iCEBreaker: Placa FPGA para estudantes e professores

As placas de desenvolvimento com FPGA estão ficando cada vez mais populares. Recentemente foram lançadas placas bem acessíveis, como, a Fipsy e até uma placa Arduino, a MKR Vidor 4000.

 

A disponibilidade de uma toolchain open source para a família Lattice, facilita o desenvolvimento de placas baseadas nessa família.

 

Entrando na onda, a placa iCEBreaker FPGA, foi lançada pela 1BitSquared em uma campanha de crowdfunding, no Crowd Supply, com a proposta de alcançar o público de estudantes e professores.

 

A iCEBreaker, foi desenvolvida com base na FPGA Lattice iCE40UP5k, que possui capacidade para hospedar CPUs soft-core como picorv32, picosoc, RISC-V e outras.

 

Já possui integrado o programador FPGA e adaptador USB/serial, facilitando a programação e comunicação serial com o computador.

 

 

A iCEBreaker possui três conectores Pmod, o que contribui para uma ampla gama de opções de expansão:

Ela é compatível com diversas ferramentas de código aberto para FPGA, como, IceStorm, icestudio, Yosys e outros.

Confira um vídeo com o primeiros passos com a placa

 

 

Detalhes do Hardware

 

Diagrama de blocos funcional:

Vista superior da placa:

Vista inferior da placa:

 

A placa está em campanha no Crowd Supply. O valor para a placa está em $69 e um kit que inclui a placa, display de 7 segmentos, DiP Switch e instruções de workshop, por $79.

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Fábio Souza
Engenheiro, especialista em sistemas embarcados. Hoje é diretor de operações do portal Embarcados, onde trabalha para levar conteúdos de eletrônica, sistemas embarcados e IoT para o Brasil. Também atua no ensino eletrônica e programação. É entusiastas do movimento maker, da cultura DIY e do compartilhamento de conhecimento, publica diversos artigos sobre eletrônica e projetos open hardware. Com iniciativas como o projeto Franzininho e projetos na área de educação, leva a cultura maker para o Brasil capacitando e incentivando professores e alunos a usarem tecnologia em suas vidas. Participou da residência hacker 2018 no Red Bull Basement.

1
Deixe um comentário

avatar
 
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Luis Claudio de Oliveira Silva Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Luis Claudio de Oliveira Silva
Visitante
Luis Claudio

Excelente! Vou compartilhar e divulgar pros alunos!!!