Microsoft Azure Sphere é anunciado como disponibilidade geral

microsoft azure sphere

Há dois anos, a Microsoft anunciou o Azure Sphere, uma plataforma de software e hardware que prometia disponibilizar sistemas e dispositivos mais seguros para que desenvolvesse com Microsoft para o mundo IoT (Internet das Coisas), com segurança em hardware, updates, firmware, software e na plataforma IoT. Na semana passada, a grande multinacional de Seattle anunciou que o Azure Sphere seria lançado com disponibilidade geral, para que os clientes selecionados pudessem se inscrever e poder utilizar toda a plataforma Microsoft Azure Sphere.

Em Abril de 2019, a Microsoft havia anunciado a compra da empresa Express Logic, baseada em San Diego, Califórnia, que desenvolve e vende um RTOS (Real-Time Operating System) criado em 1996. O RTOS ThreadX, criado pela Express Logic, era na época um dos RTOS para microcontroladores mais tradicionais do mercado, ocupava 2 KB de FLASH e rodava principalmente em sistemas embarcados com microcontroladores de 32 bits ou 64 bits. Mais de 6,2 bilhões de dispositivos já haviam sido fabricados com o ThreadX em 2019 à época. Veja mais detalhes na matéria que publicamos no Embarcados no link. A Microsoft também publicou um documento muito interessante na semana passada sobre o seu RTOS e quais as vantagens de utilizar um RTOS para o seu projeto, confira no link nas referências desse texto.

Em Janeiro de 2019, a Microsoft anunciou a disponibilidade do kit de hardware Microsoft Azure Sphere MT3620 para quem quisesse começar a desenvolver seu sistema usando a plataforma Sphere. Confira detalhes no meu texto publicado no Embarcados. No mesmo mês da aquisição da Express Logic, a Microsoft também anunciou a placa de desenvolvimento para IoT Starter Kit Azure Sphere MT3620. Veja mais detalhes no texto de Renata de Camillo no Embarcados.  

A partir do anúncio feito pela Microsoft, os clientes qualificados poderão se inscrever nos próximos dias para utilizar a plataforma. Para utilizar o Azure Sphere há um custo único para um chip (em torno de USD 8,65, mas é importante verificar esse preço para desenvolvimento no Brasil) que inclui acesso a todos os componentes do Sphere, além de atualizações do sistema operacional durante toda a vida útil do chip. Como alternativa, os desenvolvedores podem licenciar o Visual Studio e os serviços de Azure IoT da Microsoft para desenvolver aplicações para o Sphere.


Referências – Microsoft Azure Sphere

RTOS – O que é e porque você deveria usar um – link

Página do Microsoft Azure Sphere – link

Venture Beat – link

Website | Veja + conteúdo

Sou formado em Engenharia Elétrica na USP Sao Carlos, com mestrado em Engenharia Elétrica no Rochester Institute of Technology pelo CsF. Tenho 17 anos de experiência em projetos de circuitos eletrônicos. Escrevo regularmente para o Embarcados, adoro eventos sobre tecnologia, onde posso rever amigos e conhecer pessoas do ramo.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Comentários:
Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:

Nenhum resultado encontrado.

Séries

Menu