Implicações da pandemia do novo coronavírus para a indústria de Semicondutores

corona virus indústria semicondutores

A Consultoria Mckinsey publicou um relatório no mês passado onde aponta as principais implicações da pandemia do novo Coronavírus para a indústria de semicondutores. No documento, enfatiza que essa crise do COVID-19 é sem precedentes para todo o mercado. A recessão anterior, de 2007 a 2008, foi impulsionada pela estagnação da demanda de consumo, enquanto a crise atual gerada pela pandemia gera um choque de demanda e de oferta globais, criando um duplo desafio. E esse fato dificulta extrapolar baseado nas experiências de crises passadas para fazer previsões.

O relatório fornece orientações sobre como a demanda de semicondutores mudará no curto e médio prazo - levando em consideração pesquisas sobre o mercado chinês em recuperação e projeções globais do PIB. As projeções do PIB utilizadas para o relatório em questão são baseadas em dois dos nove cenários que a McKinsey desenvolveu para a recuperação global do PIB, e em ambos cenários, assume-se que a disseminação do coronavírus é eventualmente controlada e danos catastróficos são evitados. No primeiro cenário, o PIB global se recupera no quarto trimestre de 2020 - Q4 2020; no segundo, a recuperação está postergada até o final de 2022 - Q4 2020.

Com base nos dois cenários que a McKinsey avaliou, espera que a demanda caia de 5 a 15% para a indústria de semicondutores como um todo este ano, se comparado a 2019. Quebrando isso para as projeções de diferentes mercados finais - PC ou servidor, comunicação sem fio, comunicação com fio, eletrônicos de consumo, automotivo e aplicações industriais - mostra que as mudanças na demanda variam muito, com declínios acentuados previstos para alguns mercados e ganhos esperados em outros. Essas diferenças podem ser explicadas pela diversidade de tendências que afetam a demanda por semicondutores e o impacto variável das forças macroeconômicas sobre cada mercado.

Veja um gráfico disponibilizado pela McKinsey, que destaca alguns mercados que utilizam semicondutores em seus produtos:

relatorio mckinsey

Figura 1 - O mercado de semicondutores como um todo diminuirá de 5 a 15% em 2020 - Fonte: Relatório da McKinsey

 

Relatório McKinsey - Principais implicações da pandemia do novo coronavírus para a indústria de Semicondutores

Para acessar o relatório completo da Mckinsey, acesse o link

Fonte:
Coronavirus: Implications for the semiconductor industry (April 2020)
The coronavirus is shifting demand patterns for major semiconductor end markets. How will these changes ultimately affect the semiconductor industry, and how can leaders respond?
by Harald Bauer, Ondrej Burkacky, Peter Kenevan, Abhijit Mahindroo, and Mark Patel - McKinsey & Company

 

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Notícias » Implicações da pandemia do novo coronavírus para a indústria de Semicondutores
Talvez você goste:

Nenhum resultado encontrado.

Comentários:

Deixe um comentário

avatar
  Notificações  
Notificar

Séries

Menu