Microsoft agora também têm um RTOS

Express Logic e Microsoft

Na semana passada, dia 18 de Abril, a Microsoft anunciou a compra da empresa Express Logic, que desenvolve e vende um RTOS (Real-Time Operating System) criado em 1996. O RTOS ThreadX, criado pela Express Logic, é um dos mais tradicionais do mercado, ocupa 2 KB de espaço e está rodando principalmente em sistemas embarcados com microcontroladores de 32 bits ou 64 bits. Segundo a Express Logic, mais de 6,2 bilhões de dispositivos já nasceram com o ThreadX.

 

Além do ThreadX, a Plataforma da Express Logic, chamada de X-Ware IoT Platform, inclui pacotes modulares de software que podem ser utilizados separadamente conforme o projeto de sistema criado pelo usuário. Entre os pacotes destacam-se o suporte a sistema de arquivos para utilização em Sistemas Embarcados, FileX, uma Interface com Usuário chamada GUIX, conectividade com a nuvem e protocolo TCP/IP através da NetX/NetX Duo e suporte a stack USB (USBX).

 

Apesar de não ser open source, o licenciamento é feito através do fornecimento de código fonte completo para a empresa ou instituição que desenvolve produtos utilizando o RTOS. Várias licenças estão disponíveis para compra, entre elas:

  • Single Product License
  • Single Product – Extended Branding
  • Product Family License
  • Microprocessor License
  • OEM License
  • Custom License

 

Esse movimento da Microsoft indica que ela está preocupada também com proporcionar uma fácil conectividade à sua nuvem IoT Azure, quando os sistemas forem criados com microcontroladores. No ano passado, a Microsoft já tinha anunciado a plataforma Azure Sphere, uma solução de software e hardware (parceria com a MediaTek) para possibilitar a construção de dispositivos IoT de forma mais rápida. Apesar do core ARM Cortex-A7 ser de baixo consumo se comparado aos processadores da Intel X86 que têm suporte aos OSs da Microsoft, ainda assim, são sistemas bem sofisticados. Do lado do software, para o desenvolvimento das aplicações com o Azure Sphere Operating System, a Microsoft disponibilizou uma ferramenta baseada no compilador GCC que inclui uma extensão do Visual Studio. Veja no link. Agora a Microsoft anuncia que também quer suportar dispositivos com extremo baixo consumo e com velocidade de processamento baixa à sua nuvem, e podemos esperar que uma integração do Azure IoT Hub com o RTOS ThreadX, com conexão segura e feita de forma mais facilitada está por vir.

 

Portanto, a Microsoft disponibilizando ThreadX, Azure Sphere e Azul Sphere Operating System, Windows 10 IoT Core, Azure IoT Device SDK, Azure IoT Edge, Azure IoT Hub, oferece uma série de softwares e plataformas de conectividade e hardware para IoT e expande muito seu alcance em hardwares com arquitetura RISC V e ARM. A compra da Express Logic mostra então o desejo da Microsoft de alcançar mesmo dispositivos com poder de processamento baixo e que desempenham tarefas específicas, com hardware limitado. Assim como a Amazon, quando anunciou a compra do FreeRTOS para integração à sua plataforma AWS Greengrass e AWS IoT Core, a Microsoft também dá um importante passo para aumentar consideravelmente o número de dispositivos conectados à sua nuvem e pega carona na popularidade do RTOS ThreadX. Veja link

 

Arquiteturas suportadas pelo RTOS ThreadX

 

Sobre os hardwares habilitados para desenvolvimento de soluções utilizando o RTOS, veja a seguir a lista de arquiteturas suportadas pelo RTOS ThreadX da Express Logic no momento em que a Microsoft anuncia sua compra:

  • ARM
    • ARM7, ARM9, ARM11, Cortex-M, Cortex-R, Cortex-A, Cortex-Axx 64-bit, TrustZone ARMv8-M
  • AndesCore
    • RISC-V
  • Analog Devices
    • Blackfin BF5xx, BF6xx, BF7xx, SHARC, CM4xx
  • Ambiqmicro
    • Apollo MCUs
  • Cadence
    • Xtensa
    • Diamond
  • CEVA
    • TeakLite-III
  • Cypress
    • PSoC, PSoC 4, PSoC 5, PSoC 6, FM0+, FM3, FM4, WICED WiFi
  • EnSilica
    • eSi-RISC
  • Infineon
    • XMC1000, XMC4000, TriCore
  • Intel & Intel FPGA
    • ARM (Cyclone SOC, Arria 10 SOC), NIOSII, x86PM
  • Microchip
    • ARM (SAM), AVR32, PIC24, PIC32
  • Microsemi
    • RISC-V
  • NXP
    • ARM (LPC, i.MX, Kinetis), 68K, Coldfire, PowerPC
  • Renesas
    • ARM (Synergy, RZ), H8/300H, RX, SH, V850
  • Silicon Labs
    • EFM32
  • ST
    • STM32
  • Synopsys
    • ARC 600, 700, ARC EM, ARC HS
  • Texas Instruments
    • ARM (Tiva-C, Sitara, OMAP), C5xx, C6xx
  • Wave Computing
    • MIPS32 4Kx, 24Kx, 34Kx, 1004K, microAptiv, interAptiv, proAptiv, M-Class
  • Xilinx
    • ARM (Zynq, Zynq UltraSCALE), MicroBlaze, PowerPC

 

Para saber mais sobre o ThreadX no Embarcados:

 

Synergy e ThreadX: Introdução à multitarefa, Por Fábio Pereira

Synergy e ThreadX: Explorando a estrutura básica do RTOS, Por Fábio Pereira

Synergy e ThreadX: Recursos compartilhados e Mutex, Por Fábio Pereira

 

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Thiago Lima
Apaixonado por sistemas digitais e circuitos eletrônicos, ja contabilizo 16 anos trabalhando com desenvolvimento de produtos eletrônicos. Formado na USP Sao Carlos, com mestrado em Engenharia Elétrica no Rochester Institute of Technology pelo CsF, atualmente lidero boa parte das operações do Embarcados, buscando levar conhecimento de sistemas eletrônicos para o Brasil. Experimentar o mundo das startups nos EUA foi transformador. La fui cofundador de uma startup de tecnologia chamada Una, sendo acelerado e incubado por um programa especial de Startups no RIT. Ao final, recebemos um prêmio de melhor startup do programa. No Laboratório Hacker de Campinas sou um dos entusiastas de novas tecnologias e apoio iniciativas da comunidade. Tambem participo de atividades comunitarias e sou um dos responsáveis pela Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, onde escrevo regularmente artigos sobre redução de resíduos. Sou sonhador mesmo e quero acender a luz ?

2
Deixe um comentário

avatar
 
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
dFernando Ginez da Silva Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Fernando Ginez da Silva
Visitante
Fernando Ginez da Silva

Vai ter tela azul no ThreadX?

d
Visitante
d

Microsoft confirmou que sim.