Silicon Labs anuncia modelo de licença open-source para o RTOS Micrium

A Silicon Labs anunciou um novo modelo de licenciamento de código aberto permissivo para os componentes do Micrium RTOS. Confira os detalhes.
Micrium RTOS

O RTOS da Micrium é um dos melhores sistemas operacionais de tempo real do mercado, inclusive foi usado no rover Curiosity enviado para Marte. 

Em 2016, a Silicon Lab adquiriu a empresa Micrium e de lá pra cá vem trabalhando com a família de RTOS uC-OS para seus SoCs multiprotocolos, módulos sem fio, stacks para comunicação sem fio e as ferramentas de desenvolvimento para projetos de sistemas embarcados com foco em Internet das Coisas.

Os RTOSs da Micrium não são open source, como o FreeRTOS, e possuem licenças comerciais. Agora a Silicon Labs anunciou um novo modelo de licenciamento de código aberto permissivo para os componentes do Micrium RTOS. Sob esse novo modelo, os desenvolvedores que procuram usar os componentes para fins comerciais não precisarão mais comprar uma licença – o software estará disponível sem nenhum custo.

Ao adotar termos de licença open source, a Silicon Labs planeja alcançar uma maior base de usuários e dar à comunidade poder de desenvolvimento e melhoria dos componentes do RTOS.

A Silicon Labs planeja garantir uma transição suave para os termos de código aberto para o seu RTOS e continuará fornecendo suporte técnico para clientes com contratos de manutenção válidos. A Silicon Labs também está trabalhando com parceiros que podem oferecer serviços de suporte semelhantes em um futuro próximo.

O novo modelo de código aberto entrará em vigor em 28 de fevereiro de 2020. A licença de código aberto se aplicará a todos os componentes µC/OS, incluindo µC/OS-II, µC/OS-III, µC/ S, µC/ CP-IP, dispositivo µC/USB, host µC/USB, µC/CAN e µC/Modbus.

Confira mais detalhes em: https://www.micrium.com/buy/licensing/

Engenheiro, especialista em sistemas embarcados. Hoje é diretor de operações do portal Embarcados, onde trabalha para levar conteúdos de eletrônica, sistemas embarcados e IoT para o Brasil.

Também atua no ensino eletrônica e programação. É entusiasta do movimento maker, da cultura DIY e do compartilhamento de conhecimento, publica diversos artigos sobre eletrônica e projetos open hardware.

Com iniciativas como o projeto Franzininho e projetos na área de educação, leva a cultura maker para o Brasil capacitando e incentivando professores e alunos a usarem tecnologia em suas vidas. Participou da residência hacker 2018 no Red Bull Basement.

Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

WEBINAR

Imagens de Ultrassom: Princípios e Aplicações

DATA: 26/10 ÀS 19:30 H