Como usar o Arduino para aprender sobre sistemas embarcados?

Como usar o ecossistema Arduino para aprender sobre sistemas embarcados? Hoje o Arduino está presente como a primeira plataforma escolhida pelos alunos.
Como usar o Arduino para aprender sobre sistemas embarcados?

O Arduino se tornou bem popular e acessível nos últimos anos. Criado em 2005 na Itália com a proposta de ser uma ferramenta para facilitar o desenvolvimento de projetos interativos por alunos de design, hoje está presente em diversas áreas de conhecimento. Há alguns anos, nas universidades e escolas técnicas, os Microcontroladores PIC e 8051 eram explorados a fundo e geralmente usados para diversos projetos acadêmicos. Hoje o Arduino está presente sendo a primeira plataforma escolhida pelos alunos para seus projetos.

Por outro lado, frequentemente temos em pauta a discussão sobre o uso de Arduino como uma ferramenta para ensino e aprendizagem de sistemas embarcados na academia. Até fiquei sabendo que algumas instituições e orientadores proíbem o uso de placas Arduino e seu ecossistema em trabalhos dos alunos.

Outra discussão frequente é em relação ao uso de Arduino como ferramenta para desenvolvimento de projetos profissionais, mas esse será um papo para outra hora e não abordaremos nesse material. Se você quiser saber mais sobre esse assunto, acesse o artigo: Editorial: Uso de kits comerciais para desenvolvimento de produtos

Hoje as placas Arduino e/ou seu ecossistema, geralmente é a porta de entrada para que estudantes e entusiastas tenham o primeiro contato com sistemas embarcados. Infelizmente as escolas técnicas e faculdades nem sempre conseguem comprar ferramentas de desenvolvimento mais adequadas para estudos de sistemas embarcados e que possibilitam a exploração de mais recursos. Assim, geralmente o Arduino é opção escolhida para integrar o kit de aprendizagem/aplicação do aluno.

Mas como usar o Arduino para aprender e desenvolver habilidades na área de desenvolvimento de sistemas embarcados? Ou com Arduino ficamos limitados às facilidades da plataforma e nos tornamos apenas aplicadores de bibliotecas em projetos?

No vídeo a seguir trago essa discussão, e destaco alguns pontos (prós e contras) sobre o uso da plataforma para ensino e aprendizagem de sistemas embarcados.

O vídeo tem o foco em alunos, professores e instituições que tem como objetivo a formação de profissionais da área de sistemas embarcados, excluindo áreas que usam o Arduino como ferramenta de aplicações.

Video: Como usar o Arduino para aprender sobre sistemas embarcados?

Deixe seu comentário abaixo sobre essa discussão.

Aproveite para inscrever-se no meu canal e fique à vontade para sugerir tópicos a serem abordados.

Engenheiro, especialista em sistemas embarcados. Hoje é diretor de operações do portal Embarcados, onde trabalha para levar conteúdos de eletrônica, sistemas embarcados e IoT para o Brasil.

Também atua no ensino eletrônica e programação. É entusiasta do movimento maker, da cultura DIY e do compartilhamento de conhecimento, publica diversos artigos sobre eletrônica e projetos open hardware.

Com iniciativas como o projeto Franzininho e projetos na área de educação, leva a cultura maker para o Brasil capacitando e incentivando professores e alunos a usarem tecnologia em suas vidas. Participou da residência hacker 2018 no Red Bull Basement.

Notificações
Notificar
guest
3 Comentários
recentes
antigos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Juan Carlos Suárez Barón Juanitoing84
Juan Carlos
24/06/2019 20:58

La mejor opción es programar los microcontroladores de Atmel de la placas de arduino configurando los registros con lenguaje Assembler y C para prender su arquitectura. Atmel Studio es un buen IDE para aprender a configurar los micros y simular su comportamiento.

Everton Nerlan Carvalho
Everton Nerlan Carvalho
20/06/2019 09:12

Creio que os professores não autorizem o uso do Arduino em alguns casos pois a matéria ensinada e a didática deve ter como objetivo o aprendizado do design de circuito impresso, nesse caso não seria interessante o uso de uma placa pronta, mas o aluno pode usar o mesmo microcontrolador usado no Arduino.

WEBINAR

Imagens de Ultrassom: Princípios e Aplicações

DATA: 26/10 ÀS 19:30 H