Estendendo à quase eternidade a vida útil do SD card na Raspberry Pi

Para quem já teve problemas de corrupção de dados em cartões SD com placas Raspberry Pi em dispositivos de campo pensei nesta solução simples, mas eficaz. A ideia é montar tudo que precisa ser escrito em ramdisk via tmpfs e, após a inicialização do sistema operacional, fazer um remount como read-only.

 

Inicialmente tentei, sem sucesso, incluir a opção ro (read only) no /boot/cmdline.txt, então parti para algo mais "manual".

 

Primeiramente vamos editar o arquivo /etc/fstab e deixá-lo parecido com este:

 

Disse "parecido" pois ele pode ser diferente para cada necessidade, distribuição etc.

 

Após o sistema operacional ser iniciado, remonte o sistema de arquivos "/" (raiz) como ro com o seguinte comando:

 

Para automatizar o processo você deve escrever scripts de inicialização. Não vou me adentrar nisso por fugir do escopo do artigo.

 

 

Saiba mais

 

Primeiros passos com Linux na Raspberry Pi 3

Project Vault

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

2
Deixe um comentário

avatar
 
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Carlos Eduardo Affonso HenriquesAlan Ramos Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Alan Ramos
Membro
Alan Ramos

Isso implica que arquivos de log e journal passam a ser voláteis e registros que seriam importantes para aplicações embarcadas teriam que ser enviados para armazenamento externo, num servidor ou nuvem. É isso mesmo?