Aprenda sobre as Portas lógicas OU

Este post faz parte da série Portas lógicas. Leia também os outros posts da série:

Quando precisamos controlar alguma carga ou equipamento de forma que existam várias combinações e opções para ligá-lo, aplicaremos então a famosa lógica OU. Por exemplo, um relé que controla uma solenoide utilizada para mandar um atuador pneumático avançar ou recuar, pode ser acionado se o sensor de peça baixa da esteira for ativado “OU” se o sensor de peça metálica estiver acionado. Neste caso, qualquer uma das formas de ligar o relé é independente e irá ativar o relé deste circuito. Veja a tabela da verdade da lógica “OU” citada acima.

Sensor Peça Baixa

Sensor de Peça Metálica

Relé

0

0

Desligado – 0

0

1

Ligado – 1

1

0

Ligado – 1

1

1

Ligado – 1

Quando convertemos a lógica “OU” em um comando através de chaves normalmente abertas, ou seja, NA, teremos então as opções em paralelo:

Lógica E realizada com Chaves NA
Figura 1 – Lógica E realizada com Chaves NA

Portanto o estado do relé, representado pelo LED D2, ligaria se qualquer uma das chaves fossem acionadas, ou seja, o LED ligará se acionar o Sensor de Peça Baixa “OU” o Sensor de Peça Metálica. Veja as combinações nas imagens abaixo:

Portas lógicas OU: 0 “OU” 0 – Saída desligada
Figura 2 – 0 “OU” 0 – Saída desligada
0 “OU” 1 – Saída ligada
Figura 3 – 0 “OU” 1 – Saída ligada
1 “OU” 0 – Saída ligada
Figura 4 – 1 “OU” 0 – Saída ligada
1 “OU” 1 – Saída ligada
Figura 5 – 1 “OU” 1 – Saída ligada

Além da lógica de contatos, podemos desenvolver a lógica “OU” de diversas outras maneiras, e como nosso foco é a Eletrônica Digital, mostraremos abaixo a aplicação da lógica “OU” utilizando com Portas Lógicas.

Lógica "OU" Com porta lógica da família TTL 7432
Figura 6 – Lógica “OU” Com porta lógica da família TTL 7432
Lógica "OU" Com porta lógica da família CMOS 4071
Figura 7 – Lógica “OU” Com porta lógica da família CMOS 4071

Vamos agora colocar em prática a tabela da verdade vista logo acima? É pra já! Quando as duas entradas estão em nível 0, ou seja, desativadas, a saída será 0, portanto o relé estará desativado.

0  "OU" 0 - RESULTADO = 0
Figura 8 – 0  “OU” 0 – RESULTADO = 0

Quando a peça é baixa, aciona o seu respectivo sensor e a saída da porta lógica OU é ativada, acionando a base do transistor que ativa a bobina do relé.

0 "OU" 1 - RESULTADO = 1
Figura 9 – 0 “OU” 1 – RESULTADO = 1

Da mesma maneira, se a peça for de material metálico, o sensor será acionado e a saída da porta lógica OU é ativada, acionando a base do transistor que ativa a bobina do relé.

1 "OU" 0 - RESULTADO = 1
Figura 10 – 1 “OU” 0 – RESULTADO = 1

Logo, se a peça for baixa e metálica, o relé continuará ligado pela porta lógica OU.

1 "OU" 1 - Resultado = 1
Figura 11 – 1 “OU” 1 – Resultado = 1

Aprenda mais sobre as Portas lógicas OU

Quer saber mais sobre a lógica OU e sua aplicabilidade em Eletrônica Digital? Não perca a vídeo aula abaixo feita pelo Canal Eletrônica Fácil através do Professor Rodolpho Chrispim de Oliveira:

Aproveite e se inscreva no canal Eletrônica Fácil e fique por dentro de todos os assuntos do mundo da eletroeletrônica.

Outros artigos da série

<< Aprenda sobre as Portas lógicas EAprenda sobre as Portas lógicas XOR >>
Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Hardware » Aprenda sobre as Portas lógicas OU
Comentários:
Notificações
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Talvez você goste:

Séries



Outros da Série

Menu