i.MX RT – Nova série de processadores crossover da NXP

i.MX RT

A NXP anunciou uma nova classe de processadores, a série i.MX RT, o primeiro processador crossover da indústria. Combinando alto desempenho com funcionalidade em tempo real, a série i.MX RT de processadores crossover foi projetada para suportar as aplicações IoT com um alto nível de integração e segurança equilibrada, e com a usabilidade a nível do MCU. Tudo isso a um preço acessível.

Detalhes do processador crossover i.MX RT

O primeiro dispositivo dessa família é o i.MX RT1050A seguir é apresentado o seu diagrama de blocos:

Diagrama de blocos i.MX RT1050
Figura 1 – Diagrama de blocos i.MX RT1050

O processador crossover i.MX RT1050 vem com um ARM Cortex-M7 de alto desempenho com operação em tempo real, entregando 3015 CoreMark/1284 DMIPS em  600 MHz. Isso é 250% mais rápido que os Cortex-M4 existentes. Com 512 KB de memória SRAM/TCM, chegando a uma latência de interrupção de 20 ns. Possui controle de energia eficiente e traz integrados conversores DC/DC que possibilitam um controle de energia dinâmico, chegando a consumir menos de 110 µA/MHz.

Possui um alto nível de integração, trazendo criptografia AES-128, HAB, TRNG e decodificação flash QSPI on-the-fly. Possui interfaces para Wi-Fi, Bluetooth, BLE, ZigBee and Thread, que são muito utilizados em aplicações de IoT. Além disso, integra uma plataforma multimídia que permite aplicações com aceleração de gráficos 2D, sensor de câmera paralelo I/F, controlador de exibição LCD até WVGA e áudio multicanal de alto desempenho. Essa é a plataforma multimídia mais abrangente já integrada a um núcleo Cortex-M.

Por apresentar uma alta integração, trazendo embutido o circuito de gerenciamento de energia já com o conversor DC/DC. Não é necessária uma fonte de energia externa, reduzindo, assim, o valor da BOM do projeto. Com um package BGA de 10 x 10 com .65 mm de pich, é possível desenvolver projetos em placas de 4 camadas. A figura a seguir exibe a simplificação do sistema usando o processador crossover:

Simplificação do sistema com processador crossover
Figura 2 – Simplificação do sistema com processador crossover

A NXP promete que essa nova classe de processadores terá o dobro de velocidade pela metade do preço.

Aplicações

  • Subsistema de áudio – microfones, pedais de guitarras;
  • Produtos de consumo – Aparelhos inteligentes, câmeras, LCDs;
  • Automação predial e residencial – Controle climático HVAC, segurança, controle de iluminação, gateways IoT;
  • Indústria – PLCs, automação de chão de fábrica, testes, medições, M2M, HMI e controle de robos de linha de montagem;
  • Controle de Motor e Conversão de Energia – Impressoras 3D, impressoras térmicas, veículos autônomos não tripulados, aspiradores robotizados.

Para programação é possível aproveitar as ferramentas dos MCUs existentes, como MCUXpresso, IAR e Keil e também FreeRTOS e o mbed da ARM.

Esse processador estará disponível em outubro deste ano com a estimativa de preço de $3,00 por unidade  para um pedido 10.000 unidades.

Confira mais detalhes em: i.MX RT Series: Crossover Processor

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

[wpseo_breadcrumb]
Comentários:
Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:

Séries

Menu
Privacy Settings saved!
Configurações de Privacidade

Entenda quais dados e informações usamos para ter melhor entrega de conteúdo personalizado para você.

These cookies are necessary for the website to function and cannot be switched off in our systems.

Para usar este site, usamos os seguintes cookies tecnicamente exigidos

  • wordpress_test_cookie
  • wordpress_logged_in_
  • wordpress_sec

Decline all Services
Accept all Services