Nenhum comentário

Microsoft Azure Sphere é anunciado como disponibilidade geral

microsoft azure sphere

Há dois anos, a Microsoft anunciou o Azure Sphere, uma plataforma de software e hardware que prometia disponibilizar sistemas e dispositivos mais seguros para que desenvolvesse com Microsoft para o mundo IoT (Internet das Coisas), com segurança em hardware, updates, firmware, software e na plataforma IoT. Na semana passada, a grande multinacional de Seattle anunciou que o Azure Sphere seria lançado com disponibilidade geral, para que os clientes selecionados pudessem se inscrever e poder utilizar toda a plataforma Microsoft Azure Sphere.

Em Abril de 2019, a Microsoft havia anunciado a compra da empresa Express Logic, baseada em San Diego, Califórnia, que desenvolve e vende um RTOS (Real-Time Operating System) criado em 1996. O RTOS ThreadX, criado pela Express Logic, era na época um dos RTOS para microcontroladores mais tradicionais do mercado, ocupava 2 KB de FLASH e rodava principalmente em sistemas embarcados com microcontroladores de 32 bits ou 64 bits. Mais de 6,2 bilhões de dispositivos já haviam sido fabricados com o ThreadX em 2019 à época. Veja mais detalhes na matéria que publicamos no Embarcados no link. A Microsoft também publicou um documento muito interessante na semana passada sobre o seu RTOS e quais as vantagens de utilizar um RTOS para o seu projeto, confira no link nas referências desse texto.

Em Janeiro de 2019, a Microsoft anunciou a disponibilidade do kit de hardware Microsoft Azure Sphere MT3620 para quem quisesse começar a desenvolver seu sistema usando a plataforma Sphere. Confira detalhes no meu texto publicado no Embarcados. No mesmo mês da aquisição da Express Logic, a Microsoft também anunciou a placa de desenvolvimento para IoT Starter Kit Azure Sphere MT3620. Veja mais detalhes no texto de Renata de Camillo no Embarcados.  

A partir do anúncio feito pela Microsoft, os clientes qualificados poderão se inscrever nos próximos dias para utilizar a plataforma. Para utilizar o Azure Sphere há um custo único para um chip (em torno de USD 8,65, mas é importante verificar esse preço para desenvolvimento no Brasil) que inclui acesso a todos os componentes do Sphere, além de atualizações do sistema operacional durante toda a vida útil do chip. Como alternativa, os desenvolvedores podem licenciar o Visual Studio e os serviços de Azure IoT da Microsoft para desenvolver aplicações para o Sphere.


Referências - Microsoft Azure Sphere

RTOS - O que é e porque você deveria usar um - link

Página do Microsoft Azure Sphere - link

Venture Beat - link

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Notícias » Microsoft Azure Sphere é anunciado como disponibilidade geral
Talvez você goste:

Nenhum resultado encontrado.

Comentários:

Deixe um comentário

avatar
  Notificações  
Notificar

Séries

Menu