Freescale Freedom Board FRDM-KE02Z

FRDM-KE02Z

kinetis ke02 FRDM-KE02Z

A plataforma de desenvolvimento Freedom, criada pela Freescale, é uma forma rápida, barata e prática do usuário descobrir o microcontrolador. A placa já vem com alguns componentes, além do microcontrolador, e com hardware já pronto para debug.

 

A nova Freedom Board, chamada FRDM-KE02Z e apresentada acima, foi lançada alguns meses atrás pela Freescale, agora com o microcontrolador MKE02Z64VQH2. Esta placa de baixo custo, vendida lá fora por US$ 12,99 possui, além do microcontrolador:

  • Cristal externo de 10 MHz, mas que permite ao microcontrolador funcionar a 20 MHz;
  • Apesar da propaganda do micro dizer que ele opera em tensões de 5V, neste kit um LDO é utilizado para baixar a tensão para 3V3, que alimenta o KE02 nessa placa;
  • Sensor inercial MMA8451Q, capaz de detectar orientação tridimensional, fornecendo as posições X, Y e Z, além da aceleração. É conectado à I2C0 do microcontrolador;
  • Um Touch Pad em formato de slider;
  • Sensor Infravermelho para envio e recebimento de informações sem fio;
  • Um led de três cores, Vermelho, Verde e Azul, controlados cada um por um GPIO. Dependendo da modulação PWM em cada pino, é possível criar diversas cores;
  • Termistor, para medição de temperatura externa à placa, apesar do microcontrolador já possuir a possibilidade de medida interna de sua temperatura;
  • Headers compatíveis com shields Arduino R3, populares em todo mundo – Há um documento no zip do pacote de arquivos de quick start que mostra a compatibilidade de cada pino com relação ao ARDUINO UNO;
  • Headers compatíveis com uma placa para controle de motores da Freescale chamada APMOTOR56F8000, com um motor brushless Maxon, de 6W 9V, vendida a US$ 100,00 nos EUA. O controle desta placa é feito utilizando PWM.

 

Ferramentas de desenvolvimento

 

O debug pode ser feito utilizando a porta USB, por um circuito montado na placa que faz uso da interface  OpenSDA (Mass Storage Device por padrão). O Conector MIPI-10 JTAG/SWD não está montado. Com ele também seria possível debug com a ferramenta I-jet, por exemplo. O micro que faz essa interface é um K20 - PK20DX128VFM5.

 

Como ferramentas para utilizar a placa, o site da Freescale tem instruções para utilizar os ambientes de desenvolvimento IAR, KEIL e CodeWarrior.

 

Um RTOS também é disponibilizado pela Freescale, o MQX-Lite, para aplicações com micros pequenos como esse.

 

mqx FRDM-KE02Z

 

   Você pode comprar sua placa aqui

 

Referências e documentação:

 

Kinetis E 

FRDM-KE02Z: Kinetis E Series Freedom Development Platform

KE02 Sub-family Reference Manual - Document Number: MKE02Z64M20SF0RM Rev 3, July 2013

Quick Start guide

Acelerômetro Freescale MMA8451Q

MQX Lite RTOS

Esquemático completo

Element 14

twitter @Freescale @ElectronicDesgn's William Wong overviews #Kinetis E MCUs, "32-Bit Micro Still Handles 5 V For Harsh Environments" http://ow.ly/p1WyD 
NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Thiago Lima
Sou formado em Engenharia Elétrica na USP Sao Carlos, com mestrado em Engenharia Elétrica no Rochester Institute of Technology pelo CsF. Tenho 17 anos de experiência em projetos de circuitos eletrônicos. Escrevo regularmente para o Embarcados, adoro eventos sobre tecnologia, onde posso rever amigos e conhecer pessoas do ramo.

4
Deixe um comentário

avatar
 
2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Henrique RossiThiago LimaRonaldo NunezMatheus Quick Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Matheus Quick
Visitante
Matheus Quick

Excelente alternativa ao arduino.

Ronaldo Nunez
Visitante

Bacana o artigo! A freedom é uma alternativa bem interessante ao Arduino e as Launchpads. Outro ponto bacana, é possível utilizar ferramentas grátis e open com ela, como aponta o tutorial no link http://bit.ly/1eGYGLc

Thiago Lima
Visitante

É mesmo, Ronaldo!
Obrigado por enviar o link sobre o uso da Freedom no SO Linux, com OPENOCD!

Henrique Rossi
Visitante

Teremos, na continuação do post sobre STM32F4 e OpenOCD, a criação do ambiente de desenvolvimento, como foi feito para a Freedom, com Eclipse. Abs!