13 Comentários

Intel Edison – Lançamento do módulo IoT da Intel

módulo IoT da Intel

Após ter sido apresentado na CES 2014, o Intel Edison é tido como a maior aposta na Intel no segmento de baixo consumo aliado a computação de alto desempenho.

O artigo de Thiago Lima (disponível no link) destaca os aspectos iniciais do Intel Edison quando no momento do seu anúncio. Essa placa foi modificada e agora possui um novo design e circuito.

Até então, haviam poucos materiais, e o acesso à plataforma era restrito a alguns pesquisadores e instituições de ensino, o que mudou recentemente quando a Intel decidiu liberá-lo para o mundo no evento IDF14.

Com maiores detalhes disponíveis no link, basicamente a plataforma Intel Edison ficou definida como tendo:

edison 1
  • Intel Atom SoC de 22nm com 2 cores, cada CPU com 2 threads a uma frequência de 500 MHz, somado a um processador Intel Quark (mesma linha do Galileo) de 32 bits a 100 MHz.

  • WiFi dual-band com Bluetooth 4.0 Low Energy

  • 40 GPIOs

  • 1GB RAM LPDDR3

  • 4 GB eMMC

Inicialmente os módulos Intel Edison irão suportar desenvolvimento com Arduino, C/C++, seguidos de Node.JS, Python, RTOS e uma linguagem de programação visual que será liberada em um futuro próximo. E para os amantes de Linux, suporta Yocto 1.6 já de fábrica.

Por se tratar de uma arquitetura x86, muitas distribuições Linux poderão se adaptar, ou até mesmo surgir com foco para esta plataforma. E como visto no caso das placas Intel Galileo doadas pela Microsoft, é possível que logo vejamos uma versão do Windows adaptada para este módulo.

Além disso, a Intel também destaca que o módulo Intel Edison inclui um framework de conectividade que permite comunicações interdispositivos envolvendo comunicação direta e com a nuvem.

O módulo Intel Edison em separado já se encontra disponível para venda, com destaque para a SparkFun por $ 49.95 no seguinte link

edison 3

A primeira leva de kits envolvendo o Intel Edison é caracterizada por pequenas placas que permitem uma funcionalidade básica, conectividade USB, entrada para energia e bateria, e até mesmo um módulo compatível com Arduino.

No site Maker Shed é possível adquirir o kit Intel Edison para Arduino por $ 107,00, que basicamente é o módulo com uma placa-base de suporte aos pinos de conectividade e fonte de alimentação.

edison 4

Sobre essa placa de prototipação Arduino para Intel Galileo, podemos destacar as seguintes características:

  • 20 pinos digitais para entrada/saída e 4 pinos como PWM

  • 6 entradas analógicas

  • 1 UART (RX/TX)

  • 1 I2C

  • 1 Conector ICSP de 6 pinos com SPI

  • Conector microUSB – USB Host

  • Conector microUSB – UART

  • Conexão com cartão SD

  • Entrada de alimentação DC 7V – 15V

Finalizando, a Intel destaca sua nova comunidade: “Intel Makers: What Will You Make?” com o lema “Make for Makers”, aonde é possível compartilhar conhecimentos, solucionar problemas e ganhar inspiração nessa nova onda da Internet das Coisas. (Disponível no link)

Confira o vídeo de unboxing feito pelo Embarcados:

Confira o vídeo de review feito pelo Embarcados:

Confira o vídeo de review feito pela SparkFun:

Maiores detalhes sobre a plataforma Intel Edison, documentação, links para compra, fóruns e suporte estão disponíveis no site da intel.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Hardware » Intel Edison – Lançamento do módulo IoT da Intel
Comentários:
Notificações
Notificar
guest
13 Comentários
recentes
antigos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Franklin Bonfim
Franklin Bonfim
11/12/2015 15:06

Muito bom! Artigo com grande detalhamento do Intel Edison.

André Curvello
19/09/2014 18:35

Valeu aí!
😉

Jonas Dourado
Jonas Dourado
16/09/2014 02:05

Muito didático o resumo!
Parabéns!

trackback
03/06/2015 01:14

[…] como um grande arduino. Essa placa teve duas versões e a Intel logo em seguida lançou a Curie e a Edison, que também têm duas versões. A versão mais nova da Edison é a placa da vez e a empresa está […]

trackback
27/05/2015 23:58

[…] Intel Edison [1] feito por Diego Sueiro [2]. Para mais detalhes sobre ela veja o post de review [3] feito por André […]

trackback
27/05/2015 22:40

[…] Intel Edison [1] feito por Diego Sueiro [2]. Para mais detalhes sobre ela veja o post de review [3] feito por André […]

trackback
01/05/2015 23:03

[…] Há mais alguns colegas nessa onda, como o Arduino Yún e o Intel Edison, que dados os seus “fatores de impacto”, são abordados em artigos exclusivos. Confira meu artigo sobre o Intel Edison no link [5]. […]

trackback
09/04/2015 18:36

[…] que você precisa é de uma conta em uma free cloud computing como a Microsoft Azure, de uma placa Intel Edison ou a nova placa Photon do Spark, habilidades básicas de programação e um acesso a uma impressora […]

trackback
06/04/2015 17:49

[…] que você precisa é de uma conta em uma free cloud computing como a Microsoft Azure, de uma placa Intel Edison ou a nova placaPhoton do Spark, habilidades básicas de programação e um acesso a uma impressora […]

trackback
30/03/2015 07:44

[…] que você precisa é de uma conta em uma free cloud computing como a Microsoft Azure, de uma placa Intel Edison ou a nova placa Photon do Spark, habilidades básicas de programação e um acesso a uma impressora […]

Talvez você goste:

Séries

Menu

WEBINAR
 

Soluções inteligentes para acionamento de MOSFETs/IGBTs com família STDRIVE

Data: 08/10 às 15:00h - Apoio: STMicroelectronics
 
INSCREVA-SE AGORA »



 
close-link