Introdução à plataforma dojot - Instalação e configuração

plataforma dojot
Este post faz parte da série Plataforma dojot. Leia também os outros posts da série:

Este artigo é parte da série “Introdução à plataforma dojot”:

  1. Instalação e configuração
  2. Monitorando dispositivos
  3. Configurando fluxos de processamento de dados

 

A dojot é uma plataforma brasileira desenvolvida principalmente pelo CPqD e que surgiu com uma proposta open source, visando facilitar o desenvolvimento de soluções e subsidiar o ecossistema IoT com conteúdo local voltado às necessidades do País.

 

O código dos componentes que compõem a solução está disponível no repositório do Github. Descritivos detalhados da arquitetura, do funcionamento dos componentes e alguns casos de uso podem ser encontrados na documentação.

 

Introdução

 

Em todos os campos em que é aplicado, um dos pontos cruciais em IoT é o uso de dados para tomada de decisão. Desde sistemas pequenos, contando com poucos sensores, até sistemas complexos - com milhares de pontos de coleta de dados - centralizam as informações para que estas sejam correlacionadas e permitam a geração de insights.

 

A dojot é uma plataforma brasileira que surgiu com uma proposta open source, visando facilitar o desenvolvimento de soluções e subsidiar o ecossistema IoT com conteúdo local voltado às necessidades do País, assumindo assim um papel habilitador com:

  • Conexão e coleta de dados de dispositivos;
  • Gerenciamento dos dispositivos conectados;
  • APIs abertas, tornando o acesso fácil das aplicações aos recursos da plataforma e aos dados coletados e integrados;
  • Armazenamento de grandes volumes de dados em diferentes formatos;
  • Construção de fluxos de dados e regras de forma visual, permitindo a rápida prototipação e validação de cenários de aplicações IoT;
  • Processamento de eventos em tempo real aplicando regras definidas pelo desenvolvedor, reduzindo a complexidade das aplicações;
  • Capacidades de segurança e privacidades de dados;
  • Implantação flexível, podendo ser em nuvem pública ou privada (on premise).

 

Esta plataforma foi projetada para possibilitar a rápida criação de protótipos de soluções, fornecendo uma plataforma fácil de usar, escalável e robusta.

 

Este artigo é o primeiro de uma série que visa estabelecer uma conexão entre o leitor e os blocos principais que compõem a solução. Serão abordados os passos iniciais de instalação e configuração da plataforma dojot, indo desde o download do repositório até a execução de um ambiente de arquitetura distribuída. O ambiente configurado aqui será utilizado ao longo dos demais artigos da série.

 

Instalando a dojot

 

A arquitetura da plataforma é baseada em microsserviços, estando cada componente definido em seu próprio contêiner.

 

Para fins de desenvolvimento, recomenda-se a utilização do docker-compose para simples deploy de um ambiente adequado ao desenvolvimento. Este método não é adequado a ambientes de produção.

 

Instalação e configuração do host

 

Nos passos a seguir, será utilizado o sistema Ubuntu 16.04 LTS

Docker

O primeiro pré-requisito de instalação é a engine do docker. Os comandos abaixo adicionam a chave e o repositório, atualizam a lista de pacotes e instalam a engine.

 

Após finalizada, a instalação pode ser validada com:

 


Docker-compose

Como a plataforma dojot está distribuída em múltiplos contêineres, o uso do docker-compose traz maior agilidade na inicialização do grupo de componentes.

 

Para usar esta ferramenta, basta baixar o binário correspondente e adicioná-lo a um path conhecido - no caso abaixo, a /usr/local/sbin.

 

No momento da escrita deste artigo, a última versão disponível é a 1.23.1. Sempre utilize a versão mais recente do momento de instalação. Ela pode ser encontrada neste endereço.

 

A versão instalada pode ser verificada a partir do seguinte comando:

 

 

Dojot

Tendo instalado o docker engine e compose, já é possível instalar e inicializar a plataforma dojot. No momento de escrita deste artigo, a versão recomendada da plataforma é a 0.3.1, na branch de mesmo nome.

 

Inicia-se o processo de instalação através do checkout do repositório, conforme descrito a seguir. Nota: estes comandos utilizam o diretório home para obtenção dos arquivos. Caso seja necessário utilizar outro diretório, edite o campo dojotDir conforme necessário.

 

Uma vez que todos os módulos sejam obtidos, basta inicializá-los a partir do comando:

 

Então basta aguardar até que os dados sejam baixados, preparados e executados.

 

Neste ponto, todos os serviços estão inicializados e a plataforma já pode ser utilizada. Na máquina host, a interface gráfica pode ser acessada em localhost:8000.

 

 

O acesso pode ser realizado com as credenciais:

  • usuário: admin
  • senha: admin

 

Conclusão

 

Até aqui, foram abordados os passos necessários para se configurar a plataforma dojot num ambiente propício ao desenvolvimento de aplicações.

 

Nos próximos artigos, serão exploradas as funcionalidades principais para utilização da plataforma, como criação, configuração e monitoramento de dispositivos, além da leitura dos sinais enviados e associação dos mesmos a fluxos de processamento, visando a tomada de ações apropriadas a cada cenário.

 

Saiba mais

 

Conhecendo a Electron 3G-U260: Dispositivos conectados à nuvem utilizando a internet 3G

Usando serviços de nuvem para coletar business intelligence

AMQP - Testando a Comunicação de Clientes ao Broker

Outros artigos da série

Simulação de dispositivos na plataforma dojot >>
Este post faz da série Plataforma dojot. Leia também os outros posts da série:

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Rafael Zanetti
Graduado em Engenharia Mecatrônica, atua em desenvolvimento de software com foco em soluções potencializadas por big data e inteligência artificial. Atualmente, está envolvido com IoT e suas aplicações no cenário nacional.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar