Lançamento da BeagleBone Blue!

A BeagleBone.org acaba de realizar o lançamento da BeagleBone Blue, que chama de “um controlador para educação em robótica completo”. Depois da placa Verde e Preta, desta vez chega ao mercado a placa Azul da série da BeagleBoard. E ela é projetada especialmente para trabalhos com drone e controle de motores.

 

Veja as características da placa dispostas abaixo: 

• Processador: Octavo Systems OSD3358 1GHz ARM® Cortex-A8;
• Memória DDR3 RAM 512MB;
• Memória de armazenamento Flash 4GB 8-bit on-board;
• 2×32-bit 200-MHz programmable real-time units (PRUs);
• Possui uma flash já programada com uma distribuição linux.

 

Conectividade e sensores

• Sem fio: 802.11bgn, Bluetooth 4.1 e BLE;
• Controle de Motores: 8 saídas de 6V para servo, 4 saídas DC para motores, 4 entradas para encoder;
• Sensores: IMU de 9 eixos, barômetro;
• Conectividade: USB 2.0 de alta velocidade cliente e host;
• Interfaces de fácil conexão: GPS, rádio DSM2, UARTs, SPI, I2C, analógico.

 

Compatibilidade de Software

 

• Debian, ROS, Ardupilot

 

Veja abaixo um diagrama com tudo que tem na placa.

 

Diagrama da BeagleBone Blue

 

Acesse o git do projeto da placa e veja todas as informações disponíveis da BeagleBone Blue.

 

Veja o video abaixo em inglês feito para o Embedded World 2017:

 

Apaixonado por sistemas digitais e circuitos eletrônicos, ja contabilizo 16 anos trabalhando com desenvolvimento de produtos eletrônicos. Formado na USP Sao Carlos, com mestrado em Engenharia Elétrica no Rochester Institute of Technology pelo CsF, atualmente lidero boa parte das operações do Embarcados, buscando levar conhecimento de sistemas eletrônicos para o Brasil. Experimentar o mundo das startups nos EUA foi transformador. La fui cofundador de uma startup de tecnologia chamada Una, sendo acelerado e incubado por um programa especial de Startups no RIT. Ao final, recebemos um prêmio de melhor startup do programa. No Laboratório Hacker de Campinas sou um dos entusiastas de novas tecnologias e apoio iniciativas da comunidade. Tambem participo de atividades comunitarias e sou um dos responsáveis pela Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, onde escrevo regularmente artigos sobre redução de resíduos. Sou sonhador mesmo e quero acender a luz 😉