Campus Party Natal - Indústria 4.0 e IoT

Indústria 4.0 com o pessoal da Dipolum
Durante a Campus Party Natal, realizada de 11 a 15 de Abril de 2018, aconteceu uma palestra sobre IoT e indústria 4.0 com o pessoal da Dipolum Consultoria de Recife.
 
 
Participaram dessa palestra:
  • Karl Vandesman, graduando concluinte do curso de Engenharia Eletrônica da UFPE, co-fundador da Dipolum Consultoria, tendo atuado como Diretor de Projetos;
  • Thaysa Barros, graduanda em Engenharia Eletrônica pela UFPE e Co-fundadora da Dipolum Consultoria. Desenvolvedora de hardware com foco em sistemas embarcados e aquisição de dados, com experiência na área automotiva e mobilidade urbana;
  • Angélica Muniz, graduanda em Engenharia Eletrônica pela UFPE. Co-fundadora da Dipolum Consultoria (soluções tecnológicas) e integrante do Grupo de Pesquisas em Engenharia Biomédica. Fã e desenvolvedora de sistemas embarcados, atuando em um projeto para diagnóstico da doença Zika.


Nessa palestra foi discutido o papel do IoT na consolidação da Indústria 4.0. Eles contam sobre a história da industrialização e como chegamos até aqui. Começando pela máquina a vapor, passando pela segunda revolução industrial (onde surgiram linhas de produção e atividades industriais eram divididas em pequenas tarefas repetitivas), e em seguida a terceira revolução industrial com a presença de robôs e eletrônica, num processo de automatização intensivo nas fábricas, mas ainda com interferências humanas nos processos. Chegamos então à Indústria 4.0 onde ocorre a digitalização da indústria, conectando máquinas e robôs autônomos presentes na linha a sistemas computacionais e permitindo versatilidade à linha, fazendo com que uma mesma linha possa ser programada para produção de diversos produtos diferentes.

 

Durante a apresentação eles apresentam uma série de exemplos de peças e produtos sendo construídos e montados por esses robôs autônomos na Indústria 4.0. Em um dos exemplos apresentados, a Boeing interliga não somente as máquinas, mas também os softwares, processos e estoque a diferentes fábricas ao redor do mundo e cria produtos diferentes em quaisquer que seja a unidade que precise do produto, através de análise pontual de demanda. É mostrado também um sistema de software da Siemens com simuladores que podem mostrar tanto equipamentos ou linhas de produção, para que possam ser simulados antes de serem construídos, para antever algum erro de projeto, proporcionando agilidade e economia de tempo e dinheiro.

 

Dentre as tecnologias por trás da Indústria 4.0, foram citadas:

  • Robótica Avançada, com robôs conectados e se comunicando de forma interativa;
  • Manufatura Aditiva, com impressão de diversos tipos de materiais em larga escala;
  • Big Data, representando uma grande quantidade de dados, principalmente os gerados durante o processo de construção e montagem;
  • Inteligência Artificial e Aprendizagem de Máquina, onde as máquinas, a partir do histórico de dados e algoritmos específicos, passam a prever comportamentos e aprender com o processo de produção;
  • IoT - Internet das Coisas - Sensores e dispositivos captam dados de interesse no sistema e também podem atuar conforme programação. Os diversos dispositivos podem ser interligados entre si ou através de um gateway que permite que os dados cheguem na nuvem onde podem ter um maior poder de processamento, de acordo com a aplicação.

 

Foi mostrado um exemplo da Bosch Rexroth sobre como os produtos são controlados na linha de produção, onde os próprios produtos controlam o seu processo de acordo com sua situação e localização na linha de produção.

 
Aprenda mais sobre o assunto e confira o vídeo abaixo sobre a participação de Karl, Thaysa e Angélica na Campus Party do Rio Grande do Norte.
 
 
 

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar