Onde estão as empresas exportadoras relacionadas à eletrônica?

Ter uma visão macroscópica sobre sua área de atuação é uma característica almejada por grande parte dos profissionais. Movido por esse desejo de compreender mais sobre o panorama da eletrônica no Brasil, fui tomado pelo ímpeto de tentar visualizar as empresas de eletrônica brasileiras em um mapa (neste artigo, mais especificamente as fabricantes exportadoras). Como seria a distribuição delas pelos estados brasileiros, quais seriam as atividades mais exploradas?

 

O site do Ministério da Economia contém planilhas com as empresas brasileiras exportadoras e importadoras, com dados históricos de cada ano e com dados acumulados até o mês anterior do ano vigente. A partir desta lista, é possível tentar extrair informações sobre as empresas relacionadas à eletrônica, mesmo que restrito àquelas exportadoras.

 

Filtragem dos Dados

 

Com estes dados, é possível realizar filtros nas informações para obter a resposta da pergunta feita no título deste artigo. Antes, no entanto, é preciso definir qual será nosso critério para categorizar uma empresa como "relacionada à eletrônica". Utilizar filtros baseado no nome da empresa ou fazer web scraping nos sites para obter informações sobre as atividades não pareceram soluções interessantes. Muitas empresas não têm nenhuma palavra-chave relacionada à eletrônica no título, apesar de terem atividade nesta área. Por outro lado, web scraping nos sites, devido à grande variabilidade na forma de apresentação dos mesmos, poderia resultar em dados não confiáveis.

 

O CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) primário, por outro lado, fornece uma forma simples de observar a atividade principal de uma empresa. Mesmo essa classificação pode não ser completamente eficiente para nosso propósito, pois muitos CNAEs dizem respeito a atividades que podem ou não ter na eletrônica sua ferramenta ou fim principal. Ainda assim, assumindo que alguns (poucos, espera-se) casos de empresas não relacionadas à eletrônica passem por nosso filtro, é possível obter resultados satisfatórios para observar a distribuição destas empresas no Brasil.

 

A lista dos CNAEs que foram utilizados para o filtro está abaixo:

  • 2621 - Fabricação de equipamentos de informática;
  • 2631 - Fabricação de equipamentos transmissores de comunicação;
  • 2651 - Fabricação de aparelhos e equipamentos de medida; teste e controle;
  • 2640 - Fabricação de aparelhos de recepção; reprodução; gravação e amplificação de áudio e vídeo;
  • 2610 - Fabricação de componentes eletrônicos;
  • 2945 - Fabricação de material elétrico e eletrônico para veículos automotores; exceto baterias;
  • 2790 - Fabricação de equipamentos e aparelhos elétricos não especificados anteriormente;
  • 2622 - Fabricação de periféricos para equipamentos de informática;
  • 2660 - Fabricação de aparelhos eletromédicos e eletroterapêuticos e equipamentos de irradiação;
  • 2759 - Fabricação de aparelhos eletrodomésticos não especificados anteriormente;
  • 2632 - Fabricação de aparelhos telefônicos e de outros equipamentos de comunicação.

 

Das 22.886 empresas na lista inicial (não filtrada por CNAE), a versão filtrada resultou em 861 empresas.

Classificação por Estado

 

As empresas foram contabilizadas por estado para facilitar a visualização dos dados. Dos 26 estados brasileiros mais distrito federal, 16 contêm empresas exportadoras com os CNAEs primários utilizados para o filtro. A distribuição pode ser vista na Figura 1, que indica claramente a predominância das empresas no estado de SP. A região Sudeste e Sul tem predominância em relação às demais.

 

Figura 1: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019 classificadas por Estado

 

Classificação por CNAE primário

 

É importante também observar quais CNAEs possuem maior ocorrência nos resultados obtidos. A imagem 2 indica os resultados classificados por CNAE.

 

A atividade econômica com maior incidência foi a fabricação de aparelhos e equipamentos de medida; teste e controle, com 192 ocorrências. A segunda atividade com maior incidência teve 171 ocorrências. O seu título, no entanto, não fornece muito detalhamento sobre as empresas contidas: Fabricação de equipamentos e aparelhos elétricos não especificados anteriormente. Em seguida, com 85 ocorrências, temos a fabricação de componentes eletrônicos.

 

Figura 2: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019 classificadas por CNAE primário. O trecho do nome dos CNAEs que diz “Fabricação de” foi removido das legendas para evitar repetições.

