Gravação de imagens Linux na CoM Colibri T30

Entenda o processo de gravação de imagens Linux na CoM Colibri T30 da Toradex.
imagens Linux na CoM Colibri T30

Introdução

Computadores embarcados ou embutidos em sistemas estão em ascensão no mundo todo e têm se popularizado no Brasil com plataformas de hardware e software livre. Existem diversas opções no mercado nacional de plataformas para o desenvolvimento de sistemas embarcados, e podemos combinar hardware proprietário com software livre ou hardware livre com software proprietário, entre outras combinações.

Dentre elas, os computadores em módulo da Toradex apresentam-se como uma boa alternativa de plataforma de uso profissional para o desenvolvimento de sistemas comerciais. Possui diversas placas de desenvolvimento e vários módulos de processadores com opção de sistema operacional livre e proprietário.

Este tutorial apresenta como gravar imagens Linux na CoM Colibri T30, disponibilizadas pela Toradex, utilizando uma IRIS Carrier board como plataforma de interfaces e UBUNTU como opção de sistema operacional do computador host de desenvolvimento.

A seguir veremos o passo a passo para gravar via hardware flashing o sistema Linux no módulo.

Hardware

Todo o material necessário para gravar a imagem do Linux no teu módulo Colibri T30 são basicamente:

  • um computador 32 ou 64 bits usado como host (no caso usamos o sistema operacional Ubuntu);
  • teclado e mouse;
  • hub USB (para ligar os dispositivos no módulo);
  • cabo adaptador RS232-USB (para conectar o terminal remoto do módulo no host, é este terminal que acessa o Shell do Linux embarcado);
  • cabo USB;
  • monitor e;
  • fonte.

Host (PC) – máquina 32 bits rodando Ubuntu 10.04

gravar imagens linux na CoM Colibri T30: ubuntu
Figura 1 – Host (PC) – máquina 32 bits rodando Ubuntu 10.04

Target (Toradex) – Colibri T30 V1.1 E (1GB) com IRIS Carrier board V1.1 A

gravar imagens linux na CoM Colibri T30: target
Figura 2 – Target (Toradex) – Colibri T30 V1.1 E (1GB) com IRIS Carrier board V1.1 A

Cabo USB macho A – macho mini B

gravar imagens linux na CoM Colibri T30: cabo usb
Figura 3 – Cabo USB macho A – macho mini B

Monitor com adaptador DVI – VGA

Monitor com adaptador DVI – VGA
Figura 4 – Monitor com adaptador DVI – VGA

Teclado e mouse USB

Teclado e mouse USB
Figura 5 – Teclado e mouse USB

Hub USB (sem alimentação externa)

Hub USB (sem alimentação externa)
Figura 6 – Hub USB (sem alimentação externa)

Fonte 9V @1A

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: fonte
Figura 7 – Fonte de alimetação

Software

 

1 – Preparando a imagem no host

Primeiramente monte o hardware, coloque o CoM T30 na Carrier board e plugue o monitor, teclado e mouse, usando o hub USB, e fonte. Conforme ilustrado nas figura 8 e 9 abaixo.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: sistema
Figura 8 – Sistema conectado
gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: sistema
Figura 9 – Sistema conectado

Observação: O cabo RS232 é usado para acesso ao Shell do Linux no host. O terminal que estará disponível no ambiente LXDE não possui acesso. Embora o conector X13 da placa Iris seja RS232 full, são necessários apenas os pinos RX pino 3, TX pino 5 e GND pino 9, e no conector DB9, RX pino 2, TX pino 3 e GND pino 5. É aconselhável utilizá-lo, porém, para o processo de gravação da imagem é optativo. Aconselha-se o seu uso no processo, porém é totalmente factível a sua execução sem o dispositivo. A versão da imagem testada foi 2.3 beta 1. Lembre-se de executar no seu host algum terminal RS232 como picocom, minicom e etc. A configuração que deve ser usada para a porta é 115000 bauds 8N1.

