2 Comentários

Curiosity - Nova placa de desenvolvimento da Microchip

Curiosity pinos de I/O

Recentemente a Microchip lançou a placa de desenvolvimento Curiosity. Trata-se de uma placa de baixo custo para avaliação dos microcontroladores de 8 Bits da linha PIC16F1XXX, suportando dispositivos de 8, 14 e 20 pinos. Voltada para usuários iniciantes é uma excelente plataforma para os primeiros passos com MPLAB X, compilador XC8 e também o MPLAB Code Configurator (MCC). Nesse artigo vamos abordar os detalhes do seu hardware.

O hardware da Curiosity

 

A placa Curiosity apresenta alguns recursos que facilitam os primeiros passos para desenvolvimento com os microcontroladores PIC. A figura 1 exibe alguns dos recursos disponíveis na placa:

curiosity
Figura 1 - Recursos da Curiosity
  1. Conector USB mini-B (parte traseira);
  2. Pads para conector para fonte 9V;
  3. Botão para Master Clear Reset;
  4. Jumper para seleção de fonte 3,3/5V p (J12);
  5. Pads para fonte externa;
  6. Conectores de expansão;
  7. Soquete DIP para microcontrolador de  8, 14 e 20 pinos;
  8. Conectores para padrão mikroBUS™;
  9. Pads para módulo Bluetooth RN4020;
  10. Potenciômetro;
  11. LEDs;
  12. Botão mTouch®;
  13. Botão do tipo Push button.

Circuito de Programação e Depuração da Curiosity

Uma das vantagens da placa Curiosity é o circuito de programação e depuração integrado. Trata-se de um circuito baseado em um PIC24FJ, com interface USB, que facilita a depuração e programação do microcontrolador alvo sem a necessidade de uma ferramenta externa. A figura 2 exibe esse circuito na placa:

curiosity-debugger
Figura 2 - Circuito de debugger/programação on-board

Alimentação

A alimentação da placa pode ser feita de 3 formas:

  1. Conector USB (J2);
  2. Conector para fonte externa (J15), este não vem montado na placa;
  3. Pads para alimentação externa (TP3 e TP4).

A placa possui reguladores de tensão de 5 V e 3,3 V, dessa forma o microcontrolador pode ser alimentado tanto com 5 V quanto com 3,3 V, dependendo da posição do jumper J12. O circuito também possui um comparador para selecionar a fonte de alimentação, quando uma fonte externa está conectada e também a USB, nesse caso a alimentação será proveniente da fonte externa. Deve-se ficar atento à tensão colocada no pad TP3, pois esta tensão está direta na alimentação do circuito não passando pelos reguladores. A figura 3 exibe os detalhes do circuito:

curiosity-circuito-power
Figura 3 - Circuito de alimentação da Curiosity

As possibilidades de expansão da Curiosity

A placa Curiosity é uma excelente placa para prototipação. Possui headers de expansão facilitando o acesso aos pinos do microcontrolador. Dessa forma pode-se facilmente testar uma aplicação em um protoboard. A figura 4 exibe os headers:

curiosity-pinos
Figura 4 - Conectores para acesso aos pinos do microcontrolador

Outra possibilidade de expansão de funcionalidades da Curiosity é a conexão de Click boards da Mikroe através do padrão mikroBUS™. A figura 5 exibe este barramento na placa:

curiosity-mikrobus
Figura 5 - Conectores para padrão mikroBUS™.

Através desse padrão é possível conectar diversos módulos, ampliando as possibilidades de aplicações para a Curiosity. A figura 6 exibe algumas placas disponíveis com esse padrão:

curiosity-click-boards
Figura 6 - Click boards

Para facilitar a integração da Curiosity em projetos relacionados à IoT há a possibilidade de conexão do módulo bluetooth RN4020 da própria Microchip, através dos pads disponíveis na placa. A figura 7 exibe os detalhes dos pads para o Módulo RN4020:

curiosity-bluetooth
Figura 7 - Pads para módulo Bluetooth RN4020

Confira mais detalhes da placa na página da Microchip destinada à Curiosity. Lá você encontrará toda a documentação e códigos exemplos para diversos microcontroladores suportados pela mesma.

Você pode adquirir a placa diretamente com a Microchip através do microchipDIRECT.

No próximo artigo será abordado os detalhes iniciais de programação e continuaremos a série explorando os recursos de programação exibindo todos detalhes de código e ferramentas usadas.

Fique ligado! Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, deixe seu comentário abaixo.

Outros artigos da série

Curiosity - Primeiros passos com MPLAB X e compilador XC8 >>
Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Hardware » Curiosity - Nova placa de desenvolvimento da Microchip
Talvez você goste:
Comentários:

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comentários
1 Respostas
0 Seguidores
 
Discussão de maior alcance
Discussão mais quente
2 Autores de comentários
Rafael DiasCiro Peixoto Comentários recentes
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Ciro Peixoto
Visitante
Ciro Peixoto

Cara excelente artigo! Porem, não sei se há tanta vantagem de usar coisas "tão prontas" ... mesmo didáticamente pois com tanta facilidade pra fazer "mágicas" acredito que o conhecimento do que se está fazendo se perca na brincadeira. Por outro lado usar isto em um projeto profissional, pode ajudar.... mas dificilmente se usaria uma plaquinha a parte para um RTC ou qualquer outra coisa.... Só se for pra testes e acabou! Digo isto, não para causar polêmica, mas sim por achar que a palavrinha que sempre norteou minha vida e minha profissão: DESENVOLVIMENTO está virando um grande LEGO onde é… Leia mais »

Rafael Dias
Visitante
Rafael Dias

bem observado.

Eu olho esses kits e etc como uma oportunidade de tu estudar uma dada funcionalidade sem a necessidade de gastar tempo e dinheiro desenvolvendo protótipos. Em ambiente de desenvolvimento ágil, o engenheiro de hardware trabalha com os aspectos do hardware e prototipagem enquanto isso, a engenharia de software/firmware trabalha em paralelo em circuitos reduzidos (ou até em kits) para entregarem a solução.

Eu encaro esses kits simplesmente como uma ferramenta de apoio ao desenvolvimento. Dá para tu experimentar o seu firmware nele antes de colocar em uma placa real.

Séries



Outros da Série

Menu