 

Criação de Mapa

 

Através da lista e do serviço mymaps do Google, foi criado um mapa com a localização das empresas. O link para o mapa está aqui. Uma versão sem classificação de empresas por CNAE primário pode ser vista na Figura 3.

 

Figura 3: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019. Dados (empresas exportadoras) obtidos do Ministério da Economia e filtrados/organizados de acordo com a metodologia descrita no artigo

 

Na Figura 4 pode ser visto o mapa com classificação por CNAE primário e na Tabela 1 a descrição da legenda.

 

Figura 4: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019 com indicação de CNAE primário. Dados (lista das empresas exportadoras) obtidos do Ministério da Economia e filtrados/organizados de acordo com a metodologia descrita no artigo.

Tabela 1: Legenda dos mapas com classificação de empresas de fabricação por CNAE

aparelhos e equipamentos de medida, teste e controle'

equipamentos e aparelhos elétricos não especificados

componentes eletrônicos

material elétrico e eletrônico para veículos automotores, exceto baterias

aparelhos eletromédicos e eletroterapêuticos e equipamentos de irradiação

periféricos para equipamentos de informática

aparelhos de recepção, reprodução, gravação e amplificação de áudio e vídeo

equipamentos transmissores de comunicação

aparelhos eletrodomésticos não especificados anteriormente

equipamentos de informática

aparelhos telefônicos e de outros equipamentos de comunicação

 

Na figura 5, vemos a região Sudeste e Sul em enfoque (regiões com maior concentração de empresas). Na figura 6, as mesmas regiões com legenda por CNAE.

 

Figura 5: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019 com enfoque na região Sul e Sudeste. Dados (lista das empresas exportadoras) obtidos do Ministério da Economia e filtrados/organizados de acordo com a metodologia descrita no artigo
Figura 6: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019 com enfoque na região Sul e Sudeste com classificação por CNAE primário. Dados (lista das empresas exportadoras) obtidos do Ministério da Economia e filtrados/organizados de acordo com a metodologia descrita no artigo

 

A região próxima da cidade de São Paulo e Campinas possui notoriamente a maior concentração do mapa, como pode ser vista na figura 7.

 

Figura 7: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019 com enfoque na cidade de São Paulo e Campinas, com classificação por CNAE primário. Dados (lista das empresas exportadoras) obtidos do Ministério da Economia e filtrados/organizados de acordo com a metodologia descrita no artigo

 

Além das concentrações na região Sudeste e Sul, é possível observar uma concentração relativa na cidade de Manaus, devido aos incentivos fiscais existentes na região, como pode ser visto na Figura 8.

 

Figura 8: Empresas Exportadoras Fabricantes relacionadas à Eletrônica em Julho/2019 com enfoque na cidade de Manaus, com classificação por CNAE primário. Dados (lista das empresas exportadoras) obtidos do Ministério da Economia e filtrados/organizados de acordo com a metodologia descrita no artigo

 

Conclusão

 

Através do acesso à informação propiciado pelo site do Ministério da Economia, é possível observar as regiões com maior concentração de empresas fabricantes exportadoras relacionadas à eletrônica no Brasil. Levando em consideração as limitações da filtragem mencionadas ao longo do artigo, ainda assim o resultado possibilita um "raio-x" interessante sobre a distribuição e atividade destas empresas. Seja para a finalidade de busca de regiões ou atividades com maiores oportunidades, por interesse em investimento ou até mesmo por curiosidade, dados e recursos como este são interessantes para compreender melhor o setor no país.

 

Referências

 

MINISTÉRIO DA ECONOMIA, Cadastro de empresas exportadoras/importadoras 2019 (acumuladas até o mês anterior). Disponível em: http://www.mdic.gov.br/comercio-exterior/estatisticas-de-comercio-exterior/empresas-brasileiras-exportadoras-e-importadoras . Acesso em 5 de agosto de 2019

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Tiago Oliveira Weber
Doutor em microeletrônica pela Universidade de São Paulo (USP) em 2015, engenheiro eletricista pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) em 2010. Atualmente é professor na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), campus Araranguá. Seus interesses vão desde eletrônica, software livre, inteligência artificial, até impressão 3D.

4
Deixe um comentário

avatar
 
2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Marcos RibeiroTiago Oliveira WeberFábio Souza Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Marcos Ribeiro
Membro
Marcos Ribeiro

Parabéns! Excelente iniciativa.

Fábio Souza
Visitante

Tiago, excelente artigo! Obrigado