Gravação de imagens Linux na CoM Colibri T30

imagens Linux na CoM Colibri T30

Introdução

 

Computadores embarcados ou embutidos em sistemas estão em ascensão no mundo todo e têm se popularizado no Brasil com plataformas de hardware e software livre. Existem diversas opções no mercado nacional de plataformas para o desenvolvimento de sistemas embarcados, e podemos combinar hardware proprietário com software livre ou hardware livre com software proprietário, entre outras combinações.

 

Dentre elas, os computadores em módulo da Toradex apresentam-se como uma boa alternativa de plataforma de uso profissional para o desenvolvimento de sistemas comerciais. Possui diversas placas de desenvolvimento e vários módulos de processadores com opção de sistema operacional livre e proprietário.

 

Este tutorial apresenta como gravar imagens Linux na CoM Colibri T30, disponibilizadas pela Toradex, utilizando uma IRIS Carrier board como plataforma de interfaces e UBUNTU como opção de sistema operacional do computador host de desenvolvimento.

 

A seguir veremos o passo a passo para gravar via hardware flashing o sistema Linux no módulo.

 

 

Hardware

 

Todo o material necessário para gravar a imagem do Linux no teu módulo Colibri T30 são basicamente:

  • um computador 32 ou 64 bits usado como host (no caso usamos o sistema operacional Ubuntu);
  • teclado e mouse;
  • hub USB (para ligar os dispositivos no módulo);
  • cabo adaptador RS232-USB (para conectar o terminal remoto do módulo no host, é este terminal que acessa o Shell do Linux embarcado);
  • cabo USB;
  • monitor e;
  • fonte.

 

Host (PC) – máquina 32 bits rodando Ubuntu 10.04

 

gravar imagens linux na CoM Colibri T30: ubuntu
Figura 1 - Host (PC) – máquina 32 bits rodando Ubuntu 10.04

 

Target (Toradex) – Colibri T30 V1.1 E (1GB) com IRIS Carrier board V1.1 A

 

gravar imagens linux na CoM Colibri T30: target
Figura 2 - Target (Toradex) – Colibri T30 V1.1 E (1GB) com IRIS Carrier board V1.1 A

 

Cabo USB macho A – macho mini B

 

gravar imagens linux na CoM Colibri T30: cabo usb
Figura 3 - Cabo USB macho A – macho mini B

 

Monitor com adaptador DVI – VGA

 

Monitor com adaptador DVI – VGA
Figura 4 - Monitor com adaptador DVI – VGA

 

Teclado e mouse USB

 

Teclado e mouse USB
Figura 5 - Teclado e mouse USB

 

Hub USB (sem alimentação externa)

 

Hub USB (sem alimentação externa)
Figura 6 - Hub USB (sem alimentação externa)

 

Fonte 9V @1A

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: fonte
Figura 7 - Fonte de alimetação

 

 

Software

 

1 - Preparando a imagem no host

 

Primeiramente monte o hardware, coloque o CoM T30 na Carrier board e plugue o monitor, teclado e mouse, usando o hub USB, e fonte. Conforme ilustrado nas figura 8 e 9 abaixo.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: sistema
Figura 8 - Sistema conectado

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: sistema
Figura 9 - Sistema conectado

 

Observação: O cabo RS232 é usado para acesso ao Shell do Linux no host. O terminal que estará disponível no ambiente LXDE não possui acesso. Embora o conector X13 da placa Iris seja RS232 full, são necessários apenas os pinos RX pino 3, TX pino 5 e GND pino 9, e no conector DB9, RX pino 2, TX pino 3 e GND pino 5. É aconselhável utilizá-lo, porém, para o processo de gravação da imagem é optativo. Aconselha-se o seu uso no processo, porém é totalmente factível a sua execução sem o dispositivo. A versão da imagem testada foi 2.3 beta 1. Lembre-se de executar no seu host algum terminal RS232 como picocom, minicom e etc. A configuração que deve ser usada para a porta é 115000 bauds 8N1.

