamos a seguir os novos recursos presentes nesse novo microcontrolador da Atmel.

Recursos do Atmega328PB

O ATmega328PB possui o mesmo núcleo do ATmega328P, com a arquitetura AVR de 8 bits, memória flash de 32KB, memória SRAM de 2KB, memória EEPROM de 1KB e frequência máxima de operação de 20 MHZ. O upgrade para a nova versão teve impacto nos periféricos do microcontrolador, ou seja, foram adicionados mais recursos. Para comparação, a figura 1 exibe o diagrama de blocos do ATmega328PB e a figura 2 exibe o diagrama de blocos do “bom e velho” ATmega328P:

ATmega328PB-blocos-atmega328pb
Figura 1 – Digrama de blocos do ATmega328PB
ATmega328PB-blocos-atmega328p
Figura 2 – Diagrama de blocos do ATmega328P

Observando os diagramas de blocos apresentados, podemos notar os novos periféricos adicionados, que são:

  • Mais 2 Timers/Counters de 16 bits com prescalers separados e modo de comparação. Eles também podem ser utilizados com os PWMs;
  • Os periféricos de comunicação receberam mais uma canal cada. Agora são: 2 canais de USART, 2 canais de I2C(TWI) e 2 canais SPI. Esses novos periféricos ajudarão em muitos projetos onde eram limitados os canais de comunicação por hardware, sendo necessário, em muitos casos, criar a solução por software. Verifique, no entanto que vários periféricos compartilham dos mesmos pinos, como por exemplo USART e SPI.
  • Foram acrescentados mais canais PWM, agora são 10 canais ao invés dos 6 presentes no Atmega328P. O Bloco de PWM especialmente foi bem trabalhado e possui três contadores exclusivos de 16 bits e também permite que se desenvolva PWMs com resolução real de 16 bits;
  • Foi adicionado periférico de hardware para sensor capacitivo. Esse microcontrolador foi o primeiro dispositivo AVR de 8 bits a ter integrado o periférico  de controle de Touch o QTouch. Dessa forma ficará mais fácil para desenvolver aplicações de botões capacitivos, sem a adição de hardware externo, e isso é espetacular. Se conectados direto aos pads, é poss+ivel fazer teclados com 24 teclas utilizando esse microcontrolador.

Esses foram os pontos de maior impacto nessa nova versão, porém é interessante notar que o ATmega328PB não possui um encapsulamento PDIP, estão disponível os encapsulamento TQFP e QFN ambos com 32 pinos.

A figura 3 exibe um resumo de todas as características do ATmega328PB

ATmega328PB-recursos
Figura 3 – características do ATmega328PB

Para mais informações acesse a pagina da microcontrolador na Atmel.

Sem dúvida esse novo microcontrolador de 8 bits da Atmel irá melhorar as aplicações que necessitem de mais recursos de hardware que antes estavam limitados no ATmega328P, como timers, periféricos de comunicação e funcionalidades de PWM. A migração de um projeto que utilize o ATmega328P para essa nova versão será tranquila, devido a compatibilidade de núcleo.

Para o makers de plantão, agora é só esperar uma nova versão de placas Arduino testes.

Mas se você usa para projetos profissionais ou quer testar essa nova versão, já é possível adquirir uma Xplained Mini ou chips para testes em seus projetos.

O que você achou desse novo microcontrolador? Deixe seu comentário.

Com a compra da Atmel pela Microchip, a ultima fixará seu posto de líder para microcontroladores de 8 bits?

Deixe seu comentário e bons projetos!

Engenheiro, especialista em sistemas embarcados. Hoje é diretor de operações do portal Embarcados, onde trabalha para levar conteúdos de eletrônica, sistemas embarcados e IoT para o Brasil.

Também atua no ensino eletrônica e programação. É entusiasta do movimento maker, da cultura DIY e do compartilhamento de conhecimento, publica diversos artigos sobre eletrônica e projetos open hardware.

Com iniciativas como o projeto Franzininho e projetos na área de educação, leva a cultura maker para o Brasil capacitando e incentivando professores e alunos a usarem tecnologia em suas vidas. Participou da residência hacker 2018 no Red Bull Basement.

Notificações
Notificar
guest
4 Comentários
recentes
antigos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Ismael Carlos Ruperto Junior
Ismael Carlos Ruperto Junior
17/10/2021 05:41

Comprei um lote de Arduino Nano e não consigo gravar sketch neles. O avrdude indentifica com assinatura final 16, sendo assim, creio que se trata do ATmega328PB. Tenho que mudar alguma coisa na IDE para conseguir carregar o sketch nessa versão?

Francisco Fambrini
Francisco
27/01/2016 10:57

Oi Fabio, eu acho que as alterações foram tantas que merecia ser um novo modelo de Microcontrolador. Acho que a ATMEL erra ao manter o mesmo numero (ATMEGA328Px) somente acrescentando uma letra a mais no final do código. Deveria ter um novo PN, por exemplo ATMEGA3282 por exemplo.

Fabio_Souza_Embarcados
Fabio_Souza_Embarcados
Reply to  Francisco
27/01/2016 11:13

Olá Francisco, realmente foram alterações significativas. Porém como não mexeram no núcleo, acredito que quiseram manter a mesma linha do antecessor. Porém concordo em um PN novo. Obrigado pelo comentário

José Dias Neto
José Dias Neto
15/09/2016 02:29

o própria ATMEL informa, no documento de comparação dos chips, que este não é um sucessor, e sim um novo dispositivo. Também achei meio desnecessário o nome dado. Provavelmente quiseram pegar carona no sucesso do ATmega328P.

WEBINAR

Imagens de Ultrassom: Princípios e Aplicações

DATA: 26/10 ÀS 19:30 H