Intel Edison Linux - Dicas e Truques

intel edison linux

Neste artigo iremos aprender como proceder com as tarefas mais comuns de configuração da Intel Edison. Caso deseje, utilize a seção de comentários, para sugerir outras operações a serem adicionadas no artigo. O computador Host que será utilizado nesse tutorial é um Ubuntu 14.04.

 

Aprenda mais sobre Linux Embarcado e Yocto Project com os vídeos das palestras do "Seminário Linux Embarcado 2015"

 

 

Você irá aprender a:

Atualizar o Firmware

Conectar à internet pela interface USB

Configurar a conexão Wireless

Instalação de pacotes adicionais

Adicionar um Script na Inicialização do Sistema

 

Você pode também construir a sua própria distribuição Linux embarcado do zero para a Edison.

 

 

Update do Firmware do Intel Edison Linux

 

No momento da escrita desse artigo o a versão mais recente liberada pela Intel é 2.1. Portanto iremos mostrar o procedimento de update de firmware da Intel Edison para esta versão usando o Flash Tool Lite.

 

Vamos fazer o download do firmware e instalação do Flash Tool Lite. Abra o terminal (Ctrl+Alt+T) e digite:

 

 

Agora vamos executar o Flash Tool Lite pelo terminal:

 

 

E teremos a seguinte tela:

 

intel edison flash tool lite
Tela inicial do Flash Tool Lite

 

 

 

 

Selecione o arquivo "~/Downloads/edison-image-ww18-15/FlashEdison.json" seguindo os passos enumerados na figura abaixo e no final pressione o botão "Start to flash".

 

flash tool lite
Gravação do firmware no Flash Tool Lite

 

Posicione a chave SW1 próxima ao conector micro USB de acordo com a figura abaixo:

 

intel edison sw1 setup
Posicionamento da chave SW1 para gravação do firmware

 

e conecte a Edison ao seu computador através do cabo micro USB:

 

intel edison usb setup
Conexão USB para gravação do firmware

 

A placa será energizada e o processo de gravação será iniciado. No final teremos a seguinte tela no Flash Tool Lite:

 

flash tool lite
Processo de gravação do firmware finalizado

 

Pronto. Agora é só esperar alguns pouco minutos e a sua Intel Edison estará rodando o Linux mais recente.

 

 

 

Conectando a Intel Edison à internet pela interface USB

 

Para conectarmos a Intel Edison à internet através da interface USB teremos que conectá-la ao computador (que está conectado à internet) e compartilhar o seu acesso à rede mundial de computadores com a nossa placa.

 

Posicione a chave SW1 próxima ao conector micro USB de acordo com a figura abaixo:

 

intel edison sw1 setup
Posicionamento da chave SW1 para conexãoUSB

 

e conecte a Intel Edison ao seu computador através do cabo micro USB:

 

intel edison usb setup
Conexão USB com o computador

 

 

Após algum tempo Linux da Edison irá subir e no seu computador irá aparecer uma conexão de rede nova. Abra o terminal (Ctrl+Alt+T) e digite:

 

 

Teremos uma mensagem semelhante a essa:

 

 

Note que existe a interface  de rede "usb0". Você deverá configurar o teu computador para compartilhar a internet nessa interface. Para isso siga as instruções desse artigo.

 

Agora iremos nos conectar à interface serial de console da Edison ao nosso computador:

 

intel edison console setup
Conexão para console serial

 

Instale o aplicativo screen e abra a conexão com a placa:

 

O usuário padrão da placa é "root" e não possui senha.

 

Vamos configurar a placa para receber as configurações de rede do nosso computador. Digite os seguintes comandos:

 

 

Criamos os arquivos "/etc/network/interfaces" e "/lib/systemd/system/if@usb0.service" com os seguintes conteúdos:

 

 

Agora iremos habilitar a interface usb0 e receber as configurações de rede com os seguintes comandos na placa:

 

 

Toda vez que o sistema reiniciar ele irá receber as configurações de rede através do computador.

 

Vejamos como ficaram as configurações através dos comandos "ifconfig" e "route":

 

 

 

Pronto agora vamos ver se realmente estamos conectados à internet através do comando "ping -c 5 www.google.com":

 

 

 

 

Configuração da conexão Wireless da Intel Edison

 

A imagem Linux da Edison vem com um utilitário ("configure_edison") que facilita a configuração da conexão wireless da placa. Para configurá-la realize as conexões USB descritas no tópico "Conectando a Intel Edison à internet pela interface USB", e em seu computador abra o terminal (CTRL+Alt+T) e digite:

 

O usuário padrão da placa é "root" e não possui senha.