 

Abra seu navegador no host e vá para o link das imagens Linux no site da Toradex.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: imagens toradex
Figura 10 - Imagens Linux no site da Toradex

 

Escolha a distribuição que lhe interessa.

 

Abra o terminal no Ubuntu.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: terminal
Figura 11 - Terminal do Ubuntu

 

Navegue no sistema até a pasta (etc), esse é um diretório que contém os arquivos de configuração do sistema. É nesta pasta que iremos baixar a imagem Linux.

 

Confira os arquivos presentes neste diretório.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: terminal
Figura 11 - Arquivos da pasta /etc

 

Agora, confira os dispositivos USB presentes no host. Até aqui, deixe desconectados o host e o target.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: lsusb
Figura 12 - Verificação do dispositivos USB conectados

 

Baixe a imagem dentro do diretório de destino, para isso será necessária a permissão sudo. No navegador coloque o mouse sobre o link da imagem escolida, click com o botão direito, copie e cole no terminal, e execute em seguida o comando que fará o download do arquivo no host.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: wget
Figura 13 - Obtendo uma imagem da Toradex

 

Isso pode levar alguns minutos. Para conferir se o arquivo foi baixado, execute o comando (sudo ls).

 

Agora, descompacte o arquivo (.tar.bz2) que contém os arquivos de gravação do Linux embarcado.

 

2 - Preparando a gravação

 

Conecte o target ao host por meio do cabo USB.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: host-e-target
Figura 14 - Conectando o host com o target

 

Confira se o novo dispositivo USB foi reconhecido pelo host:

 

Neste momento conecte o jumper aos pinos da placa IRIS. Basta ligar a placa curto-circuitando o pad 1 e 2 do Jumper JPI. Conecte o pino 1 do jp1 ao pino 2 com um fio ou um jumper. Ligue seu target.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: IRIS
Figura 15 - Conectando jumper na placa IRIS

 

Faça o boot do target, o Colibri neste momento passa a esperar o bootloader ele não terminará seu boot. Nada será apresentado no monitor, isso significa que seu hardware entrou em modo de gravação.

 

 

3 - Bootloader

 

No host, navegue para pasta que foi baixada e contém os arquivos da imagem Linux que será gravada no módulo.

 

Confira os arquivos devem conter o Kernel, root files, update e etc.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: arquivos
Figura 16 - Arquivos baixados do site da Toradex

 

Execute o arquivo update.sh, esse é o arquivo que quando executado fará o processo de bootloader no seu target.

 

gravar imagens Linux na CoM Colibri T30: update
Figura 17 - Update do bootloader

 

Retire o jumper do target e reinicie o target. Pronto!

 

 

Referências

 

- https://www.embarcados.com.br/compilando-uma-distribuicao-linux-openembedded/

- http://developer.toradex.com/knowledge-base/bootloader

- http://developer.toradex.com/knowledge-base/txx-recovery-mode

- http://developer.toradex.com/software-resources/arm-family/linux/images/flashing-t20-t30-linux-from-windows

- http://developer.toradex.com/knowledge-base/bootloader-menu

- http://developer.toradex.com/how-to/first-steps-with-iris

- http://developer1.toradex.com/files/toradex-dev/uploads/media/Colibri/Linux/Images/

- http://developer.toradex.com/knowledge-base/iris-carrier-board-peripherals#RS232_port_on_X13

- http://developer.toradex.com/knowledge-base/how-to-setup-environment-for-embedded-linux-application-development

- http://developer.toradex.com/software-resources/arm-family/linux/images/flashing-t20-t30-linux-from-windows

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Rodrigo Duarte Pechoneri
Engenheiro mecatrônico atualmente doutorando em engenharia mecânica, desenvolvedor do projeto de relógio atômico de átomos frios portátil, tem trabalhado com sistemas embarcados e sistemas mecatrônicos desde 2007, atualmente vem se entusiasmando bastante com hardware e software livre buscando aprender mais sobre Linux embarcado, musico nas horas vagas.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar