Como instalar o Zephyr no Ubuntu 16.04

Zephyr instalar o Zephyr no Ubuntu
Este post faz parte da série Zephyr. Leia também os outros posts da série:

Olá pessoal, eu escrevi um post sobre o Zephyr, o RTOS para IoT desenvolvido pela Linux Foundation, há alguns dias e nesse post vou mostrar como instalar esse Sistema Operacional no Linux e utilizar o simulador para rodar um hello-world.

Em um terminal do Linux, crie uma pasta que preferir, entre nela e clone o Git do projeto. No meu caso fiz tudo na raiz.

Uma pasta zephyr-project será criada nesse diretório. Verifique com o comando:

Instale as dependências:

Depois atualize todos os pacotes utilizando o comando apt-get update:

Entre na pasta do Zephyr e utilize o comando source:

É necessário baixar o arquivo zephyr-sdk-<version>-i686-setup.run para a arquitetura i686. Para descobrir a versão mais atual, entre neste site e veja qual é a versão que está sendo utilizada com o número mais atual.

Ou seja, para a versão 0.7.5:

Aguarde enquanto a instalação prossegue. O arquivo é grande. Tenha paciência. Você deve ver o seguinte no terminal:

É necessario instalar o arquivo que acabou de baixar. Altere primeiramente as permissões:

Ou seja, para a versão 0.7.5:

E então instale:

Ou seja, para a versão 0.7.5:

Durante a instalação, vai pedir o diretório em qual deseja instalar, por padrão deixe vazio, O local da instalação sera /opt/zephyr-sdk/ (guarde esse local).

Você deve ver o seguinte no terminal:

Exporte as variáveis para que o build system do zephyr consiga encontrá-las. Para isso, digite no terminal:

Para esse projeto:

Opcionalmente você pode executar o seguinte comando para que consiga usar o Zephyr em futuras sessões sem ter que repetir os passos de exportação:

Para esse projeto:

Para verificar o conteúdo desse arquivo, ~/.profile, pode-se acessa-lo via gedit, por exemplo:

Uma vez instalado, você já pode navegar pelos samples e testar aplicações no simulador, para tal acesse de dentro da pasta do zephyr.

Para a versão 0.7.5, entre na pasta:

Para rodar o hello word não é necessário alterar nada, dentro da mesma pasta corrente. Vamos compilar e rodar nosso primeiro hello wolrd:

Ou simplesmente:

E você deve ter algo assim no terminal:

Instalar o Zephyr no Ubuntu: Hello World no QEMU com zephyr

Para sair dessa tela, pressione CTRL+a e x.

Opcionalmente podemos brincar no menuconfig para  configurar o kernel, para tal execute:

Teremos algo assim:

 Instalar o Zephyr no Ubuntu: Menuconfig do zephyr

Para sair, navegue até a opção Exit.

Simples não? Agora podemos começar a desenvolver aplicações com esse poderoso RTOS.

Esse texto teve a contribuição de Thiago Lima.

Outros artigos da série

<< Zephyr, o RTOS para IoT desenvolvido pela Linux FoundationDebug do kernel do Zephyr com o Eclipse IDE >>
NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Felipe Neves
Desenvolvedor de sistemas embarcados apaixonado pelo que faz, divide seu tempo entre trabalhar no Venturus desenvolvendo firmware de tudo quanto é coisa, na Aeolus Robotics se envolvendo com o que há de mais legal em robótica e na Overlay Tech desenvolvendo algumas coisas bem legais para o campo de motion control. Possui mestrado em engenharia elétrica pela Poli-USP e possui interesse em tópicos como: Software embarcado, sistemas de tempo real, controle, robótica móvel e manipuladores, Linux embedded e quase qualquer coisa por onde passe um elétron.

2
Deixe um comentário

avatar
 
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Thiago LimaRafael Dias Recent comment authors
  Notificações  
recentes antigos mais votados
Notificar
Rafael Dias
Visitante
Rafael Dias

OPAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Faltou incluir a libncurses no apt-get lah no comeco do sambado.

Sem isso, o make menuconfig nao funfa

Thiago Lima
Visitante

Vou atualizar isso! 🙂 Obrigado Rafael!