Categoria: Geral

Palavra-chave
Destaque/Sem destaque
Resolvida/Não Resolvida
Aberta/Encerrada
2 votos
8k visualizações

Olá Pessoal,

Muito se discute sobre o uso do Arduino no mundo dos embarcados. Projetistas antigos defendem o aprendizado do microcontrolador em mais baixo nível e que a plataforma arduino abstrai muito. Por outro lado a curva de aprendizagem (conseguir fazer algo) é muito mais rápida com Arduino em curso técnicos, por exemplo. Outro ponto interessante da plataforma é a constante evolução e aprimoramento do hardware e bibliotecas

Gostaria de saber de vocês, que trabalham diariamente com sistemas embarcados, como enxergam essa plataforma no mercado e o que acham dela como plataforma de aprendizagem(dar os primeiros passos no mundo dos embarcados)?

  • Fábio Souza perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
2 votos
3k visualizações

Boa tarde.
Eu estou trabalhando em um projeto no qual eu uso um microcontrolador ARM e um display 3.2″ touchscreen. Alguém poderia me informar um software para criar as telas, de preferencia free.
Grato pela atenção.

  • Visitante perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
2 votos
1k visualizações

Olá Pessoal,

Quais livros os profissionais da área de Sistemas Embarcados devem ter em sua biblioteca?

Quais vocês indicariam?

Abraços

  • Fábio Souza perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
2 votos
4k visualizações

Olá, sou Júlio, estudo graduação em Engenharia da Computação e gostaria de ter a vossa opinião sobre o seguinte fato: “Os smartphones, como dispositivos integrados, podem/devem ser considerados como UM sistema embarcado? Ou, devido às circuntâncias, devem ser considerado como um conjunto de sistemas embarcados?”. Esta dúvida vêm me assombrando a algum tempo, e reparei, com o passar do tempo, que as opiniões são muito divergentes sobre esse assunto, teria algum motivo para essa divergência sobre o assunto e, caso sim, haveria uma solução viável para esclarecer essa imparcialidade?
Poderiam me esclarecer essas dúvidas?

Att.
Júlio F.

1 voto
1k visualizações

Pelo amor de padre Landell de Moura…. mas é só com muita reza pra encontrar componentes aqui no Brasil.
Uma situação insustentável. Estamos fadados a protótipos de quinta categoria ou então levar algum projeto por dois anos até que esteja tudo fechado.

A alguns anos atrás iniciei uma conversa no forum Arduino/portugues sobre a ideia de se criar um clube para aquisição de componentes. No decorrer do desenvolvimento sempre precisamos fazer alguma adequação, incluir um componente diferente, mudar o design de algum bloco. Nessas horas precisamos de alguns poucos componentes para avaliação, teste, validação e é praticamente inviável manter este fluxo a não ser que se gaste muito dinheiro, por componentes de 2 dolares…. Só a taxa de envio + impostos torna um simples componente 20x,40x mais caro, ou mais…

Precisamos de algum esquema/clube onde pessoas interessadas adicionem componentes (mouser por exemplo ou qualquer outro), até fechar uma rodada. Rodada fechada, todo mundo divide os custos com o envio e seus impostos. Alguém por aí interessado em discutir a ideia?

E se alguém puder me dar uma dica:
Estou num projeto onde poderia usar o 74hx4066, contudo, para o fechamento da placa o que eu precisaria mesmo seria http://www.onsemi.com/pub_link/Collateral/NL7WB66-D.PDF ou http://www.ti.com/lit/ds/symlink/lms4684.pdf ou http://www.ti.com/lit/ds/symlink/sn74lvc2g66.pdf ou qualquer outro dual switch. Quem disse que encontro ao menos um lugar no Brasil que venda isto? Só um exemplo. Ou onde compro um opamp de precisão como http://www.ti.com/lit/ds/symlink/opa2333-ht.pdf por exemplo? Até mesmo MOSFET, dependendo do que precisar, já é difícil encontrar….

Eu acho que a comunidade precisar se unir para buscar soluções práticas para este problema porque é extremamente desanimador.

Saudações
Rodrigo

  • RodrigoNH07 perguntada 3 anos atrás
  • última atividade 3 anos atrás
1 voto
2k visualizações

Prezados senhores;

Temos uma ponte de 06 IGBTs. Gostaríamos saber, qual é a melhor forma de implementar o Controlador PWM dos IGBTs do módulo?

Grato

Walter Sanchez

  • walter sanchez perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
1 voto
0 respostas
1k visualizações

Prezados,

Comprei um kit de desenvolvimento STM32 Primer2 a aproximadamente 3 anos atrás, e só agora, depois de ter participado do seminário Embarcado Experience, estou motivado a retomar os meus estudos sobre RTos e desenvolvimento de device driver pro Kernel Linux.

A minha dificuldade, apesar de ter lido diversos tutoriais pela internet a fora é fazer com que o ambiente de desenvolvimento/debug funcione corretamente, seja no Linux ou Windows. 

No Linux consegui até aqui montar exatamente o ambiente de desenvolvimento, porém com base no ST-LINK/V2 que não tenho em mãos. E não entendi ainda como usar o OpenOCD. Ou seja consigo compilar o programa usando Eclipse e GNU ARM Compiler, mas não consigo gravar o software na flash do processador do kit.

No Windows 7, consegui fazer o mesmo com o Eclipse, mas não consigo gravar o programa em flash. Tentei fazer uso do IDE Ride7, mas ele não tem os targets configurados. Tentei instalar o RKit-ARM e ele não instala.

Enfim, adoraria trabalhar no usando meu Ubuntu 14.10. Alguma sugestão, o que eu posso fazer?

Abraço.

Oswaldo Fratini Filho.

1 voto
2k visualizações

Pessoal, boa tarde.

Estou fazendo um trabalho para a faculdade e preciso ler os valores de um transdutor de pressão no Arduino, como faço para ler?
Sei que preciso de um resistor de 250 Ohms. Consigo fazer as ligações dos componentes mas não consigo fazer com que o arduino leia o dispositivo.

1 voto
2k visualizações

Bom dia pessoal

Estou utilizando o Arduino MEGA2560 para implementar um analisador logico o Logic Sniffer. Estou usando a versão agla_v0_10 e o logical_analyzer_agla_v0_10. Compilei e gravei no IDE do Arduino com sucesso. Quando chego a rodar o Logic analyzer Client, na etapa de clicar CAPTURE, BEGIN CAPTURE, fiz todas as seleções que vc orientou. Quando eu clico em SHOW DEVICE METADATA, aparece a mensagem detection failed null.
Dentro do IDE do arduino, acessei o serial monitor, digitei 1 e ENTER e apareceram as mensagens readCount = 7168
delayCount = 0
logicIndex = 0
triggerIndex = 0
rleEnabled = 0
Bytes:
done…
Creio que isso mostra que a comunicação serial está ok.
Alguém pode me ajudar a resolver o problema?
Grato

  • Sergio Fink perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
Mostrando 1 - 10 de 178 resultados