Google recua e muda estratégia para Android Things OS

A Google anunciou uma mudança nos rumos do projeto Android Things OS, iniciado em 2016 para prover um sistema operacional para IoT - Internet das Coisas. O projeto Android Things agora vai se concentrar em dar suporte a projetos de telas inteligentes e caixas de som desenvolvidas com o OS. Entre os parceiros que continuam tendo suporte por conta do desenvolvimento desses tipos de soluções estão a Lenovo e a JBL, com os produtos Lenovo Smart Display 10 e JBL Link View.

 

A visão inicial do projeto Android Things era licenciar SOMs (System-on-module) de diferentes fabricantes com o OS desenvolvido pela Google e recomendá-los para construção de novos produtos. Entre os fabricantes de silício que estavam já trabalhando com o Google destacam-se NXP, MediaTek e Qualcomm. A estratégia então muda pra não mais certificar SoMs, mas apenas suportar as soluções que mais deram retorno com o projeto Android Things.

 

Imagens para quem quiser testar o Android Things OS e construir seus dispositivos ainda estarão disponíveis para download, para as plataformas de hardware NXP i.MX7D e a placa Raspberry Pi 3.

 

No entanto, o Google IoT Core, plataforma para conectar dispositivos IoT à rede Google, está mantido, e permite que se conecte a serviços de nuvem tais como o Cloud Machine Learning Engine, Google BigQuery e o Google Data Studio. Também o projeto Edge TPU está em plena expansão, que é um ASIC desenvolvido pelo próprio Google a fim de rodar algoritmos e modelos de Inteligência Artifical no próprio dispositivo, complementando o poder de processamento de CPUs, GPUs, FPGAs e mesmo outras ASICs continua a todo vapor. Ainda não lançado como versão para produção, apenas acessível a testes, o Cloud IoT Edge é a plataforma de software que funciona em sistemas operacionais linux e disponibiliza conectividade direta à nuvem Google e também utiliza as características de hardware do Google Edge TPU para aceleração de hardware do ASIC Google para processamento intenso no próprio dispositivo.

 

Figura: Google Cloud IoT Edge

Saiba mais:

https://android-developers.googleblog.com/2019/02/an-update-on-android-things.html

 

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Thiago Lima
Apaixonado por sistemas digitais e circuitos eletrônicos, ja contabilizo 16 anos trabalhando com desenvolvimento de produtos eletrônicos. Formado na USP Sao Carlos, com mestrado em Engenharia Elétrica no Rochester Institute of Technology pelo CsF, atualmente lidero boa parte das operações do Embarcados, buscando levar conhecimento de sistemas eletrônicos para o Brasil. Experimentar o mundo das startups nos EUA foi transformador. La fui cofundador de uma startup de tecnologia chamada Una, sendo acelerado e incubado por um programa especial de Startups no RIT. Ao final, recebemos um prêmio de melhor startup do programa. No Laboratório Hacker de Campinas sou um dos entusiastas de novas tecnologias e apoio iniciativas da comunidade. Tambem participo de atividades comunitarias e sou um dos responsáveis pela Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, onde escrevo regularmente artigos sobre redução de resíduos. Sou sonhador mesmo e quero acender a luz ?

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar