Nenhum comentário

Controlando os modos de conexões da Particle Electron

A Particle Electron integra em seu microcontrolador uma trhead responsável pela busca de conexões 2G ou 3G, que pode ser desabilitada. Caso essa trhead permaneça habilitada de forma automática, enquanto o dispositivo não encontrar uma torre de celular, o microcontrolador não executará nenhuma tarefa, o que para determinados projetos poderá ser um fator problemático.

 

Vale ressaltar que o maior consumo de bateria é no instante em que a Electron está buscando conexão/conectada (Figura 1). Em meio a isto, será abordado neste artigo os modos de conexões da Particle Electron para que haja um controle de quando o dispositivo deverá conectar-se com a nuvem.

 

Electron conectada com a torre de celular.

Figura 1 -  Electron conectada com a torre de celular.

 

Todos os modos que serão apresentados devem ser chamados antes da função setup(). Por padrão, a Electron sempre estará em modo automático.

 

 

Modo Automático

 

O modo automático busca a conexão do dispositivo com a torre de celular assim que o firmware é iniciado.

 

Para a utilização deste modo, basta adicionar a função SYSTEM_MODE(AUTOMATIC), conforme ilustra a figura 2, deixando de forma explicita no código, ou não escrever nada, pois está função já está incorporada na Electron como foi citado.

 

Neste modo, o usuário pode chamar a função Particle.disconnect () para desconectar a Electron da nuvem.

 

Firmware em Modo Automático

Figura 2- Firmware em Modo Automático

 

 

Modo Semi-Automático

 

O modo semi-automático desabilita a tentativa automática de conexão com a nuvem, mas caso haja alguma intervenção do programador, as mensagens serão processadas na dashboard de forma automática.

 

Para a utilização deste modo, basta adicionar a função SYSTEM_MODE(SEMI_AUTOMATIC).

 

Uma diferença deste modo para o automático, é de que quando a Electron é inicializada, as funções setup() e loop() começam imediatamente.

 

Para que o dispositivo não permaneça bloqueado, é recomendável que utilize-se o comando:

 

Exemplo:

 

 

Modo Manual

 

Neste sistema o programador tem total controle dos instantes em que deseja conectar sua Electron com a torre de celular. Isso permite que o dispositivo opere diversas aplicações de firmware, em modo offline ou em outras circunstâncias.

 

Com a utilização deste modo, as funções setup() e loop() são executadas, sem que haja nenhum tipo de bloqueio. Caso o utilizador deseje conectar sua Electron com a nuvem, é necessária a implementação da função Particle.connect(), que tentará buscar conexão. É importante salientar que há uma função chamada Particle.connected(), que entrega um valor booleano, isto é, verdadeiro ou falso.

 

Uma vez que a electron consiga conectar-se via 3G, deverás chamar a função Particle.process() frequentemente, para garantir que o dispositivo tenha  uma maior sensibilidade no tratamento das mensagens que serão enviadas para a dashboard.

 

Para a utilização deste modo, bastará adicionar a função SYSTEM_MODE(MANUAL).

 

A figura 3 a seguir, ilustra a aplicação do modo de sistema manual aplicada no firmware. Neste exemplo, se um botão pré definido for apertado, a Electron tentará do do dispositivo aparecerá na dashboard por meio da função Particle.process();

 

Processamento de conexões da Particle Electron

 

 

Sua Electron apresenta problemas de conectividade?

 

Por diversos motivos que serão listados posteriormente, a Electron não consegue conectar-se a uma torre de celular. A falta de conexão fica evidente quando o LED RGB da placa começa a piscar de forma lenta na cor azul, indicando que não há conexão com nenhuma torre ou quando o LED está piscando mais rápido na cor verde, indicando que os dados da APN estão corretos, porém a conexão ainda não está estabilizada.

 

Obs: Caso você esteja utilizando o SYSTEM_MODE (MANUAL) e não queira ficar preso em uma rotina de busca por conexão, basta inserir o comando SYSTEM_THREAD (ENABLED) que o controle estará em suas mãos novamente.

 

A seguir serão listados os principais problemas de conectividade que envolvem hardware:

  • Electron não compatível com rede de celular local;
  • Antena desligada ou danificada;
  • Bateria desligada ou danificada;
  • Cartão SIM desativado;
  • Falta de cobertura 2G/3G;
  • Limite de dados atingidos.

 

 

Referências

 

https://docs.particle.io/guide/getting-started/modes/electron/

https://docs.particle.io/reference/firmware/electron/

Figura 1: Adaptado de https://docs.particle.io/guide/getting-started/modes/electron/

Figura 2: Adaptado de: https://docs.particle.io/reference/firmware/electron/#system-modes

Figura 3: Adaptado de: https://docs.particle.io/reference/firmware/electron/#system-modes

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Internet Das Coisas » Controlando os modos de conexões da Particle Electron
Talvez você goste:
Comentários:

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar

Séries

Menu

WEBINAR
 
Linux Embarcado: Desvendando o Pin Control Subsystem - Kernel Linux

Data: 26/02 às 19:30 h | Apoio: Mouser Electronics
 
INSCREVA-SE AGORA »



 
close-link