Categoria: Geral

Palavra-chave
Destaque/Sem destaque
Resolvida/Não Resolvida
Aberta/Encerrada
2 votos
8k visualizações

Olá Pessoal,

Muito se discute sobre o uso do Arduino no mundo dos embarcados. Projetistas antigos defendem o aprendizado do microcontrolador em mais baixo nível e que a plataforma arduino abstrai muito. Por outro lado a curva de aprendizagem (conseguir fazer algo) é muito mais rápida com Arduino em curso técnicos, por exemplo. Outro ponto interessante da plataforma é a constante evolução e aprimoramento do hardware e bibliotecas

Gostaria de saber de vocês, que trabalham diariamente com sistemas embarcados, como enxergam essa plataforma no mercado e o que acham dela como plataforma de aprendizagem(dar os primeiros passos no mundo dos embarcados)?

  • Fábio Souza perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
1 voto
2k visualizações

Prezados senhores;

Temos uma ponte de 06 IGBTs. Gostaríamos saber, qual é a melhor forma de implementar o Controlador PWM dos IGBTs do módulo?

Grato

Walter Sanchez

  • walter sanchez perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
2 votos
3k visualizações

Boa tarde.
Eu estou trabalhando em um projeto no qual eu uso um microcontrolador ARM e um display 3.2″ touchscreen. Alguém poderia me informar um software para criar as telas, de preferencia free.
Grato pela atenção.

  • Visitante perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
0 votos
2k visualizações

Gostaria de saber se é possível usar plataforma do arduino conectando 3 ou mais sensores simultaneamente?

0 votos
4k visualizações

Boa Tarde à todos!

Meu nome é Augusto Cesar, estou em um projeto onde os colegas da Mecatrônica estão desenvolvendo um dispositivo que deve ser acionado por comandos enviados pela minha aplicação escrita em Java, e também a minha aplicação deve ‘reconhecer’ sinais enviados pela placa Arduino UNO.

Ocorre que nunca trabalhei com este tipo de aplicação, e pesquisando na Internet, encontrei alguns desenvolvedores que utilizam a biblioteca rxtx, e outros utilizam a usb4java.

Fiz diversos testes com as duas bibliotecas, mas sem sucesso algum… Utilizando a usb4java e um script de exemplo obtido no site do desenvolvedor, o código HotPlug.java consegue exibir na tela o idVendor e o idProduct da placa, quando a mesma é plugada em uma porta USB.

Na placa existe um programa gravado que envia as palavras ‘proximo’ e ‘anterior’ alternadamente. Preciso ‘capturar’ estas palavras e dar o devido tratamento quando detectar cada uma delas. Também preciso fazer com que a placa Arduino ‘receba’ um ‘sinal’, seja êle um caracter ou uma palavra, e execute uma lógica que deverá estar gravada na mesma.

As dúvidas começam aqui:

  • Quais as informações, além do idVendor e idProduct que tenho que utilizar nos programas para comunicação com o Arduino?

  • Utilizando o comando lsusb no Linux (Lubuntu 12.04 – 32bits), e alguns parâmetros deste comando, obtive um detalhamento do dispositivo, como ENDPOINT_IN, ENDPOINT_OUT, etc. Observei em alguns códigos java na Internet que também são utilizados para a comunicação. Agora pergunto: o que são estes ENPOINT? Podem existir mais que um ‘IN’ e/ou ‘OUT’ no mesmo dispositivo? Se sim, qual utilizar?

  • Os valores dos atributos como idVendor, idProduct, etc., estão em Hexadecimal?

  • Alguém teria um exemplo de, pelo menos, um código que pudesse ‘ler’ o que está sendo enviado pela placa, tal que fosse impresso na tela?

Pedindo desculpas por uma mensagem extensa, mas tentando esclarecer minhas dúvidas e agradecendo antecipadamente qualquer ajuda,

atenciosamente

Augusto Cesar de Sá Nunes

2 votos
1k visualizações

Olá Pessoal,

Quais livros os profissionais da área de Sistemas Embarcados devem ter em sua biblioteca?

Quais vocês indicariam?

Abraços

  • Fábio Souza perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
0 votos
1k visualizações

Me indicaram estes chips acima para implementar o protocolo modbus para realizar meu TCC.. Quero fazer um equipamento para automação residencial comandada via Ethernet.

0 votos
1k visualizações

Olá a todos,

Gostaria de saber da experiência dos colegas, em que possuem uma comunicação de rede de dados entre dois ou mais navios. Atualmente tenho um Fortigate fazendo o controle da comunicação, banda e tráfego.

Gostaria de saber se os colegas utilizam outro tipo de tecnologia, pois atualmente devido a limitação da internet a comunicação é muito lenta. Eu possuo um programa de manutenção que roda em cada embarcação, mas devido essa lentidão na comunicação fica difícil de unificar as informações.

Agradeço antecipadamente cada comentário e estou a disposição para responder quaisquer dúvidas.

Ricardo Pires.

  • Ricardo Pires perguntada 5 anos atrás
  • última atividade 5 anos atrás
1 voto
0 respostas
1k visualizações

Prezados,

Comprei um kit de desenvolvimento STM32 Primer2 a aproximadamente 3 anos atrás, e só agora, depois de ter participado do seminário Embarcado Experience, estou motivado a retomar os meus estudos sobre RTos e desenvolvimento de device driver pro Kernel Linux.

A minha dificuldade, apesar de ter lido diversos tutoriais pela internet a fora é fazer com que o ambiente de desenvolvimento/debug funcione corretamente, seja no Linux ou Windows. 

No Linux consegui até aqui montar exatamente o ambiente de desenvolvimento, porém com base no ST-LINK/V2 que não tenho em mãos. E não entendi ainda como usar o OpenOCD. Ou seja consigo compilar o programa usando Eclipse e GNU ARM Compiler, mas não consigo gravar o software na flash do processador do kit.

No Windows 7, consegui fazer o mesmo com o Eclipse, mas não consigo gravar o programa em flash. Tentei fazer uso do IDE Ride7, mas ele não tem os targets configurados. Tentei instalar o RKit-ARM e ele não instala.

Enfim, adoraria trabalhar no usando meu Ubuntu 14.10. Alguma sugestão, o que eu posso fazer?

Abraço.

Oswaldo Fratini Filho.

Mostrando 1 - 10 de 178 resultados