Intel Edison + Yocto - Como construir sua própria distribuição Linux Embarcado

intel edison yocto

A Intel está apostando algumas fichas nas aplicações de Internet das Coisas (IoT) através do lançamento de kits de desenvolvimento. Uma dessas apostas é a Intel Edison, que foi oficialmente lançada em CES 2014.

 

Juntamente com a placa, a Intel disponibiliza em seu site o Board Support Package (BSP) da Intel Edison compatível com o Yocto Project para desenvolvimento de distribuições Linux Embarcado, bem como aplicativos, bibliotecas e componentes para aplicações IoT.

 

Componentes do Intel IoT Developer Kit

 

intel iot developer kit components
Figura 1 - Intel IoT Developer Kit Components

 

Diversas IDEs, linguagens de programação e ferramentas estão disponíveis para desenvolvimento: 

  • Eclipse IDE - C/C++:
    • Eclipse IDE para Windows, Mac ou Linux;
    • Todas as ferramentas essenciais para desenvolvimento (cross-compiling tool chain, debugging e profiling tools);
    • Bibliotecas para conexão com a Galileo e Edison mais bibliotecas de sensores;
    • Templates e exemplos de como iniciar a construção de aplicações em IoT.
  • Intel® XDK IoT Edition - JavaScript:
    • Você pode construir uma solução completa em IoT usando aplicações Node.js e HTML5 embarcadas na placa.
  • Arduino IDE - Wiring e Sketches de Arduino;
  • Wyliodrin - Programação Visual:
  • Cloud Analytics:
    • Intel IoT Analytics inclui capacidades para coleta de dados, armazenamento e análise de sensores. Além disso ele pode gerar alertas e realizar análises avançadas. Este serviço é gratuito para aplicações não comerciais.
  • Intel System Studio for IoT:
    • Uma IDE que provém acesso avançado a nível de software e hardware para aumentar a velocidade de desenvolvimento, testes e otimizações. Suporta a Galileo e Edison com uso de debuggers (JTAG com openOCD) e compilador C++ com ferramentas e bibliotecas de performance da Intel. Ele está disponível através de licença trial para uso não comercial.

 

 

Intel Edison Yocto

 

Recentemente foi lançada a versão 2.1 da imagem Linux da Edison.

 

Você pode baixar e instalar a imagem Linux da Edison pré-compilada direto do site da Intel. O procedimento de gravação pode ser feito em máquinas Windows, Mac e Linux.

 

Nesse artigo mostraremos como gerar do zero uma imagem Linux Embarcado para a Intel Edison com o Yocto Project. Utilizaremos como Host uma máquina com Ubuntu 14.04.

 

 

Setup do Host

 

Primeiramente devemos instalar alguns pacotes para o correto funcionamento do Yocto e a gravação da imagem na Edison. Abra o terminal (Ctrl+Alt+T) e digite:

 

 

Agora vamos baixar os fontes do BSP:

 

 

 

Construindo a imagem

 

Na pasta "~/yocto/edison-bsp-2.1/edison-src" e existe um Makefile que concentra todas as configurações e operações necessárias para construirmos a nossa imagem. Vamos executar dois comandos para baixar todos os fontes necessários (make setup) e para construir a imagem (make image):

 

 

Agora relaxe, vá tomar um café e aproveite para estudar mais sobre o Yocto, pois o processo de construção é demorado quando feito pela primeira vez.

 

No final do processo você receberá essa mensagem no terminal:

 

 

 

Gravando a imagem

 

Rode o comando a abaixo no terminal:

 

 

E você verá a seguinte mensagem:

 

 

Posicione a chave SW1 próxima ao conector micro USB de acordo com a figura abaixo:

 

intel edison sw1 setup
Figura 2 - Posicionamento da chave SW1 para gravação do firmware

 

e conecte a Edison ao seu computador através do cabo micro USB:

 

intel edison usb setup
Figura 3 - Conexão USB para gravação do firmware

 

A placa será energizada e o processo de gravação será iniciado. No final teremos as seguintes mensagens no terminal:

 

 

Pronto, agora a sua Edison está rodando a versão 2.1 do Linux da Intel.

 

Se desejar você pode ter acesso a console serial da placa através do conector micro USB conectado ao computador conforme a figura abaixo:

 

intel edison console setup
Figura 4 - Conexão para console serial

 

Instale o aplicativo screen e abra a conexão com a placa:

 

 

O usuário padrão da placa é "root" e não possui senha.

 

Abaixo você pode conferir o log de mensagens de boot:

 

 

 

Créditos

 

Imagem de destaque: http://dfrobot.com

Figura 1: http://www.slideshare.net/IntelSoftware

Figuras 2, 3 e 4: https://software.intel.com

 

Para saber mais

 

Embedded Linux Build Systems

Cozinhando com o Yocto Project

Desvendando Yocto Project – Primeiros passos

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Diego Sueiro
Formado em Engenharia de Controle e Automação pela UNIFEI e CEO do Embarcados, atualmente trabalho na Inglaterra com Desenvolvimento de Sistemas Linux Embarcado Real Time. Sou consultor e desenvolvedor de software para Sistemas Embarcados com vasta experiência em projetos com processadores de 8bits a 32bits, sistemas bare metal, RTOS, Linux Embarcado e Android Embarcado. Um apaixonado por Pink Floyd e Empreendedorismo.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar