Arduino Zero disponível para compra

Arduino Zero disponível

Depois de alguns meses de espera, finalmente a placa Arduino Zero estará disponível para compra. Foi anunciado hoje (10/02/15) no blog Arduino que a placa estará disponível para compra na loja Arduino dos EUA, na próxima segunda-feira, 15 de junho de 2015, pelo valor de US$ 49,90.

O microcontrolador utilizado no ARDUINO ZERO, o ATMEL ATSAMD21G18, possui core ARM Cortex M0+ e é preparado para operações em baixo consumo. Opera até 48 MHz, tem um CoreMark benchmark de 2,14 coreMark/MHz e consumo de energia de até 70µA/MHz em modo ativo. Possui 64 pinos, 256 kB de flash e 32 kB de SRAM. Em estado de baixo consumo de energia, consume menos de 2 µA sem afetar nenhum dado da RAM. Também possui ADCs de 12-bits que podem operar a velocidades de até 350ksps. Nesse microcontrolador também existe um periférico especial chamado de SERCOM, que é uma espécie de porta de comunicação serial genérica que se transforma em I2C, SPI ou UART, conforme a necessidade do desenvolvedor. Esse microcontrolador possui USB Full Speed Host e Device e funciona até sem cristal. Além desse periférico, têm I2S pra áudio, doze canais de DMA e Timers e Contadores especiais para controle, uma espécie de PWM especial, de alta resolução e com baixo tempo de atendimento à interrupção. A tensão de operação do microcontrolador é 3,3V. e pode prover até 7 mA. por pino. Esse arduino é então preparado para operar em 3,3V.

Falando especificamente sobre a placa Arduino, o Arduino Zero possui 20 pinos de uso geral e todos, exceto os pinos 2 e 7 podem ser utilizados como PWM. Todos eles podem ser configurados para trabalharem como interrupção externa de pino, exceto o pino 4. Tem 6 pinos de ADC todos operando com resolução de 12 bits. Possui um DAC, ou seja um conversor digital-analógico de 10 bits.

Sobre o lançamento do Arduino Zero

Ao mesmo tempo, também será lançada uma nova versão da IDE, a versão 1.6.5 com diversos recursos e com suporte para a Arduino Zero. Segundo a publicação no blog do Arduino, essa nova IDE manterá o monitor serial aberto, enquanto é feito o upload para a placa, listará os 5 últimos sketchs abertos e ainda trará outras novidades.

Segundo a publicação, houve um pequeno atraso no lançamento da IDE, devido a um bug encontrado no software, mas que já foi corrigido.

Arduino Zero disponível
Figura 1 – Parcerias para o desenvolvimento e fabricação

Conforme exibido na figura 1 acima, na parte traseira da placa é possível verificar que a placa foi desenvolvida em parceria com a Atmel.

Confira os detalhes da Arduino Zero e fique atento às novidades na próxima semana.

Website | Veja + conteúdo

Engenheiro, especialista em sistemas embarcados. Hoje é diretor de operações do portal Embarcados, onde trabalha para levar conteúdos de eletrônica, sistemas embarcados e IoT para o Brasil.

Também atua no ensino eletrônica e programação. É entusiastas do movimento maker, da cultura DIY e do compartilhamento de conhecimento, publica diversos artigos sobre eletrônica e projetos open hardware.

Com iniciativas como o projeto Franzininho e projetos na área de educação, leva a cultura maker para o Brasil capacitando e incentivando professores e alunos a usarem tecnologia em suas vidas. Participou da residência hacker 2018 no Red Bull Basement.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Comentários:
Notificações
Notificar
guest
9 Comentários
recentes
antigos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Walter Silva
Walter Silva
14/08/2015 15:40

se alguem souber onde compro ARM ou atmel da vida baratos no brasil me avisa.
manda e-mail. [email protected]

Walter Silva
Walter Silva
14/08/2015 15:38

o maior problema de todos é.. tenta comprar esses componentes no brasil. ARM nao encontro um a bom preço e facil de usar . soldar os terminais de 0,3mm so pra maquinas. tenho arduinos , frdmk64 da freescale horrivel de trabalhar facil programar mas nao achei nenhum pouco util. vc cria um soft otimo e grava no que?
vo por uma placa dessas em cada projeto. nao vira.. esses fabricantes nao incentivam nada no brasil. tudo ta la fora . uma peca de US 3.20 la chega a 200 conto aqui. 40 dolar frete mais impostos. nao da..