 

Vamos rodar o utilitário de configuração ("configure_edison --wifi") na placa:

 

 

E realizar as configurações necessárias. No final teremos algo semelhante a:

 

 

Conferindo as configurações através dos comandos "ifconfig" e "route":

 

 

 

 

 

 

Instalação de pacotes adicionais no sistema

 

O gerenciador de pacotes presente na Edison é o opkg e recentemente AlexT criou um repositório de pacotes que você pode utilizar para instalação sem precisar compilá-los.

 

Vamos realizar as conexões USB descritas no tópico "Conectando a Intel Edison à internet pela interface USB", e em seu computador abra o terminal (CTRL+Alt+T) e digite:

 

O usuário padrão da placa é "root" e não possui senha.

 

Para que a placa possa baixar e instalar os pacotes devemos configurar o arquivo "/etc/opkg/base-feeds.conf". Para isso digite os seguintes comandos na placa:

 

 

Ao final do processo teremos a seguinte mensagem na console:

 

 

Agora você pode, por exemplo, instalar as aplicações do opencv com o seguinte comando:

 

 

Para conhecer os comandos disponíveis para o opkg acesse sua página de manual ou digite o comando "opkg --help" no terminal da placa.

 

 

 

Adicionando um script na inicialização do sistema

 

A maioria dos sistemas embarcados baseados em Linux usam o SysVinit como sistema de inicialização, porém na Intel Edison encontraremos o Systemd. Você pode conferir as principais diferenças entre ambos nesse link. Basicamente, no Systemd temos que adicionar arquivos ".service" para que nossos aplicativos sejam executados na inicialização.

 

Nesta seção apresentaremos como criar rapidamente um script de inicialização através do arquivo "rc.local", que é muito utilizado em sistemas baseados no SysVinit porém é compatível com o Systemd.

 

Para isso realize as conexões USB descritas no tópico "Conectando a Intel Edison à internet pela interface USB", e em seu computador abra o terminal (CTRL+Alt+T) e digite:

 

O usuário padrão da placa é "root" e não possui senha.

 

Vamos criar o arquivo "/etc/rc.local" e torná-lo executável digitando os seguintes comandos na placa:

 

 

O arquivo "/etc/rc.local" terá o seguinte conteúdo:

 

Note que iremos escrever no arquivo "~/init-test" a data e hora em que o script foi executado, ou seja, na hora em que o sistema terminou de iniciar completamente, já que o "rc.local" será o último script a ser executado.

 

Vamos agora habilitá-lo e iniciá-lo:

 

 

E vamos verificar o conteúdo do arquivo "~/init-test":

 

 

Pronto, agora você pode lançar as suas aplicações e scripts automaticamente na inicialização através do "/etc/rc.local".

 

 

 

Formado em Engenharia de Controle e Automação pela UNIFEI e CEO do Embarcados, atualmente trabalho na Inglaterra com Desenvolvimento de Sistemas Linux Embarcado Real Time. Sou consultor e desenvolvedor de software para Sistemas Embarcados com vasta experiência em projetos com processadores de 8bits a 32bits, sistemas bare metal, RTOS, Linux Embarcado e Android Embarcado. Um apaixonado por Pink Floyd e Empreendedorismo.

Deixe um comentário

1 Comentário em "Intel Edison Linux - Dicas e Truques"

Notificar
avatar
 
Ordenar por:   recentes | antigos | mais votados
Juliana Rodrigueiro
Visitante
Juliana Rodrigueiro

Olá, Diego.

Primeiramente, quero dizer que o seu material é muito bom.

Estou seguindo seu tutorial mas tive um problema logo no início. Após todas as instalações o Flash Tool Lite dá o seguinte erro:

ERROR : [Port -1] Command Wait for device with status dnx_fw on port -1 failed
ERROR : [Port -1] Flash failed (Command type: Device enumeration)

E então a gravação não é iniciada. Segui todos os passos que você descreveu.

Você poderia nos ajudar?

Obrigada!

wpDiscuz