Controlando os modos de conexões da Particle Electron

Modos de conexões da Particle Electron destaque

A Particle Electron integra em seu microcontrolador uma trhead responsável pela busca de conexões 2G ou 3G, que pode ser desabilitada. Caso essa trhead permaneça habilitada de forma automática, enquanto o dispositivo não encontrar uma torre de celular, o microcontrolador não executará nenhuma tarefa, o que para determinados projetos poderá ser um fator problemático.

Vale ressaltar que o maior consumo de bateria é no instante em que a Electron está buscando conexão/conectada (Figura 1). Em meio a isto, será abordado neste artigo os modos de conexões da Particle Electron para que haja um controle de quando o dispositivo deverá conectar-se com a nuvem.

Electron conectada com a torre de celular.
Figura 1 –  Electron conectada com a torre de celular.

Todos os modos que serão apresentados devem ser chamados antes da função setup(). Por padrão, a Electron sempre estará em modo automático.

Modo Automático

O modo automático busca a conexão do dispositivo com a torre de celular assim que o firmware é iniciado.

Para a utilização deste modo, basta adicionar a função SYSTEM_MODE(AUTOMATIC), conforme ilustra a figura 2, deixando de forma explicita no código, ou não escrever nada, pois está função já está incorporada na Electron como foi citado.

Neste modo, o usuário pode chamar a função Particle.disconnect () para desconectar a Electron da nuvem.

Firmware em Modo Automático
Figura 2- Firmware em Modo Automático

Modo Semi-Automático

O modo semi-automático desabilita a tentativa automática de conexão com a nuvem, mas caso haja alguma intervenção do programador, as mensagens serão processadas na dashboard de forma automática.

Para a utilização deste modo, basta adicionar a função SYSTEM_MODE(SEMI_AUTOMATIC).

Uma diferença deste modo para o automático, é de que quando a Electron é inicializada, as funções setup() e loop() começam imediatamente.

Para que o dispositivo não permaneça bloqueado, é recomendável que utilize-se o comando:

Exemplo:

Modo Manual

Neste sistema o programador tem total controle dos instantes em que deseja conectar sua Electron com a torre de celular. Isso permite que o dispositivo opere diversas aplicações de firmware, em modo offline ou em outras circunstâncias.

Com a utilização deste modo, as funções setup() e loop() são executadas, sem que haja nenhum tipo de bloqueio. Caso o utilizador deseje conectar sua Electron com a nuvem, é necessária a implementação da função Particle.connect(), que tentará buscar conexão. É importante salientar que há uma função chamada Particle.connected(), que entrega um valor booleano, isto é, verdadeiro ou falso.

Uma vez que a electron consiga conectar-se via 3G, deverás chamar a função Particle.process() frequentemente, para garantir que o dispositivo tenha  uma maior sensibilidade no tratamento das mensagens que serão enviadas para a dashboard.

Para a utilização deste modo, bastará adicionar a função SYSTEM_MODE(MANUAL).

A figura 3 a seguir, ilustra a aplicação do modo de sistema manual aplicada no firmware. Neste exemplo, se um botão pré definido for apertado, a Electron tentará do do dispositivo aparecerá na dashboard por meio da função Particle.process();

Processamento de conexões da Particle Electron

Sua Electron apresenta problemas de conectividade?

Por diversos motivos que serão listados posteriormente, a Electron não consegue conectar-se a uma torre de celular. A falta de conexão fica evidente quando o LED RGB da placa começa a piscar de forma lenta na cor azul, indicando que não há conexão com nenhuma torre ou quando o LED está piscando mais rápido na cor verde, indicando que os dados da APN estão corretos, porém a conexão ainda não está estabilizada.

Obs: Caso você esteja utilizando o SYSTEM_MODE (MANUAL) e não queira ficar preso em uma rotina de busca por conexão, basta inserir o comando SYSTEM_THREAD (ENABLED) que o controle estará em suas mãos novamente.

A seguir serão listados os principais problemas de conectividade que envolvem hardware:

  • Electron não compatível com rede de celular local;
  • Antena desligada ou danificada;
  • Bateria desligada ou danificada;
  • Cartão SIM desativado;
  • Falta de cobertura 2G/3G;
  • Limite de dados atingidos.

Referências

https://docs.particle.io/guide/getting-started/modes/electron/
https://docs.particle.io/reference/firmware/electron/

Figura 1: Adaptado de https://docs.particle.io/guide/getting-started/modes/electron/

Figura 2: Adaptado de: https://docs.particle.io/reference/firmware/electron/#system-modes

Figura 3: Adaptado de: https://docs.particle.io/reference/firmware/electron/#system-modes

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

[wpseo_breadcrumb]
Comentários:
Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:

Séries

Menu
Privacy Settings saved!
Configurações de Privacidade

Entenda quais dados e informações usamos para ter melhor entrega de conteúdo personalizado para você.

These cookies are necessary for the website to function and cannot be switched off in our systems.

Para usar este site, usamos os seguintes cookies tecnicamente exigidos

  • wordpress_test_cookie
  • wordpress_logged_in_
  • wordpress_sec

Decline all Services
Accept all Services