Ciro Peixoto
Ciro Peixoto
15/06/2015 15:57

Olá Fábio!! Só queria acrescentar que realmente é “teta de vaca” desenvolver usando a ide (pode usar o Sublime e colar o texto na IDE) e depurar…. Depois é só tirar o Hex, reproduzir o circuito que é BÁSICO e pau na máquina!!! Justamente por isto ele é tão SUCESSO. Agora, lançar algo no meio do caminho com uma cpu que nem permite uma montagem manual e dizer que isto é para PRINCIPIANTE e ESTUDANTE é fooogo de engolir não?? Na verdade o que vejo é talvez a idéia de se alojar no pessoal que “corre” do Linux pois para… Leia mais »

Fabio_Souza_Embarcados
Fabio_Souza_Embarcados
15/06/2015 12:42

Olá Ciro, ótimas observações. Realmente existem outras opções de placas com ARM bem interessantes. Acredito que faça parte da evolução do produto Arduino, como de muitos outros, o uso de microcontroladores com núcleo ARM. Mas vamos esperar para ver o andamento desse produto no mercado. O legal é que deixa mas acessível o uso desse tipo de tecnologia.

Ciro Peixoto
Ciro Peixoto
Reply to  Fabio_Souza_Embarcados
15/06/2015 12:53

Olá Fábio! O problema é pra quem ??? veja o desenvolvimento do Intel Galileo, nasceu literalmente “MORTO” pois o que oferece passa longe de qualquer sistema Linux embargado!!! – Evidente que lhe parabenizo pelo artigo, porem o que eu quiz foi questinonar mesmo esta tendencia de de “encostar no ARDUINO” ….

E nós brasileiros já somos chegados a uma “modinha” não é? Abraço

Fabio_Souza_Embarcados
Fabio_Souza_Embarcados
Reply to  Ciro Peixoto
15/06/2015 14:32

Ótimas observações e realmente está acontecendo essa tendência. O arduino ta na moda, impressionante como a marca pegou.

Ciro Peixoto
Ciro Peixoto
15/06/2015 12:28

OK!!! – Vou dar uma de “advogado do diabo” Estão desprezando o que REALMENTE fez do ARDUINO um sucesso de vendas! A SUA SIMPLICIDADE!!! Pra que comprar uma placa desta se existe outras opções ARM muito melhores??? Deem uma olhadela na Mouser… http://br.mouser.com/Embedded-Solutions/Engineering-Tools/Embedded-Development-Tools/Embedded-Processor-Development-Kits/Development-Boards-Kits-ARM/_/N-cxd2t E ainda mais com fonte de 3,3V !!! Para hobista e estudande isto NÃO FUNCIONA!!! Assim, ou se usa a simplicidade do UNO ou até de um ATMEGA (2650) em um projeto… ou outro microprocessador qualquer programado com o velho e bom burro de carga “C” ou ainda se baseia em uma plataforma ARM (tambem para se… Leia mais »

Sandro Sachser
Sandro Sachser
Reply to  Ciro Peixoto
15/06/2015 22:36

Olá Sr. CIRO, concordo com V. Sa. sobre a simplicidade que promoveu a acessibilidade do Arduino aos quase leigos, nos quais me incluo. Há algum tempo comecei a aprender C ANSI para ter uma abordagem aos PICs mas a falta de conhecimento do hardware e do compilador sempre me barrava em algum projeto mais elaborado. Assim, por curiosidade, adquiri um UNO e comecei a praticar algumas coisa ali e depois consegui adaptar para o PIC e tenho gostado dessa minha autodidática. Para encerrar (mantendo o tema “aprendizado”) gostaria que sugerisse um material para aprender LINUX pois gosto desta área (tenho… Leia mais »

Ciro Peixoto
Ciro Peixoto
Reply to  Sandro Sachser
16/06/2015 11:22

Nós que iniciamos com Windows (muitos por idade, e eu particularmente por trabalhar com assembler e C para micro durante muito tempo sem me interessar muito pelo DOS e outros que surgiam – Trabalhei com Apple II – https://www.youtube.com/watch?v=CxJwy8NsXFs – Pasmem!!!) e não tivemos contato com o Sistema Operaciona GNU/LINUX vamos tender a acha-lo complicado. É realmente é dificil sair da zona de conforto principalmente se voce trabalhar com tecnologia e nescessita produzir… Mas te digo que vale a pena. Sou engenheiro por formação e programador porque gosto… Aprendi o pouco que sei de Linux “na marra” mesmo…Vi muitas video… Leia mais »

Talvez você goste:

Séries

Menu