Conheça três soluções sensíveis a Interferência Eletromagnética que podem prevenir estática

Interferência Eletromagnética: Conheça três soluções sensíveis a EMI que podem prevenir estática
Interferência Eletromagnética

Lembra quando reclamamos sobre a estática no rádio AM? Agora é a vez do carro também reclamar de estática. Os veículos modernos têm muito mais vantagens a oferecer do que a era da recepção de rádio apenas AM, com rádios com diversos botões. Hoje, o ambiente elétrico automotivo está muito ativo, com várias aplicações sendo sensíveis à interferência eletromagnética (EMI).

Isso significa implantar reguladores chaveados que limitam o ruído e não aumentam as preocupações dos engenheiros de projeto com relação a Interferência Eletromagnética. Os reguladores chaveados são normalmente o primeiro componente ativo na na entrada de energia na PCI. Não importa os conversores downstream, um regulador chaveado eficaz impacta o desempenho geral da performance do conversor contra interferência eletromagnética. Minimizar a Interferência Eletromagnética é crucial.

Antes, as soluções era utilizar caixas blindadas contra interferência eletromagnética ou “arredondar” as bordas de comutação do MOSFET interno. Essas soluções não eram práticas para designs de hardware de tamanho reduzido ou tinham eficiência limitada.

Mas novos projetos de circuito integrado de potência foram desenvolvidos para permitir frequências de chaveamento mais rápidas, maior eficiência e menor tempo mínimo de ativação.

Essas inovações mantêm os engenheiros de projeto em alerta. E é por isso que esse texto examina três produtos projetados para operação com baixa interferência eletromagnética.

Operação de baixa Interferência Eletromagnética por meio de conversores/controladores

Screenshot from 2021 06 03 16 56 19

O conversor síncrono Step-Down Texas Instruments LMQ62440-Q1 foi projetado especificamente para mínima Interferência Eletromagnética. O conversor com grande range de tensão de entrada, com regulador modo buck com sincronização de corrente de pico é ideal para várias aplicações automotivas. O dispositivo pode operar em uma faixa de frequências de chaveamento, incluindo a banda sub-AM em 400kHz e acima da banda AM em 2.1MHz. O dispositivo também tem baixo consumo de corrente em modo de operação sem carga, o que é adequado para aplicações sempre ligadas e sem bateria. Operar a 2,1 MHz também permite o uso de pequenos componentes passivos. O conversor em si tem pequenas dimensões, de 4 mm x 3,5 mm, em um encapsulamento VQFH-HR de 14 pinos.

Screenshot from 2021 06 03 16 56 05

O CI Step-down chaveado Síncrono Analog Devices Inc. LTC3310S® com 2 conversores DC-DC atinge baixa EMI e alta eficiência em frequências de chaveamento de até 5MHz. O dispositivo pode fornecer até 10A. de corrente de saída a partir de uma alimentação de entrada de 2,25 V a 5,5 V, e vem em um encapsulamento LQFN de 3 mm x 3 mm. É ideal para aplicações automotivas, servidores, fontes de alimentação de telecomunicações e muito mais. O CI LTC3310S também inclui um sinal que indica quando a saída está em regulação, proteção contra sobretensão de saída, desligamento térmico, um monitor de temperatura, sincronização de clock, seleção de modo e proteção de curto-circuito de saída.

Screenshot from 2021 06 03 16 55 51

O controlador Buck-Boost H-Bridge Maxim Integrated MAX25431 para aplicações automotivas apresenta faixas de Tensão de entrada de 6 V a 36 V, o que permite a operação em condições de partida a frio enquanto usa apenas 55 µA de corrente quiescente sem carga. Combinado com sua capacidade de manter a tensão de saída constante durante transientes da bateria, é ideal para aplicações automotivas. Sua baixa corrente quiescente ajuda os projetistas a atender aos requisitos atuais do fabricante do equipamento original. Esse controlador vem em um encapsulamento SWTQFN de 4 mm x 4 mm e 24 pinos.

Dica

Os automóveis modernos de hoje têm o mesmo design básico: um chassi e quatro rodas. Mas dentro desses carros estão dispositivos menores, até mesmo micro, que mantêm o funcionamento de um ecossistema cada vez maior de sistemas eletrônicos. Os engenheiros de projeto devem abordar esse ambiente elétrico com dispositivos que incluem reguladores chaveados que contenham limitadores de ruído e que sejam sensíveis a Interferência Eletromagnética. Na verdade, percorremos um longo caminho quando temos que lidar com a estática.

Artigo escrito por Tommy Cummings e publicado no blog da Mouser Electronics: New Tech Tuesdays: These 3 EMI-Sensitive Solutions Can Manage the Static

Traduzido e Adaptado por Equipe Embarcados.

Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

WEBINAR

Visão Computacional para a redução de erros em processos manuais

DATA: 23/09 ÀS 17:00 H