A Intel descontinua a linha de SoCs Quark

Quark

A Intel anunciou para as suas empresas parceiras que vai descontinuar a linha de processadores de 32 bits de baixo consumo Quark. Ela anunciou que vai aceitar ainda pedidos até o meio deste ano, em julho de 2019 e prometeu cumprir um roadmap de produção por mais alguns anos, até 2022.

 

A Intel já havia confirmado que as suas placas de desenvolvimento Edison, Galileo, Joule e Curie, todas com o processador X86 Quark seriam tiradas de mercado. No entanto, a placa Curie ainda consegue ser adquirida até 2020 para pedidos feito até os próximos meses.

 

Além disso, uma placa Arduino com o processador Quark, a Arduino 101, também não será mais fornecida nos próximos anos e também é prejudicada por essa medida da Intel. A Intel, a princípio, pegou carona na onda Maker em todo mundo, fomentando a comunidade Maker, com o projeto das placas Galileo e Edison, que logo logo foram bem utilizadas pelos desenvolvedores pelo mundo e possuiam compatibilidade com Arduino e era compatível com tensões de 3v3. Em 2013 foi lançada a primeira placa da Intel, a Glaileo, mas o forum da comunidade vinha sendo pouco explorado nos últimos anos. Apesar dessa notícia, não há nenhum registro no fórum da comunidade Maker da Intel.

 

A lista de processadores que a Intel tirou de linha está a seguir:

 

  • Intel Quark SoC X1020D
  • Intel Quark SoC X1000
  • Intel Quark SoC X1010
  • Intel Quark SoC X1021D
  • Intel Quark SoC X1001
  • Intel Quark SoC X1011
  • Intel Quark SoC X1020
  • Intel Quark SoC X1021
  • Intel Quark Microcontroller D1000
  • Intel Quark Microcontroller D2000
  • Intel Quark SE C1000 Microcontroller
  • Intel Quark Microcontroller D2000
  • Intel Quark SE C1000 Microcontroller

 

A Intel não deu nenhuma explicação sobre porque descontinuou seus processadores Quark. O foco dessa linha era pra construção de dispositivos wearables e de baixíssimo consumo em IoT. Mas tudo indica que essa linha não trouxe o retorno esperado para a Intel. Normalmente as empresas comprometidas com o fornecimento de processadores e microcontroladores para indústria de sistemas embarcados tem roadmap de produção de muitos anos. Ao descontinuar o SoC Quark, a Intel prejudica com certeza centenas de empresa ao redor do mundo que tem seus produtos desenvolvidos com essa linha de processadores.

 

 

Referências

 

https://www.anandtech.com/show/13888/intel-discontinues-quark-socs-and-microcontrollers

https://www.techgenyz.com/2019/01/21/intels-13-quark-processor-to-expire/

https://bit-tech.net/news/tech/cpus/intel-discontinues-quark-processors/1/

https://forums.intel.com/s/topic/0TO0P00000018NPWAY?language=en_US

 

Saiba mais

 

Sobre placas Intel publicadas no Embarcados:

https://www.embarcados.com.br/intel-galileo/

https://www.embarcados.com.br/intel-galileo-gen-2/

https://www.embarcados.com.br/intel-curie/

https://www.embarcados.com.br/intel-joule-iot/

NEWSLETTER

Receba os melhores conteúdos sobre sistemas eletrônicos embarcados, dicas, tutoriais e promoções.

Obrigado! Sua inscrição foi um sucesso.

Ops, algo deu errado. Por favor tente novamente.

Licença Creative Commons Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Thiago Lima
Apaixonado por sistemas digitais e circuitos eletrônicos, ja contabilizo 16 anos trabalhando com desenvolvimento de produtos eletrônicos. Formado na USP Sao Carlos, com mestrado em Engenharia Elétrica no Rochester Institute of Technology pelo CsF, atualmente lidero boa parte das operações do Embarcados, buscando levar conhecimento de sistemas eletrônicos para o Brasil. Experimentar o mundo das startups nos EUA foi transformador. La fui cofundador de uma startup de tecnologia chamada Una, sendo acelerado e incubado por um programa especial de Startups no RIT. Ao final, recebemos um prêmio de melhor startup do programa. No Laboratório Hacker de Campinas sou um dos entusiastas de novas tecnologias e apoio iniciativas da comunidade. Tambem participo de atividades comunitarias e sou um dos responsáveis pela Plataforma Ituiutaba Lixo Zero, onde escrevo regularmente artigos sobre redução de resíduos. Sou sonhador mesmo e quero acender a luz ?

Deixe um comentário

avatar
 
  Notificações  
Notificar