i.MX RT – Nova série de processadores crossover da NXP

i.MX RT

A NXP anunciou uma nova classe de processadores, a série i.MX RT, o primeiro processador crossover da indústria. Combinando alto desempenho com funcionalidade em tempo real, a série i.MX RT de processadores crossover foi projetada para suportar as aplicações IoT com um alto nível de integração e segurança equilibrada, e com a usabilidade a nível do MCU. Tudo isso a um preço acessível.

Detalhes do processador crossover i.MX RT

O primeiro dispositivo dessa família é o i.MX RT1050A seguir é apresentado o seu diagrama de blocos:

Diagrama de blocos i.MX RT1050
Figura 1 – Diagrama de blocos i.MX RT1050

O processador crossover i.MX RT1050 vem com um ARM Cortex-M7 de alto desempenho com operação em tempo real, entregando 3015 CoreMark/1284 DMIPS em  600 MHz. Isso é 250% mais rápido que os Cortex-M4 existentes. Com 512 KB de memória SRAM/TCM, chegando a uma latência de interrupção de 20 ns. Possui controle de energia eficiente e traz integrados conversores DC/DC que possibilitam um controle de energia dinâmico, chegando a consumir menos de 110 µA/MHz.

Possui um alto nível de integração, trazendo criptografia AES-128, HAB, TRNG e decodificação flash QSPI on-the-fly. Possui interfaces para Wi-Fi, Bluetooth, BLE, ZigBee and Thread, que são muito utilizados em aplicações de IoT. Além disso, integra uma plataforma multimídia que permite aplicações com aceleração de gráficos 2D, sensor de câmera paralelo I/F, controlador de exibição LCD até WVGA e áudio multicanal de alto desempenho. Essa é a plataforma multimídia mais abrangente já integrada a um núcleo Cortex-M.

Por apresentar uma alta integração, trazendo embutido o circuito de gerenciamento de energia já com o conversor DC/DC. Não é necessária uma fonte de energia externa, reduzindo, assim, o valor da BOM do projeto. Com um package BGA de 10 x 10 com .65 mm de pich, é possível desenvolver projetos em placas de 4 camadas. A figura a seguir exibe a simplificação do sistema usando o processador crossover:

Simplificação do sistema com processador crossover
Figura 2 – Simplificação do sistema com processador crossover

A NXP promete que essa nova classe de processadores terá o dobro de velocidade pela metade do preço.

Aplicações

  • Subsistema de áudio – microfones, pedais de guitarras;
  • Produtos de consumo – Aparelhos inteligentes, câmeras, LCDs;
  • Automação predial e residencial – Controle climático HVAC, segurança, controle de iluminação, gateways IoT;
  • Indústria – PLCs, automação de chão de fábrica, testes, medições, M2M, HMI e controle de robos de linha de montagem;
  • Controle de Motor e Conversão de Energia – Impressoras 3D, impressoras térmicas, veículos autônomos não tripulados, aspiradores robotizados.

Para programação é possível aproveitar as ferramentas dos MCUs existentes, como MCUXpresso, IAR e Keil e também FreeRTOS e o mbed da ARM.

Esse processador estará disponível em outubro deste ano com a estimativa de preço de $3,00 por unidade  para um pedido 10.000 unidades.

Confira mais detalhes em: i.MX RT Series: Crossover Processor

Website | Veja + conteúdo

O Embarcados tem como foco inspirar qualidade e inovação tecnológica, disseminando o conhecimento da área de sistemas embarcados.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Comentários:
Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:

Séries

Menu