Abra seu navegador no host e vá para o link das imagens Linux no site da Toradex.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: imagens toradex
Figura 10 – Imagens Linux no site da Toradex

Escolha a distribuição que lhe interessa.

Abra o terminal no Ubuntu.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: terminal
Figura 11 – Terminal do Ubuntu

Navegue no sistema até a pasta (etc), esse é um diretório que contém os arquivos de configuração do sistema. É nesta pasta que iremos baixar a imagem Linux.

Confira os arquivos presentes neste diretório.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: terminal
Figura 11 – Arquivos da pasta /etc

Agora, confira os dispositivos USB presentes no host. Até aqui, deixe desconectados o host e o target.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: lsusb
Figura 12 – Verificação do dispositivos USB conectados

Baixe a imagem dentro do diretório de destino, para isso será necessária a permissão sudo. No navegador coloque o mouse sobre o link da imagem escolida, click com o botão direito, copie e cole no terminal, e execute em seguida o comando que fará o download do arquivo no host.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: wget
Figura 13 – Obtendo uma imagem da Toradex

Isso pode levar alguns minutos. Para conferir se o arquivo foi baixado, execute o comando (sudo ls).

Agora, descompacte o arquivo (.tar.bz2) que contém os arquivos de gravação do Linux embarcado.

2 – Preparando a gravação

Conecte o target ao host por meio do cabo USB.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: host-e-target
Figura 14 – Conectando o host com o target

Confira se o novo dispositivo USB foi reconhecido pelo host:

Neste momento conecte o jumper aos pinos da placa IRIS. Basta ligar a placa curto-circuitando o pad 1 e 2 do Jumper JPI. Conecte o pino 1 do jp1 ao pino 2 com um fio ou um jumper. Ligue seu target.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: IRIS
Figura 15 – Conectando jumper na placa IRIS

Faça o boot do target, o Colibri neste momento passa a esperar o bootloader ele não terminará seu boot. Nada será apresentado no monitor, isso significa que seu hardware entrou em modo de gravação.

3 – Bootloader

No host, navegue para pasta que foi baixada e contém os arquivos da imagem Linux que será gravada no módulo.

Confira os arquivos devem conter o Kernel, root files, update e etc.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: arquivos
Figura 16 – Arquivos baixados do site da Toradex

Execute o arquivo update.sh, esse é o arquivo que quando executado fará o processo de bootloader no seu target.

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: update
Figura 17 – Update do bootloader

Retire o jumper do target e reinicie o target. Pronto!

Referências

https://www.embarcados.com.br/compilando-uma-distribuicao-linux-openembedded/

http://developer.toradex.com/knowledge-base/bootloader

http://developer.toradex.com/knowledge-base/txx-recovery-mode

http://developer.toradex.com/software-resources/arm-family/linux/images/flashing-t20-t30-linux-from-windows

http://developer.toradex.com/knowledge-base/bootloader-menu

http://developer.toradex.com/how-to/first-steps-with-iris

http://developer1.toradex.com/files/toradex-dev/uploads/media/Colibri/Linux/Images/

http://developer.toradex.com/knowledge-base/iris-carrier-board-peripherals#RS232_port_on_X13

http://developer.toradex.com/knowledge-base/how-to-setup-environment-for-embedded-linux-application-development

http://developer.toradex.com/software-resources/arm-family/linux/images/flashing-t20-t30-linux-from-windows

Engenheiro mecatrônico, atualmente desenvolvedor e consultor em projetos de desenvolvimento tecnológico, tem trabalhado com sistemas embarcados e sistemas mecatrônicos desde 2007. Entusiasta de tecnologias acessíveis e democratizadas, tem experiência em sistemas de tempo e frequência. Comunga do universo do conhecimento compartilhado.

Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

WEBINAR

Imagens de Ultrassom: Princípios e Aplicações

DATA: 26/10 ÀS 19:30 H