Fórum

Palavra-chave
Destaque/Sem destaque
Resolvida/Não Resolvida
Aberta/Encerrada
2 votos
4k visualizações

Olá, sou Júlio, estudo graduação em Engenharia da Computação e gostaria de ter a vossa opinião sobre o seguinte fato: “Os smartphones, como dispositivos integrados, podem/devem ser considerados como UM sistema embarcado? Ou, devido às circuntâncias, devem ser considerado como um conjunto de sistemas embarcados?”. Esta dúvida vêm me assombrando a algum tempo, e reparei, com o passar do tempo, que as opiniões são muito divergentes sobre esse assunto, teria algum motivo para essa divergência sobre o assunto e, caso sim, haveria uma solução viável para esclarecer essa imparcialidade?
Poderiam me esclarecer essas dúvidas?

Att.
Júlio F.

2 votos
4k visualizações

O μstart for PIC é uma plataforma de desenvolvimento com o microcontrolador PIC18F4550 da Microchip® ideal para seus protótipos ou projetos pois não precisa de gravador externo já que o bootloader pré-gravado resolve esta questão carregando o programa diretamente via USB.

uStart for PIC

Pode ser adquirido pelo ML neste link, ou entre em contato [email protected]

  • Marcos Ribeiro perguntada 4 anos atrás
  • última atividade 2 anos atrás
0 votos
4k visualizações

Bom dia!
Gostaria de uma ajuda, para poder escolher um hardware para fazer um projeto que envolva processamento de imagem, sei que microcontrolador não será capaz de realizar todo o processamento, ai descobri que existem os microprocessadores, tais como Raspberry, BeagleBoard, entre outras, mas não sei se possuem capacidade para o que eu gostaria de fazer, também não sei muito sobre elas e gostaria que se pudessem me ajudar gostaria que me indicassem uma ordem de conteúdos para poder aprender sobre estas placas.

Desde já obrigado!

  • Lucas Tamanini perguntada 4 anos atrás
  • última atividade 4 anos atrás
0 votos
4k visualizações

Boa Tarde à todos!

Meu nome é Augusto Cesar, estou em um projeto onde os colegas da Mecatrônica estão desenvolvendo um dispositivo que deve ser acionado por comandos enviados pela minha aplicação escrita em Java, e também a minha aplicação deve ‘reconhecer’ sinais enviados pela placa Arduino UNO.

Ocorre que nunca trabalhei com este tipo de aplicação, e pesquisando na Internet, encontrei alguns desenvolvedores que utilizam a biblioteca rxtx, e outros utilizam a usb4java.

Fiz diversos testes com as duas bibliotecas, mas sem sucesso algum… Utilizando a usb4java e um script de exemplo obtido no site do desenvolvedor, o código HotPlug.java consegue exibir na tela o idVendor e o idProduct da placa, quando a mesma é plugada em uma porta USB.

Na placa existe um programa gravado que envia as palavras ‘proximo’ e ‘anterior’ alternadamente. Preciso ‘capturar’ estas palavras e dar o devido tratamento quando detectar cada uma delas. Também preciso fazer com que a placa Arduino ‘receba’ um ‘sinal’, seja êle um caracter ou uma palavra, e execute uma lógica que deverá estar gravada na mesma.

As dúvidas começam aqui:

  • Quais as informações, além do idVendor e idProduct que tenho que utilizar nos programas para comunicação com o Arduino?

  • Utilizando o comando lsusb no Linux (Lubuntu 12.04 – 32bits), e alguns parâmetros deste comando, obtive um detalhamento do dispositivo, como ENDPOINT_IN, ENDPOINT_OUT, etc. Observei em alguns códigos java na Internet que também são utilizados para a comunicação. Agora pergunto: o que são estes ENPOINT? Podem existir mais que um ‘IN’ e/ou ‘OUT’ no mesmo dispositivo? Se sim, qual utilizar?

  • Os valores dos atributos como idVendor, idProduct, etc., estão em Hexadecimal?

  • Alguém teria um exemplo de, pelo menos, um código que pudesse ‘ler’ o que está sendo enviado pela placa, tal que fosse impresso na tela?

Pedindo desculpas por uma mensagem extensa, mas tentando esclarecer minhas dúvidas e agradecendo antecipadamente qualquer ajuda,

atenciosamente

Augusto Cesar de Sá Nunes

0 votos
3k visualizações

Olá Pessoal,
Sou programador e estou desenvolvendo um projeto em Python/kivy, pretendo usar uma raspberryPI e uma tela touch screen.
A ideia é que esta tela interaja com o usuário através dos toques e lhe permita navegar nas opções que irão aparecendo, (Montagem tipo totem).

Algum dos golegas poderia me indicar estudos no assunto Raspberry e telas touch?
Agradeço Pessoal!

  • Leandro Santos perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
3 votos
3k visualizações

Galera vendo conversores USB to RS232 / RS485 / TTL

  • RS-232 com todos sinais disponíveis (RX, TX, RTS, CTS, DSR, DTR, DCD
    e RI) via DB9 Macho;
  • RS-485 com controle de direção automático (HALF DUPLEX) com “jumps” para resistores de pull-up, pull-down e terminação do barramento;
  • TTL com todos sinais disponíveis (RX, TX, RTS, CTS, DSR, DTR, DCD e RI) podendo operar em niveis de tensão TTL 5V ou 3V3 de acordo com “jump” de seleção.

PINOUT

CONVERSOR

Pode ser adquirido pelo ML neste link, ou entre em contato [email protected]

  • Marcos Ribeiro perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 3 anos atrás
0 votos
3k visualizações

Boa noite, sou iniciante no assunto e durante meus estudos me surgiu uma dúvida.Vou exemplificar: Ao fazer uso de um display 7 segmentos de anodo comum eu vi que precisa de uma corrente de 10mA por segmento, e supondo que o display precise de 2V, e eu aplique uma corrente de 5V, qual resistor que devo usar nas saídas e na entrada do display. Pois, ja que o display trabalha com 7 leds, elas estão ligadas em paralelo, e cada led precisa de 10 mA, então não era para multiplicar essa corrente necessária pelo numero de leds?

V=R(I7)
5-2=R(0,017)
3=R*0.07…

3 votos
3k visualizações

Olá pessoal,

Gostaria de perguntar a opinião de vocês quanto a outros processadores de 32 bits. O mundo da eletrônica ficou tão saturado com a tecnologia ARM, que pouco vemos do que existe por aí.

Então segue a pergunta. Você considera fazer projetos com outros processadores de 32 bits? Se sim, qual?

PIC32, V850, AVR32, 68K (DragonBall), Super-H? Algum outro?
Um grande abraço.

Francesco

1 voto
3k visualizações

Buenas pessoal!

Estou precisando controlar servo motores via um raspberry B+, pensei em usar um shield para isso (http://www.dx.com/pt/p/16-way-servo-control-expansion-board-for-raspberry-pi-b-b-arduino-blue-340853#.VGk12ZPF-W5), alguém já teve alguma experiência com esse tipo de ligação/uso?

Agradeço desde já pela leitura e possível ajuda.

0 votos
0 respostas
3k visualizações

Amigos, gostaria de saber a opinião sincera de vcs sobre a Orange Pi.

Desde já agradeço.

http://www.sistemasembarcados.org

Mostrando 11 - 20 de 380 resultados